10 de abr de 2011

ENTREVISTA DE DOMINGO: Walter Tonelli, o "Peteleco"


Humorista, ator, diretor de teatro, cozinheiro, palmeirense de bem com a vida, empreendedor, batalhador, empresário no ramo de alimentação, apaixonado por sua família, sua cidade e amigos. Todos esses atributos encaixam-se perfeitamente no cidadão Walter Tonelli, o "Peteleco" que é o homenageado desta semana na ENTREVISTA DE DOMINGO. Peteleco anualmente coordena a cozinaha única da Festa Nacional do Carneiro no Buraco em nome da Associação Panela. "'É muito facil falar do Peteleco, das qualidades do meu compadre, mas quero destacar apenas duas: Entusiasmo e bom coração. A presença do Peteleco na vida tem um significado muito importante", afirma o mourãoense Carlos Rodrigues, amigo de longa data.

Como diz o enunciado na Associação Panela "A vida é bela quando temos amigos para nos fazer feliz. A verdadeira amizade é tudo!”.

Walter Tonelli, o "Peteleco", conhecido da comunidade pelos seus dons artísticos e culinários, gente boa de bom papo com quem a gente ficaria conversando horas a fio. Ele completou 50 anos de idade em 31 de março e recebe esta homenagem contando entre outras coisas que foi artista de circo, filho de pais artistas de circo e que por acaso aportou em Campo Mourão.

Conheça um pouco da história deste cidadão íntegro nascido em Engenheiro Beltrão no ano de 1961 em uma das paradas da caravana do circo.

Peteleco é o amigo de todos, com a mesma alegria, coração grandioso e o alto astral de sempre.

QUEM É WALTER TONELLI? Nasci em Engenheiro Beltrão no dia 31 de março de 1961. Filho de Guilherme Tonelli e Ercilia Maciel.

Sou pai de Vinicius Passador Tonelli e Viviane Passador Tonelli. Sou casado com Vera Lúcia Passador Tonelli.

Cheguei em Campo Mourão em 1978 por causa de um acidente que aconteceu com meu pai e não foi mais possível continuar viajando mais com o parque de diversões, onde nasci e me criei.

ONDE E COMO FOI SUA INFÂNCIA? POR QUE PETELECO? E A SUA CARREIRA DE ARTISTA COMO COMEÇOU? Nasci em um parque de diversões em uma determinada época em que se transformava em Circo, então minha infância foi de muitas brincadeiras e alegrias, mas também de muito trabalho.

O apelido "Peteleco" veio justamente através do Parque onde muitas vezes atuava como palhaço (Cara pintada) mesmo sendo criança ainda. Minha carreira artística, se assim posso dizer, é claro, começou no Circo. Mas, em Campo Mourão, especificamente foi iniciada quando já estava trabalhando no Bradesco, isto em 1979. Comecei a fazer brincadeiras e interpretações com os funcionários e em seguida, convidei alguns amigos de fora do Banco como José Quinto Neto, da Alphaville), o Maurício José Gonçalves, da Portalcamp e o Carlos Rodrigues. Foi ai que fundamos o GRUTESC (Grupo Teatral Estrela Cadente) e fizemos várias apresentações em Campo Mourão, Iretama, Marialva, Umuarama, Goioerê, Barbosa Ferraz e outras.

A partir daí ficou mais conhecido, interpretando personagens como "Palhaço, Papai Noel, Jaminto, Meninão e Silvio Santos".

COMO SE DEFINE? Uma pessoa simples e com personalidade.

ONDE ESTUDOU? Como nasci no Circo, quando criança estudava um mês em cada cidade, mas quando já estava em Campo Mourão estudei no colégio Unidade Pólo e no Colégio Estadual João de Oliveira Gomes, o Estadual.

QUAL FOI SUA TRAJETÓRIA PROFISSIONAL? Comecei trabalhando em uma mercearia que se chamava “A Vegetariana”, depois fui ser escriturário no Escritório Contábil Central”, do Joãozinho. Na sequência, fui trabalhar na Algodoeira “Algolim”, no Bradesco onde fiquei até 1986. Comprei um comércio no Lar Paraná onde fiquei pouco tempo, pois logo vendi. Entrei trabalhar na Coamo por curtíssimo tempo, pois recebi um convite para trabalhar no Unibanco onde fiquei até 1989.

Foi quando resolvi dar outro rumo na vida profissional. Montei uma empresa de brindes e Camisetas “Artes Peteleco” onde fiquei por 15 anos, até 2004. Depois disso, trabalhando no ramo bem diferente o da Alimentação - fazendo alguns eventos avulsos. Hoje tenho um Restaurante de comida caseira, o ” TRÊS, 4 FEIJÃO NO PRATO”.

POR QUE CAMPO MOURÃO? E A CARREIRA DE ANIMADOR, ARTISTA E DE EMPREENDEDOR? Após o acidente de meu pai que deslocou a bacia não podíamos fazer viagens pesadas, passamos então a viajar só com uma barraca tipo “Tiro ao Alvo”. Com o grupo de teatro as pessoas começaram a pedir para animarmos as festas e comecei a fazer os trabalhos profissionalmente.

QUAL SUA TRAJETÓRIA ESPORTIVA, ESPORTE, TIME DO CORAÇÃO E IDOLO? Minha trajetória não foi expressiva, mas joguei muito futebol de salão na época da bola pesada. Meu esporte preferido é o futebol, meu timão do coração é o Palmeiras e meu ídolo é o Marcos, goleiro do Palmeiras.

QUAL O MELHOR TIME QUE JÁ JOGOU E JÁ VIU JOGAR? A equipe do Bradesco(futsal) e que eu vi jogar Arcam e Joper (foto) nos bons tempos do salonismo mouraãoense.

DESDE QUANDO É APAIXONADO POR CAMPO MOURÃO? Desde quando aqui cheguei em 1978.

QUAL O SEU PASSATEMPO E HOBBY? Meu passatempo é jogar futebol e estar com os amigos. O meu hobby é preparar alguns pratos especiais para a família e amigos.

O MOMENTO ATUAL DA SUA VIDA É.... Trabalhar com o meu restaurante e ficar com minha família.

QUAL PROJETO AINDA NÃO ACONTECEU QUE GOSTARIA AINDA DE REALIZAR? Montar um mini-circo para espetáculos beneficiando crianças de 5 a 10 anos.

QUAL DECISÃO MARCOU SUA HISTÓRIA E SUA VIDA? Meu casamento.

QUAL JOGADA OU DECISÃO JAMAIS FARIA SE PUDESSE VOLTAR NO TEMPO? Nenhuma, pois todas fui e sou muito feliz.

CITE TRÊS PERSONALIDADES ESPORTIVAS DE CAMPO MOURÃO? Paulo Gilmar Fuzeto, Artur Kunioshi e Wilson Iurk, o "Biju".
Biju, o terceiro da esquerda para à direita, sendo homenageado no programa Tocando de Primeira na Rádio Colméia, ao lado dos "Paneleiros" João Teodoro, César Vigialato, Artur Kunioshi e Valdemor Vigilato Júnior.
CITE PERSONALIDADES (FORA DO ESPORTE) EM CAMPO MOURÃO? José Aroldo Gallassini, Dr. Rui Antonio Cruz e Jintaro Ikeda - O terceiro da esquerda para à direita, no evento realizado em Maringá por ocasião da visita na Acema do novo cônsul do Brasil no Parana, em dezembro de 2010. A CAMPO MOURÃO DO PRESENTE É... Preocupante pelo descaso e falta de respeito com o povo mourãoense. A CAMPO MOURÃO DO FUTURO SERÁ!!! Tenho esperança de que seja uma das melhores e mais bonitas cidades do Paraná.

O SR JÁ FOI CANDIDATO A VEREADOR E NÃO SE ELEGEU. VALEU A PENA? SERÁ CANDIDATO DE NOVO? Sim valeu muito a pena, mas nesse momento não sou nem pré-candidato.

QUAIS ENTIDADES PARTICIPA ATUALMENTE? Da Associação Panela e do Rotary Verdes Campos. E desde o início do Bloco caranavesco Cai Nessa, inúmeras vezes campeão em Campo Mourão

SAUDADES: DO QUÊ OU DE QUEM?: Do meu Pai e minha Mãe. QUAL O SENTIMENTO DE RECEBER ESTÁ HOMENAGEM? orgulho, satisfação e muita alegria.

QUAL A SUA IMPRESSÃO SOBRE ESTE A ENTREVISTA DE DOMINGO? Não é impressão, é certeza de que é um meio de comunicação fantástico, onde as pessoas especialmente de nossa cidade podem conhecer mais sobre a vida de vários cidadãos de Campo Mourão.

QUAL O RECADO PARA OS LEITORES DO BLOG? Deixo aqui meus agradecimentos e um grande abraço para cada um que acompanha o BLOG. CONTE-NOS UM POUCO DA SUA SATISFAÇÃO NOS PALCOS DA VIDA OU NAS COZINHAS, SEMPRE ANIMANDO PESSOAS E AMIGOS? O prazer de estar no palco é tão diferente e tão emocionante, que dá para comparar como "fazer um gol ou fazer uma bela defesa". E cozinhar ou fazendo Carneiro no Buraco pelas cidades é muito divertido e prazeroso, e ainda levo o nome de nossa Campo Mourão com muito orgulho.

COMO ESTÁ SE SENTINDO AOS 50 ANOS DE VIDA? O QUE ESPERA DO SEU FUTURO? Estou me sentindo muito bem, praticamente um total flex. O futuro a gente sempre quer o melhor, mas ele só a Deus pertence. QUAL PERGUNTA QUE NÃO FOI FEITA QUE GOSTARIA DE TER RESPONDIDO? Nenhuma, todas as perguntas foram bem elaboradas e fiquei muito feliz em respondê-las e receber esta homenagem.

5 comentários:

  1. Numa entrevista, de repercussão mundial, perguntaram a Madre Teresa qual era o pior defeito que o ser humano poderia ter. Ela respondeu, "na bucha": o mau humor. Walter Tonelli, sem dúvida, não tem o pior defeito que o ser humano pode ter. Outro que defeito que ele não tem, e esse eu posso confirmar, é da educação dos filhos. Fui professor de sua filha Viviane. Como eu gostaria de ter mais alunos como ela, dedicada, educada, portadora das virtudes necessárias para que um aluno desempenhe seu verdadeiro papel de educando. Um abraço fraterno a todos da família!

    Prof. Agnaldo Feitoza

    ResponderExcluir
  2. Quando a saudade dos bons momentos em Campo Mourão me aperta, logo vem na lembrança a imagem de um sujeito bonachão, bom de papo e de coração sincero. Esse cara tem nome, sobrenome e um apelido tão forte quanto sua personalidade e ao mesmo tempo tão carinhoso quanto seu jeito de ser.
    Peteleco foi, e é um amigo gentil, um parceiro sincero, um goleiro ousado, um cozinheiro primoroso e pra mim pessoalmente foi alguém que muitas vezes me fez se sentir em casa, mesmo estando longe da minha família.
    Você Peteleco, merece os meus parabéns pelo seu aniversário recente e principalmente o meu agradecimento, por permitir que eu esteja incluso na sua seleta lista de amigos.
    Que Deus te abençoe.
    Ronaldo Ragadali

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela entrevista Ilivaldo!!!

    ResponderExcluir
  4. JOSÉ QUINTO NETO17 de abril de 2011 09:52

    Sou José Quinto Neto ( Quinto )

    O que falar do Amigo , Irmão Peteleco ,pessoa humilde , sincera , companheira a qual mora no coração de toda minha familia.Nestes mais de 30 anos , tivemos muitos momentos felizes , tanto nas Peças Teatrais , nos Shows humorísticos , nos almoços , jantares que fizemos juntos em alguns locais , (como para os amigos da Coamo e Arcan e em várias cidades do Brasil.Olha amigos ,se for contar a nossa história , da um belo Livro. Vou parar ,pois está difícil achar o fim.Para finalisar , esta equipe ( PETELQUIM ) numa pequena reunião e o Peteleco sempre com boas idéias e eu sempre acreditando e confiando nele ., resolvemos fazer um trabalho diferente para as CRIANÇAS., chegada do PAPAI NOEL nas casas ., isto ocorreu em Dezembro de 1.992., onde fazemos este trabalho até hoje , chegada nas residências , na cidade de Campo Mourão e em várias outras cidades.
    Amigo/Irmão e Compadre Peteleco , juntamente com a Comadre Vera , o afilhado Vinicius e a querida Viviane., sinto-me muito honrado em fazer parte desta bela familia.Um grande abraço e muitas felicidades , que Deus te abençoe , ilumine sua vida e de toda sua familia .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ei primo vc nao e fraco (lilo)

      Excluir