12 de fev de 2010

PADRE ZEZINHO:Família, nada os separe


Nada os separe
Nada, mas nada neste mundo os tire um do outro, nem pai, nem mãe, nem parente dele ou dela,
nem falsos amigos,
nem família possessiva ou interesseira,
nem traição, nem desânimo, nem crise conjugal,
nem paixão enlouquecida,
nem ciúme doentio, brutal e animalesco,
nem livros, nem escola, nem trabalho,
nem dinheiro, nem fama,
nem a turma de ontem, nem amigos de antigamente,
nem fofocas, nem calúnias, nem insinuações,
nem olhares lânguidos, nem escapadas, nem tentação,
nem música, nem televisão, nem aquela festa,
nem religião, nem filosofia, nem ideologia,
nada, absolutamente nada os separe.
E que os separar seja maldito
e quem tentar destruir seu amor seja maldito
e quem sujar seu amor seja maldito.
Seja bendito quem os aproximar
ainda mais um do outro.
Quem os levar ao perdão e à reconciliação.
Bendito quem os ajudar a redescobrir o fogo de ontem.
Abençoado quem puser juízo na cabeça,
do que feriu ou quis ir embora.
Sejam muitos indivíduos, mas uma só família
como Deus é três pessoas, mas um só Deus.
A palavra é juntos
aqui, agora e por todo o sempre.
Pe. Zezinho, SCJ, do livro: Orar e pensar como família - Paulinas.
Nota do BLOG: a foto acima apresenta a família do amigo Jair Grasso, quando da homenagem proferida a ele no programa Tocando de Primeira, na Rádio Rural AM. Viva! Exemplo de família abençoada.

Um comentário:

  1. Tenho muita estima por esta família. Peço a Deus que continue derramando abundantes graças sobre todos.

    ResponderExcluir