27 de jun de 2013

ASSOCIADOS DA COTRIJUC DO Rio Grande do Sul conhecem estrutura e organização da Coamo

Em visita à Coamo e a Campo Mourão, trinta e seis associados e funcionários da Cooperativa Agrícola Júlio de Castilhos (Cotrijuc) do Rio de Grande do Sul visitaram a Coamo na quarta-feira, 26 de junho, Os visitantes integram o Programa de Intercâmbio desenvolvido pela Cotrijuc sediada no Município de Júlio de Castilhos e do intercâmbio em Campo Mourão, levaram boas experiências do cooperativismo praticado pela Coamo.
Os visitantes conheceram a história, filosofia de trabalho e os programas e serviços disponibilizados pela Coamo aos seus mais de 25 mil associados. 
A delegação formada por dirigentes, conselheiros e assessores da Cotrijuc visitaram os processos de industrialização da Coamo nas fábricas de café, óleo de soja e margarinas. Na administração central, eles foram recepcionados pelo vice-presidente Claudio Rizzatto e o superintendente Técnico, José Varago, que mostraram aos gaúchos o funcionamento e as políticas de trabalho da Coamo em prol do desenvolvimento dos associados.
VALIDADE - O diretor Comercial da Cotrjuc, Renato Nicolodi, informa que o objetivo da visita foi plenamente atingido com o conhecimento da estrutura organizacional e a forma de trabalho da Coamo em várias áreas, como insumos, vendas, assistência técnica e processos de gestão. “A validade de uma visita na Coamo é enorme, é uma oportunidade de ver a realidade e a forma diferente de gestão e do sucesso da Coamo - uma cooperativa que é mais nova que a Cotrijuc, mas que é grande e forte não só no seu tamanho, mas nos seus propósitos de atender seus associados com produtos e serviços”, diz Nicolodi. Segundo ele, “A Coamo é resultado de construção feita ao longo dos anos, que os associados dão respaldo para este trabalho. Observei a direção da cooperativa com ferramentas e programas voltados para o crescimento dos associados.”
INTERESSE - Para o produtor Gilmar Peripóli superou as expectativas. “Realizei um sonho de conhecer a Coamo. Sou associado há 22 anos da Cotrijuc e é a primeira vez que venho à Coamo, gostei da seriedade como a estão conduzindo e o interesse do sócio que se agarrou mesmo com a cooperativa. É de ficar de boca aberta, volto muito diferente do que cheguei.”
SURPRESA – A visita à Coamo foi considerada pelo produtor Odair Moro como “uma aula, um estudo para gente, é impressionante ver tudo isso. Levo para o Rio Grande, exemplo de que tem ter pessoas com muito talento para comandar o cooperativismo. O que vi hoje aqui na Coamo me surpreendeu demais, é uma coisa muito linda de se ver, como as coisas simples funcionam, mas tem que ter pessoas sérias e honestas para fazer funcionar.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário