7 de fev de 2017

NO RÁDIO DE TOLEDO: Após 21 anos na Rádio União, jornalista Paulo Weber Júnior estreia e reforça jornalismo na Rádio Integração de Toledo

Uma nova fase na sua carreira. Assim o jornalista Paulo Weber Júnior, 38 - há 26 dias de completar 39 anos (5 de março), define a mudança em sua vida a partir de hoje. Ele deixou a equipe da Rádio União e estreou hoje de manhã na equipe de jornalismo da Rádio Integração em Toledo, no Oeste do Paraná. Por isso a imagem acima é histórica neste 7 de fevereiro de 2017. 
"Ir para a Integração representa uma nova fase na carreira, a convite do sócio-proprietário Fernando Potrich, do gerente Jair Scarpatto e o incentivo do colega Oscar Gaspar -contato comercial e atuante no jornalismo. Estou trabalhando a partir de hoje em uma empresa que ofereceu uma excelente proposta para o meu crescimento organizado e planejado. Assim abrem-se perspectivas muito importantes para a comunicação com este projeto e novidades virão", resume o jornalista. Segundo ele "São desafios, vou encará-los, colocando em prática um pouco daquilo que aprendi com grandes nomes do rádio toledano e daquilo que acompanho nas grandes emissoras de São Paulo e Porto Alegre."

Irei fazer na Rádio Integração AM 1380, conduzir o programa “Manhã Notícia”, veiculado de segunda a sábado, das 7 às 10 horas, com a participação dos colegas do jornalismo. Além disso, vou compor bancada no programa “Contraponto”, de segunda a sexta-feira, das 11 às 12 horas com os jornalistas Jair Scarpato e Edna Nunes.
Sobre o ícone do rádio toledano Osvaldo Luiz, que tive o prazer de conhecer - uma espécie de Davi Camargo em bons tempos na Rádio Colméia em Campo Mourão pelo incentivo ao esporte amador- e perguntei, Paulinho Júnior respondeu: "Ainda me emociono ao lembrar do ´paizão´ Osvaldo Luiz Ricci (imagem abaixo), afinal, foram 15 anos juntos no Plano Geral."
Onde tudo começou e o que já fez em rádio - Paulo Weber Júnior trabalha em rádio desde os 13 anos. " Naquela época era possível", brinca. "Comecei a trabalhar na sonoplastia com 13 anos, no Sudoeste do Estado, por conta do pai ter passado por cirurgia do coração e em seguida um acidente vascular cerebral. Foi um período difícil demais. É uma outra história cheia de lágrimas. Depois, em final de 1993, transferimos residência para Toledo. Na Rádio União, Nésio Luiz era o diretor e abriu as portas. Comecei fazendo sonoplastia de fim de semana. Enquanto isso, de segunda a sábado, trabalhava como assistente administrativo no comércio. No sábado à tarde ou a noite e no domingo, o compromisso era na Rádio. Primeira incursão no jornalismo foi acompanhar o encerramento do campeonato amador. Em março de 1996, deixei a atividade no comércio e abracei outras oportunidades na emissora: venda de espaços publicitários, programa musical e, até que enfim, as reportagens (produção, redação, edição e apresentação). Muitas notícias foram produzidas na máquina de escrever. Editei materiais em Akay (“fita rolo”), trabalhei com cartucheira, casseteira (k-7) e mini-disc (MD) até chegar o computador e mais recentemente o smartphone."
Sentimento - "Estou me sentindo muito bem, leve e tranquilo. Conto com o apoio da família, de incontáveis amigos e incentivadores, mas principalmente do amparo e proteção que vem do Alto."
Parabéns Paulinho, que você continue sendo um filho do céu abençoado, com muitas graças e uma postura pessoal e profissional exemplar. Sempre com muita ética e caráter, e acima de tudo com bons propósitos, para o Bem, o Bom e o Belo. E pra encerra posto uma ao lado seu e do também excelente Márcio Pimentel, este do Jornal do Oeste, também com inúmeras histórias para contar em décadas no jornalismo. Viva o jornalismo de Toledo, viva!

Nenhum comentário:

Postar um comentário