1 de mar de 2018

CATEDRAL SÃO JOSÉ irá completar 75 anos em Campo Mourão

A Catedral São José, é símbolo da cidade de Campo Mourão, marco do cristianismo e patrimônio histórico por representar a memória coletiva dos mourãoenses. 
No dia 19 de março deste ano ela irá completar 75 anos. Sua instalação como  Paróquia de São José foi em 1943, mas criada no ano anterior, no dia 8 de dezembro e seu território abrangia a área a entre os rios Corumbataí, Ivaí, Piquiri e Paraná.
Um ano depois, em 19 de março de 1944, data consagrada a São José, foi celebrada a primeira missa na igreja, que foi levantada na beira da raia
dos porungos, local onde se realizavam as corridas de cavalo. A pequena igreja era de madeira, incluindo a cobertura, construída pelo pároco Padre Aloysio Jacobi.
Em 1954, Pe. João iniciou a construção da nova igreja matriz, com arquitetura arrojada, cópia da Igreja de São Bento do Sul – Santa Catarina. No ano de 1960, com apenas metade da igreja construída e ainda sem revestimento interno, passou a ser Catedral São José, com a instalação da Diocese, em 23 de abril, e a posse do primeiro bispo, Dom Eliseu Simões Mendes.
Em janeiro de 1965 foi concluído o piso da Catedral e
iniciado o revestimento interno, que foi concluído em maio e, em agosto, tiveram início os trabalhos de colocação do forro. Vários vigários contribuíram para a continuidade das obras. No final da década de 70 foi concluída a construção da Catedral.
No ano de 1979 foram instaladas as portas atuais da Catedral, lavradas pelo artista Nivaldo Tonon, com entalhes representando a vida de São José. Os relógios, que pouco funcionaram ao longo dos últimos anos, foram doados pela Prefeitura Municipal, na gestão do prefeito Renato Fernandes Silva (1973-1976). Na data de 4 de novembro de 1982, o Presidente da República, General João Baptista de Oliveira Figueiredo, esteve em Campo Mourão, oportunidade em que fez rápida visita à Catedral.


Nenhum comentário:

Postar um comentário