28 de ago de 2011

ENTREVISTA DE DOMINGO: Marcélio Aluísio Szydlowski

Na semana dos 97 anos da Sociedade Esportiva Palmeiras, o homenageado da ENTREVISTA DE DOMINGO é o mourãoense, palmeirense, esportista, goleiro do futsal e do futebol, Marcélio Aluísio Szydlowski, o "Marreco". Filho do seo Konstanty e da dona Leda, esposo da Clementina e pai da Andressa e Mateus.
"Começo a lembrar de minha infância já morando na Rua Nelson B. Prado no Lar Paraná (Rua das Palmeiras) que na época tinha mesmo muitas “palmeiras” em ambos os lados. Depois de Algum tempo, mudamos para a Rua Akibono, 380 bem em frente a Praça Alvorada (Lar Paraná). Neste local passei a maior parte da minha infância e adolescência", conta Marcélio, que nesta homenagem relata suas conquistas e suas opiniões sobre o esporte mourãoense. Um jovem que tem história jogando por várias equipes do nosso salonismo e futebol, principalmente, defendendo as cores da Arcam - Associação Recreativa dos Funcionários da Coamo.

QUEM É MARCÉLIO ALUÍSIO SZYDLOWSKI?Sou nascido em Campo Mourão, no dia 17/02/1966 filho de Konstanty Szydlowski (in memorian) e Leda Piacentini Szydlowski, que tiveram 03 filhos, sendo eu, minha irmã Silvana e meu irmão Adriano. Sou casado com Clementina e pai da Andressa e do Mateus.
ONDE E COMO FOI SUA INFÂNCIA? Começo a lembrar de minha infância já morando na Rua Nelson B. Prado no Lar Paraná (Rua das Palmeiras) que na época tinha mesmo muitas “palmeiras” em ambos os lados. Depois de Algum tempo, mudamos para a Rua Akibono, 380 bem em frente a Praça Alvorada (Lar Paraná), sendo neste local onde passei a maior parte da minha infância e adolescência. Muitas saudades das brincadeiras de rua (Corridas de pneus, brincávamos de “saúva” na praça ainda sem calçada na parte interna.Construímos muitos carrinhos de rolimãs, fazíamos nos mesmo nossos carrinhos com tocos de madeira que eram vendidos para usarmos nos fogões a lenha, os tempos do Grupo de Jovens (Jucris) ... vou parar por aqui se não começo a chorar ! POR QUÊ O APELIDO MARRECO? QUEM FOI O CULPADO? O “culpado” foi meu grande e querido amigo Isaias Gênero que também é meu padrinho de crisma. Ele tinha uma chácara que ficava próxima a Santa Casa e tinha uma pequena criação de aves e entre elas vários “Marrecos”. Eu e meu irmão íamos praticamente todos os dias nesta chácara, e sempre que eu podia, pegava uma espigas de milho e alimentava principalmente os Marrecos, e como eu era e sou branquinho, acabaram me apelidando de Marreco, porque falavam que eu parecido com eles.
DESDE QUANDO EM CAMPO MOURÃO? Sou nascido e criado em Campo Mourão, fiquei apenas 01 ano fora (1985) quando servi o Exercito Brasileiro em Brasília no Batalhão da Guarda Presidencial (BGP) – Cia. Cerimonial, da qual fiz muitos amigos e varias estados brasileiros e dos quais sinto muita saudade, pois infelizmente perdi o contato. Na imagem aba,
ONDE O SENHOR ESTUDOU, QUE CURSOS FEZ OU FAZ? Iniciei meus estudos na Colégio Dom Bosco (Lar Paraná, onde fiz o primário), depois iniciei a 5ª Série no colégio estadual Prof. João de Oliveira Gomes, e retornei ao colégio Dom Bosco para terminar o Primeiro Grau e depois retornei ao colégio Estadual para fazer o segundo Grau, onde me formei em Técnico em Contabilidade. Fiz vestibular na Fecilcam, onde cursei Geografia e Economia e hoje sou formado em Comércio Exterior.
COMO O SENHOR SE DEFINE ? É difícil alguém se definir como pessoa, pois as pessoas nos vêem de diferentes formas. Acredito que tenho facilidades em fazer amigos mas sou uma pessoa muito fechada, mas que se diverte com a família e com os amigos.
COMO É O SEU DIA A DIA ? No parte profissional é muito agitado, pois a área em que trabalho na Coamo (Transportes) é muita agitada, praticamente sem
momentos de tranqüilidade, pois nossa área é muito grande com um grande numero de funcionários e diversas atividades relacionadas ao transportes, e como fazemos (eu e equipe) muitas tarefas com a relação ao recursos humanos, não temos muitos momentos de tranqüilidade.
Na parte social, acho que preciso retornar as ativadas e comparecer em mais eventos.
COMO FOI SUA CARREIRA NO ESPORTE? MODALIDADES, EQUIPES E TÍTULOS ? Por incrível que pareça, as minhas primeiras medalhas foram relacionadas ao atletismo, por volta de 1977/78 quando participei de um evento da Guarda Mirim e fui o segundo colocado no Salto em Distancia e terceiro nos 100 metros rasos.
Depois disto, comecei com o futebol que me trouxe várias alegrias e alguns títulos, dentre alguns que foram marcantes, foi a chegada por duas vezes ao quadrangular final do campeonato Paranaense do interior na época representando a Arcam/Coamo, quando num deles jogamos contra o time da Inpacel de Arapoti, que na época (1993-1994) era a base da seleção Paranaense de Futsal.
Tenho como fato marcante, em 1989 no Citadino de Futsal quando joguei para a Equipe da Paraná Diesel, onde fomos campões, que fui escolhido como o Melhor Goleiro e também fui premiado como o Atleta destaque daquele campeonato.
Em Campo Mourão, tive muitos títulos relacionados ao Citadino de Futsal, Suíço, Popular de Futsal, Jogos Comerciários, Interclubes, Jogos Abertos, Interbairros entre outros, também joguei em toda região (Goioere, Quarto Centenário, Araruna, Janiópolis,Mamborê, Eng. Beltrão, Peabiru, Juranda, Moreira Sales, etc.), Com a equipe Paraná Diesel campeã do Citadino de Futsal nos bons tempos das competições no JK na década de 80
Mas o que fica marcado, com certeza foi a amizade que tenho com todos meus companheiros de equipe, adversários, árbitros e jornalistas, radialistas que convivi todos estes anos.
Marcélio, nos Jogos Interclubes de Campo Mourão nas imagens acima e abaixo, com os colegas do time Senior campeão da Arcam. Nos últimos quatro anos, Marcélio foi campeão três vezes e um vez vice-campeão.
COMO COMEÇOU COMO GOLEIRO? E QUAIS SÃO OS MELHORES GOLEIROS DO NOSSO FUTEBOL DE TODOS OS TEMPOS? Acho que o “culpado”, foi eu mesmo; comecei por vontade própra em um campo de terra que ficava próximo a minha casa, nas proximidades da Praça Alvorada no Lar Paraná, num gol com 02 galhos de árvore e infiados no meio de umas pedras e com um pouco de pó de serra esparramado, depois no colégio Estadual nas aulas de Educação Física, quando o Professor Josué nos deixava jogar um futebol em uma quadra de asfalto puro.
Meu primeiro citadino de Futsal, foi jogando pela equipe da Sanepar, convidado pelo Lauri (Banco do Brasil) e Nilton Santos (Sanepar) era reserva do Neco (Caixa Econômica Federal), depois fui convidado pelo “Baiano” a jogar para a Algolim , depois para a equipe do Banestado, onde jogava o Vininho (muito habilidoso), e assim sucessivamente até a chegar nas disputas dos Campeonatos Paranaense para a (Arcam, Joper, Mecânica Marcos, e outros).
Com relação ao melhores goleiros, eu acompanhei o “Maizena" (Gerson Bittencourt, na foto no time da Associação Esportiva Recreativa Mourãoense, time profissional de Campo Mourão nas décadas de 60 e 70) e o o “Segundo” (Segundo Gariboti) infelizmente, jogando apenas no final de carreira, mas gostava muito de vê-los nos campeonatos amadores de Campo Mourão, que na época eram muito disputados.
No momento mais recente, acompanhei o Xaxo e o Robson. E como futuro, tem um menino que sempre que posso assisto jogando pela Escolinha do Ronaldo, que é o "Macarrão" - batizado João Luis, que é goleiro de futuro, gosto muito dele.
COMO SURGIU SUA PAIXÃO PELO PALMEIRAS? Na verdade não tive incentivo de ninguém da família, pois meu pai não era muito de assistir futebol, acho que foi por instinto, pois minha mãe é descendente de italianos
Marcélio com seu filho Mateus e o goleiro Oberdan Catani, em agosto de 2005 - um dos "monstros" na meta palmeirense de todos os tempos. COMO ANALISA O ESPORTE MOURÃOENSE ATUALMENTE ? No geral, vejo com bons olhos, pois hoje temos exemplos claros no atletismo, basquete, xadrez e natação. Penso que no futebol, deveríamos trabalhar mais as categorias de base, principalmente no futsal que é uma modalidade que temos tradição.
Fiquei impressionado quando fiquei sabendo que até na base, Campo Mourão está buscando atletas de outras cidades. Será que Campo Mourão precisa disso? Pois como comentei, o futsal de Campo Mourão tem uma base forte, o que precisa é de mais incentivo e mais campeonatos.
SE FOSSE SECRETÁRIO DE ESPORTES, QUAIS SERIAM SUAS PRIORIDADES? Primeiramente, trabalharia mais na divulgação de eventos em Campo Mourão. Acho que o esporte deve ter uma prioridade na divulgação, pois as empresas que patrocinam, almejam um retorno e querem ver a sua marca.
Também tentaria trazer o maior numero de eventos possíveis para a nossa cidade (em várias modalidades), pois é assim que os jovens se interessariam em praticar diversas modalidades, é vendo atletas consagrados (ao vivo) que os jovens se motivam.
Também trabalharia na modernização dos nossos ginásios de esportes, principalmente na parte de vestiários e sanitários e acomodações para a imprensa, pois a situação de hoje é de dar vergonha.
O QUE O SENHOR JÁ FEZ, QUE SE PUDESSE, JAMAIS TERIA FEITO OU FARIA DE NOVO? Deixar de ajudar a quem precisa. Sempre que você tiver a oportunidade de ajudar alguém, faça, não deixa para outro. Isto me deixa envergonhado, pois por várias vezes achei que outra pessoa faria, e por fim, ninguém fez. Na imagem, Marcélio produzindo fraldas na ação social dos palmeirenses na Casa das Fraldas em Campo Mourão, no dia 23 de agosto de 2011.
O QUE O SENHOR AINDA NÃO FEZ, QUE SONHA, ALMEJA UM DIA FAZER?
Ganhar na Mega Sena (rs rs rs),
QUAL O SEU ESPORTE PREFERIDO E TIME DO CORAÇÃO? Gosto muito de futebol, hoje, gosto mais de jogar do que assistir pela TV, também estou participando de corridas de rua que é muito bom e traz muitos amigos. Time? Ah, claro, sou Palmeirense, com muito orgulho. No Palestra Itália, em agosto de 2005, com os Amigos Palmeirenses da Arcam, na vitória de 3 a 2 sobre o Internacional.
CITE TRÊS PERSONALIDADES ESPORTIVAS DE CAMPO MOURÃO ?
Tenho muito respeito pelas pessoas que organizam equipes para participar de Campeonatos em Campo Mourão e mesmo sem condições financeiras lideram e ainda acham um jeito de ajudar financeiramente alguns atletas que por muitas vezes não são merecedores.
Também admiro muito o professor Paulo Gilmar Fuzetto (foto) pelo atleta que foi e suas atuação como Secretário de Esportes do Município.E por tudo aquilo que representa para Campo Mourão, pois junto com a sua equipe, nos deixam emocionados pela organização de diversos eventos na Arcam algumas vezes voltados a comunidade mourãoense.
Também o professor Itamar Tagliari por tudo que fez e faz pelo futsal de Campo Mourão.

CITE TRÊS PERSONALIDADES MOURÃOENSES? José Aroldo Galassini – Pela sua capacidade e honestidade na administração da Coamo. José Turozi (foto) – por seu trabalho competentes pelas APAE’s, e Tauillo Tezeli – pelo bom trabalho realizado quando administrador do Município de Campo Mourão.
VAPT-VUPT
ÉTICA EM UMA FRASE É...
Coerência e respeito
O SALONISMO MOURÃOENSE NA DÉCADA DE 80 COM JK LOTADO E GRANDES EQUIPES FOI.... um grande sucesso devido ao respeito que os organizados tinham com os atletas em fazer campeonatos consistentes, empolgantes e organizados, e não como é feito hoje, que se inicia um campeonato com a maior pressa para terminar. Com os amigos nos bons tempos da Coremol: jornadas inesquecíveis.
CAMPO MOURÃO DO PRESENTE É ... uma cidade em que os administradores estão se preocupando apenas com o fator crescimento e estão esquecendo do fator “Qualidade de Vida”.
A CAMPO MOURÃO DO FUTURO SERÁ??? desde que bem cuidada, um bom lugar para se morar.
GOVERNO NELSON TURECK... poderia ser melhor.. devido a vários fatores
GOVERNO BETO RICHA... ainda não mostrou por que foi eleito, ainda tá estudando o terreno.
GOVERNO DILMA... depois de eleita, sumiu
COMIDA... bisteca assada com um bom tempero e amigos Luizinho, Vagner, Ilivaldo e Jader
MÚSICA ... antigas (Dance)
UM FATO INESQUECÍVEL... é o nascimento dos meus filhos
UM FATO MARCANTE... o falecimento do meu pai
UMA LEMBRANÇA.... O ano em que servi o Exercito em Brasília (1985).
UM SONHO.... Que o Homem, que se diz um “animal racional”, soubesse respeitar seus semelhantes e a natureza
QUAL PERGUNTA GOSTARIA DE TER RESPONDIDO QUE NÃO FOI PERGUNTADO NESTA ENTREVISTA DE DOMINGO?
Na verdade foram feitas varias perguntas que eu nunca imaginei em responder para um publico tão grande quanto são os leitores deste blog.
Quero aproveitar e agradecer a você Ilivaldo Duarte por mais este presente que recebi, não sei se sou merecedor de uma homenagem tão gratificante.
Quero lhe parabenizar pelos projetos a qual você toma frente, tendo o respeito pelos seus ouvintes (tanto no seu programa rádio, que já se aproximando do milésimo), com seus leitores no seu Blog e também com seu trabalho sério, responsável e competente tomando frente a Assessoria de Imprensa da Coamo; não podemos esquecendo do APA, que alem de reunir vários amigos palmeirenses, presta, com muito brilhantismo, serviços diversos a comunidade mourãoense.
“Aproveito o momento para te dizer o quanto te admiro por todos este projetos que você idealizou e administra com muito brilhantismo, você Ilivaldo Duarte, merece todo o reconhecimento do povo de Campo Mourão e região, pois é um amigo, batalhador e merecedor de todas as honras.”
QUAL O SEU RECADO AOS LEITORES DESSA ENTREVISTA DE DOMINGO? Vocês já se tentaram viver com a sabedoria canina? Tente, pois você será muitas alegrias e uma vida mais amistosa.
1. Nunca deixe passar a oportunidade de sair para um passeio.
2. Experimente a sensação do ar fresco e do vento na sua face por puro prazer.
3. Quando alguém que você ama se aproxima, corra para saudá-la(o).
4. Quando houver necessidade, pratique a obediência.
5. Deixe os outros saberem quando invadiram o seu território.
6. Sempre que puder tire uma soneca e se espreguice antes de se levantar.
7. Corra, pule e brinque diariamente.
8. Coma com gosto e entusiasmo, mas pare quando estiver satisfeito.
9. Seja sempre leal.
10. Nunca pretenda ser algo que você não é.
11. Se o que você deseja está enterrado, cave até encontrar.
12. Quando alguém estiver passando por um mau dia, fique em silêncio,
sente-se próximo e, gentilmente, tente agradá-lo.
13. Quando chamar a atenção, deixe alguém tocá-lo.
14. Evite morder quando apenas um rosnado resolver.
15. Nos dias mornos, deite-se de costas sobre a grama.
16. Nos dias quentes, beba muita água e descanse embaixo de uma árvore frondosa.
17. Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
18. Não importa quantas vezes for censurado, não assuma a culpa que
não tiver e não fique amuado... corra imediatamente de volta para seus amigos.
19. Alegre-se com o simples prazer de uma caminhada
Um grande abraço e obrigado.
Marcélio, ao lado dos palmeirenses João Emílio, Itamar Tagliari, Tauilo Tezelli, Beline Fuzeto e Ilivaldo Duarte, no programa Tocando de Primeira, de número 940, no sábado 27 de agosto de 2011, na Rádio Colméia AM de Campo Mourão.

9 comentários:

  1. A entrevista do Marcelo "Marreco" é emocionada e de emocionar. Conheci o pai dele, grande figura humana, homem trabalhador, vida simples e devoto da famila que tinha. A mãe dona Leda que a conheci nos tempos eu fui secretário municipal da educação e ela trabalhava na antiga Escola Monteiro Lobato, uma das pessoas que primeiro (e eram poucas!) que acreditaram em mim quanto ao fato de que iria construir uma nova escola, a altura do grande Lar-Paraná, a hoje Monteiro Lobato. A dona Leda me convidou sempre a frequentar a casa dela, lembro quando tomamos um gostoso chimarrão com o marido dela. A alegria de ambos em ter os filhos criados, com saúde, encaminhados para a vida.E o "Marreco" é a prova disso, honesto, trabalhador, dedicado à família, aos amigos, à vida comunitária, apaixonado pelo esporto e o Palmeiras dele, assimm como à nossa cidade. É um exemplo de cidadão e a entrevista evidencia isso. Parabéns ao Ilivaldo pela granta oportunidade concedida em tal entrevista e parabéns ao entrevistado, como disse - e nunca é demais repetir - extraordinário desportista e detentor de um vasto número de amigos, que dele se orgulho. As. José Eugênio Maciel.

    ResponderExcluir
  2. Como é bom acompanhar uma história de vida como esta! Podemos tirar grandes lições! Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns aos dois, Ilivaldo e Marreco pela entrevista e por deixar a gente saber um pouco mais dessa grande figura, o Marcélio, que sabe muito bem que tem um lugar reservado aqui no meu coração como amigo e "irmãozão".
    Luizinho Ferreira Lima

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pro meu pai, ele merece! Não só pela trajetória mostrada aqui mas pelo pai maravilhoso que ele é! Te amo pai. Beijos! =*

    Andressa Larissa Szydlowski

    ResponderExcluir
  5. Grande entrevista!
    Parabéns ao Marreco e ao Ilivaldo!
    Aliás, como bom desportista, agora o Marreco tá se destacando no atletismo.
    Grande corredor!!!
    Abç.

    ResponderExcluir
  6. ´Parabéns Ilivaldo pela entrevista do nosso amigo Marcelio, pessoa simples, humilde,grande coração, companheiro que merece todo nosso respeito e admiração. Esta coluna mais uma vez está mostrando o quanto o esporte e importante para cultivar-se a amizade. abraços do Beline.

    ResponderExcluir
  7. Grande Marreco. Muito legal a homenagem.
    Parabéns Ilivaldo.
    Só uma dúvida, a foto com o goleiro Oberdan Catani foi na loja ponto verde em São Paulo? Muito parecida...

    Obrigado e abraço

    ResponderExcluir
  8. Parabens pai, vc merece.

    Matheus.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns amor pela homenagem... você é muito mais do que esta página. Bjo.

    Cle

    ResponderExcluir