6 de mar de 2010

ENTREVISTA DE DOMINGO: Elza Paulina de Moraes

Em homenagem ao Dia da Mulher, Elza Paulina de Moraes é a homenageada deste final de semana na ENTREVISTA DE DOMINGO aqui no BLOG DO ILIVALDO DUARTE.
Mourãoense nascida em Piquirivaí, Elza (na foto com a filha Roberta e o neto Renan) é atual diretora do departamento de Desenvolvimento Cultural na Fundacam em Campo Mourão. Membro fundadora da Academia Mourãoense de Letras (AML) titular da cadeira número 06 ela é uma referência na Cultura de Campo
Mourão.
"Sou mourãoense de nascimento e aqui permaneço porque amo minha terra natal e acredito no seu potencial de progresso, além do que aqui é o melhor lugar do mundo para se viver e sonhar", afirma Elza, graduada em Letras, está entre as servidoras profissionais de destaque no Município de Campo Mourão.
Nesta ENTREVISTA DE DOMINGO a professora Elza, apreciadora da leitura, artes, costumes e tradições, e, sobretudo, da música, conta um pouco da sua história e o que pensa sobre vários temas. Boa leitura a todos, uma ótima e abençoada semana.
Na foto acima Elza com o troféu Tocando de Primeira recebido na Rádio Colméia no programa Tocando de Primeira, edição 864 em 06/03/2010, ao lado de Margarete Souza, Edina Simionato, Ivone Malho, da filha Roberta e do neto Renan; e abaixo com a secretária Especial da Cultura Sonia Maria de Castro Singer, na Rádio Colméia, após participação no "Tocando de Primeira" Especial de Carnaval 2010.
QUEM É ELZA PAULINA DE MORAES? Nasci aos 18 de abril de 1961, no sítio São José, no Distrito de Piquirivai, neste município, filha de José Paulino de Carvalho e Rosalina Borges de Carvalho. Casei em 08 de setembro de 1979, com Alcides Martins de Moraes, de cuja união nasceram Roberta Grasiele de Moraes e Robson Eduardo de Moraes. Sou avó de Renan Alcides de Moraes e Cesar Henrique W. de Moraes. Sou mourãoense de nascimento e aqui permaneço porque amo minha terra natal e acredito no seu potencial de progresso, além do que aqui é o melhor lugar do mundo para se viver e sonhar.
ONDE E COMO FOI SUA INFÂNCIA? Passei minha infância no sítio São José (distrito de Piquirivai), local onde nasci e vivi intensamente junto à natureza, a família e os amigos.
Elza com os pais e irmãos
COMO A SENHORA SE DEFINE? Uma pessoa simples, objetiva e direta.
ONDE A SENHORA ESTUDOU? Fiz o curso primário na Escola Rural Victor Ferreira do Amaral, tendo concluído a 4ª série deste ciclo na Escola Municipal Narciso Simão, em Piquirivai. Cursei o ginasial no Colégio Estadual Prof. João de Oliveira Gomes (hoje Colégio Estadual). Fiz o curso Colegial no Colégio Afirmativo (atual Colégio Integrado) . Formei-me em letras anglo brasileiras pela Fecilcam.
QUAL FOI SUA TRAJETÓRIA PROFISSIONAL? Iniciei minha vida profissional em 09 de maio de 1977, como professora do curso primário, lecionando na Escola Municipal Narciso Simão, em Piquirivai, em 1978 fui transferida para atuar como atendente de Biblioteca na Sala de Leitura Estefano Czorney Neto (Piquirivai) onde atuei até 1989. Lá além do trabalho de incentivo à leitura (exposições, concursos, mostras, etc.) criamos o Grupo Folclórico Mate Amargo, concorrendo em diversos festivais em Campo Mourão e região.
De lá fui transferida para Coordenar a Biblioteca Municipal Prof. Egydio Martello, função que exerci até 2002, onde fundamos a Associação Mourãoense de Escritores, o Clube Filatélico, implantamos o processamento técnico do acervo da Biblioteca, desenvolvemos concursos literários, de Fotografias, além de outros trabalhos de descentralização cultural. Nesta função tive a oportunidade de, como funcionária estável, presidir a Comissão Especial de Concurso da FUNDACAM, que culminou com a implantação do quadro de carreira, através do concurso público. Na foto, Elza com a secretária estadual Vera Mussi e Sonia Singer, secretária da Cultura de Campo Mourão.
Em 2000 fui convidada a dirigir o Departamento de Desenvolvimento Cultural da FUNDACAM, onde apoiamos na implantação da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, na Formação do Conselho Municipal de Cultura, na Criação do Fórum Municipal de Cultura, o Conselho Municipal do Patrimônio Cultural, na criação da Escola Municipal de Artes Circenses, do Espaço da Cultura Popular, do FETACAM entre outros projetos desenvolvidos pela FUNDACAM e sua equipe.
Em 2003 presidi novamente a Comissão Especial de Concurso da FUNDACAM. Em 2004 assumi temporariamente a Direção Geral da FUNDACAM, permanecendo até o final do mandato do então prefeito. Retornando ao quadro profissional, em 2005 reassumi a função de carreira (Oficial de Biblioteca), quando fui convidada para dirigir a Divisão de Eventos da FUNDACAM, onde permaneci até 2007, ano em que reassumi a Direção do Departamento de Desenvolvimento Cultural.
Em 209 realizamos a Primeira Conferência Intermunicipal de Cultura da COMCAM e apoiamos na organização da 2ª Conferência Estadual de Cultura. Coordeno a Lei Municipal de Incentivo à Cultura desde 0 ano de 2000, bem como executo a função de Secretária Executiva do Conselho Municipal de Cultura, apoio na Diretoria do Compac e auxilio na Diretoria da 11ª Regional de Cultura do Paraná.
Paralelo a isto sou oficineira cadastrada na Secretaria de Estado da Cultura, ministrando oficinas de Gestão Pública de Cultura, Dinamização de Bibliotecas, Direção de Eventos, Formatação de Projetos Culturais e Organização de Conselhos e Associações, tendo atuado em alguns municípios do Paraná. Sou também membro da Academia Mourãoense de Letras (fundadora da Cadeira nº 06), coincidentemente a primeira mulher mourãoense a ingressar na Academia).
QUAL SUA TRAJETÓRIA ESPORTIVA? Tenho pouca militância no esporte, entretanto, na adolescência já fui jogadora de futebol de salão e suíço, atuando como goleira.
QUAL SEU ESPORTE PREFERIDO, TIME DO CORAÇÃO? Sou torcedora fanática da seleção Brasileira ( em qualquer modalidade esportiva).
Na foto, os veteranos de futebol em Piquirivai - o último agachado à direita é Alcides Moraes, esposo da Elza.
QUAL O MELHOR TIME QUE O SENHORA JÁ VIU JOGAR? Pela TV, a seleção Brasileira, na Cidade o nosso saudoso Sport.
DESDE QUANDO É APAIXONADA PELA CULTURA? QUEM FOI O “CULPADO”? POR QUÊ CULTURA, DESDE QUANDO? Sempre gostei muito de ler, de apreciar as artes e de me inteirar sobre os costumes e tradições, e, sobretudo, de apreciar a música, acho que herdei isto do meu pai, ele era de uma família numerosa onde tocava-se piano, viola, violão, órgão, etc. Na casa do meu avô paterno era sempre uma festa, muita música, dança, causos, etc. Em 1978 fui convidada pela amiga Jacira Glaci de Mello a trabalhar em Biblioteca, me apaixonei e nunca mais deixei a cultura. Trabalho há quase 33 anos , dos quais , mais de 32 anos são dedicados a cultura e às artes.
COMO ESTÁ O NÍVEL E A QUALIDADE DA CULTURA ATUALMENTE? Recentemente uma pesquisa do IBGE/IPEA deu a Campo Mourão o título da cidade paranaense que melhor investe em Cultura, sendo também classificada como a 3ª cidade do Brasil neste quesito.
Isto se deve ao trabalho de formação que a FUNDACAM e seus setores vem realizando ao longo de sua existência. Além disso é importante salientar que a FUNDACAM possui uma política pública de cultura que ultrapassa gestões político-partidária, pratica uma filosofia de gestão participativa, onde a comunidade expressa suas opiniões através do Fórum Municipal de Cultura e das Conferências que são anualmente realizadas, dos Conselhos atuantes que são formados por representações de classes eleitas pelo voto popular, tudo isto concorre para que o nível da cultura mourãoense seja bastante elevado.
Outro diferencial é a seriedade da classe artística mourãoense, que além de se aprimorar constantemente participa ativamente das ações culturais e da construção das políticas públicas de cultura.
CAMPO MOURÃO, INDEPENDENTE DE QUEM FOI OU É O PREFEITO É UMA CIDADE PRIVILEGIADA NA ÁREA DE CULTURA? Sim, Campo Mourão é privilegiada, principalmente porque possui um quadro de carreira, formado por profissionais sérios, que se dedicam à cultura e que ouvem a população e assim constrói uma política cultural duradoura, independentemente da facção política que esteja no poder. Além do que os artistas e gestores culturais priorizam a formação artística e promovem eventos como elemento de referencial ou que culmine com a realização de um trabalho de base anterior.
Temos também tido a sorte de termos prefeitos sérios, que investem em cultura, valorizam os artistas, as artes e seus profissionais e pensam a cultura como uma ação supra partidária, como um direito do cidadão e, portanto, desenvolvem uma política cultural duradoura.
QUAIS AS SUAS PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES NA FUNDACAM? Gosto de me qualificar como operacional, aquela que com orgulho ajuda a carregar o piano e que juntamente com toda a equipe de trabalho também atua no recital. Esta não é apenas uma característica minha é a filosofia de toda a equipe FUNDACAM. Lá fazemos de tudo, desde a limpeza, organização, planejamento até a realização e avaliação dos projetos e ventos.
NUNCA PENSOU EM SER POLÍTICA, VEREADORA? Não, sou de uma família de políticos, meus avós paternos e meu pai foram militantes, já eu, a única política que gosto é a política cultural.
QUEM É POLÍTICO EXEMPLO EM CM? Horácio Amaral. (foto).
O MOMENTO ATUAL DA SUA VIDA É: curtir a família, os netos ( tenho 02, lindos!!) e o trabalho. Com César, Robson, Roberta e Leandro: família é tudo.
QUAL PROJETO QUE AINDA NÃO ACONTECEU GOSTARIA DE REALIZAR? Acho que já fiz tudo o que queria, acredito que é melhor chorar por ter errado do que sofrer por não ter tido a coragem de correr o risco de tentar. Não tenho grandes ambições, o que realmente almejo é paz e justiça. Me orgulho em fazer parte de uma equipe que busca, através do seu trabalho, o crescimento conjunto e integrado da cidade e a inter-relação da cultura com as demais áreas de atuação da sociedade.
QUAL DECISÃO MARCOU SUA HISTÓRIA E SUA VIDA? QUAL JOGADA OU DECISÃO SE PUDESSE VOLTAR NO TEMPO, JAMAIS TERIA FEITO? Acho que foi a decisão de procurar ser autêntica, ter opiniões próprias e agir de acordo com a minha consciência. Não voltaria atrás no tempo, não me arrependo do que fiz, mesmo quando errei ainda assim aprendi uma forma de como não repetir o erro.
CITE TRÊS PERSONALIDADES ESPORTIVAS DE CAMPO MOURÃO? Itamar Tagliari; Walterney de Oliveira (o Waltinho), patrono do ginásio de esportes do Lar Paraná e Jair Sambatti, ambos já falecidos. Na foto abaixo, Jair ao lado da sua mãe Lurdes.(Colaboração do amigo Diego Reis).
CITE TRÊS PERSONALIDADES EM CAMPO MOURÃO? Luiz Vieira de Moura (Maestro Lincon, da Banda Municipal), dona Zuleica (a parteira que ajudou muitos mourãoenses a nascerem) Tia Jacira, do Lar da Tia Jacira.
Maestro Lincon a frente da Banda Municipal, em evento na Sonibram
A CAMPO MOURÃO DO PRESENTE É... Linda e promissora. A CAMPO MOURÃO DO FUTURO SERÁ? Do tamanho do sonho de cada mourãonse, portanto sonhemos grande!!!
O GOVERNO NELSON TURECK É... Popular, simples e, em especial, na cultura, muito democrático.
O GOVERNO LULA É... Democrático e participativo.
QUEM GOSTARIA DE VER AQUI NO BLOG E LER SUA ENTREVISTA? Pessoas críticas, conscientes e democráticas.
QUAL PERGUNTA QUE EU NÃO FIZ QUE GOSTARIA DE TER RESPONDIDO? Acho que respondi tudo.
Elza ao lado do esposo Alcides, filha Roberta, neto Renan e genro Leandro
QUAL O SENTIMENTO DE RECEBER ESTÁ HOMENAGEM E PARTILHAR UM POUCO DA SUA VIDA E DA SUA HISTORIA? Sinto-me honrada e feliz, como já te havia dito, sou uma pessoa simples, do povo, assim ter sido lembrada foi um privilégio.
QUAL O RECADO PARA OS LEITORES DO BLOG? Para que Campo Mourão seja melhor, cada um de nós deve fazer a nossa parte. Como Mensagem: “ O orgulho divide os homens, a humildade os une”.

2 comentários:

  1. Tenho grande estima pela confreira Elza. Que bom ter a oportunidade de acompanhar esta entrevista. Deus abençoe você, Elza, como também seus familiares ... Lembro muito do seu saudoso pai ...

    ResponderExcluir
  2. Elza,

    Minha mãe (Glaci) ficou muito feliz quando contei a ela que vc tinha citado o nome dela na sua entrevista. Ficou grata e emocionada pelo reconhecimento.
    Enviei a matéria para ela ler e ela contou os detalhes e muito da época que vc era uma menina e iniciou na Biblioteca.

    Gostaria de encaminhar para ela seu e-mail, seu puder me encaminhe: karen.curitiba@gmail.com

    Parabéns Ilivaldo pela excelente entrevista e pelo seu trabalho no Blog.
    Sucesso!

    Karen

    ResponderExcluir