20 de abr de 2012

COLUNA DE CAMILA ZAZULA; A importância da voz


Você já parou para pensar que é a voz que torna suas palavras audíveis. É por meio dela que conseguimos conversar com as pessoas, dar som aos nossos pensamentos e ideias.
Devido à relevância deste assunto, anualmente, dia 16 de abril, comemoramos o “Dia Mundial da Voz”. Celebração que temos o orgulho de ter sido iniciada no Brasil em 1999 e que, a partir de 2003, passou a ter expressão internacional, com diversos eventos organizados também nos Estados Unidos, Europa e Ásia.
Discuta sobre este assunto com seus amigos e familiares e ajude-nos a melhorar a saúde vocal do Brasil. Cuide da sua saúde! Seja amigo da sua voz!
Como saber se eu tenho um problema de voz?
Se sua voz ficou diferente nos últimos tempos (rouca, fraca, tensa ou cansada, por exemplo), se melhora quando você fica alguns dias sem falar muito e piora em situações em que usa mais a sua voz, é possível que esteja com um problema. Se as modificações durarem mais que 15 dias, você deve consultar um especialista.
Estima-se que 5 a 8% da população tenha alguma dificuldade vocal que possa atrapalhar a comunicação, como voz rouca, esforço e/ou cansaço ao falar. A ocorrência desses problemas aumenta em profissionais da voz, como os professores (a maior população de risco), atores e cantores, além dos operadores de telesserviços, podendo atingir alarmantes índices acima de 25% em algumas condições de trabalho.
Dicas para você ser amigo da sua voz
• Fale sem esforço e articule bem as palavras
• Mantenha uma boa postura corporal ao falar ou cantar
• Beba 2 litros de água diariamente
• Durma bem
• Tenha uma alimentação saudável rica em frutas e proteínas
• Use vestuário confortável
• Procure reduzir a quantidade de fala durante quadros gripais, crises alérgicas e período pré-menstrual
• Evite falar por longos períodos, principalmente em ambientes ruidosos
• Evite pigarrear, gritar e dar gargalhadas exageradas
• Evite ingerir leite e derivados, bebidas gasosas, chocolate antes de utilizar a voz continuamente
• Evite ingerir álcool em excesso, bem como outras drogas
• Cuidado ao cantar inadequadamente ou abusivamente
• Esteja atento aos primeiros sintomas de alteração vocal como cansaço, ardor ou dor ao falar, falhas na voz, mudança de tom, pigarro e rouquidão
• No caso de problemas vocais, procure um fonoaudiólogo e um médico otorrinolaringologista
Mais informações em:
http://www.campanhadavoz.com.br/
Dúvidas,opiniões,observações:envie seu email para
camilazazula@hotmail.com ou me procure na Clínica Betel (44 3017-5577) na Rua Panambi 1966, ou na Clínica Oto – Oftálmica (44 3016-2332), em Campo Mourão-PR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário