27 de ago de 2009

POEMA DO Pe Zezinho (SCJ): Benção da Luz


Que o bom Deus
Tome os pais educadores
Cada dia mais
Iluminados e iluminadores
Como a lua, que mesmo
Sem ter luz própria
Todas as noites
Passa para a terra a luz
Que ela recebe

Que como a terra
Os filhos, a juventude em geral
Gire ao redor da grande luz
E se exponha todos os dias a ela
Para que seus corações
Adolescentes e jovens
Sejam capazes de acolher
E cultivar a vida

Que os feridos, pela dor
Sejam como velas
Que depois de quebradas
Continuam com a mesma luz
Porque o que vale
É o que elas tem por dentro

Que as crianças sejam como vaga-lumes
Que embora tenham
Luz pequena e intermitente
Voe irrequieto
Avisando que ao nosso redor
Existem vidas frágeis e preciosas
Que é preciso respeitar
Que sejamos como holofotes
Na hora de iluminar mais forte
Ou na hora de ressaltar alguém

No palco da vida
e que saibamos passar
nossa luz adiante
quando for hora de deixar
que outros brilhem
mais do que nós
que enfim: eu, você, sua família e
todos os que me ouvem
sejamos sal da terra
luz do mundo

Iluminados e iluminadores
capazes de perdoar
de amar e de servir
batizados e batizadores
evangelizados e evangelizadores
no mundo que precisa demais
de gente iluminada

Abençõe-vos Deus todo poderoso
que é o pai das luzes
o filho que é luz da luz
e o Espírito Santo iluminador
em nome do pai, e do filho, e do espírito Santo
Amém!

Fonte: Site oficial do Pe. Zezinho, scj

Nenhum comentário:

Postar um comentário