12 de jan de 2017

SUPERINTENDENTE DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO afirma que CM tem condições de sediar centro de treinamento

"Pela sua biografia no atletismo e no esporte, Campo Mourão tem condições de ser sede de um dos centros de treinamentos que a Confederação Brasileira de Atletismo vai criar no país", disse o professor e doutor em treinamento desportivo, Antonio Carlos Gomes, superintendente de alto rendimento da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) em visita nesta quinta-feira (12) na cidade.
Mas ele destaca a importância do  projeto ser bem definido e elaborado contendo não só aspectos técnicos - quantidade de atividades, alunos, professores, escolas e comunidades que participarão do projeto, mas também dos volumes de recursos necessários e o aspecto para sua manutenção. "Este projeto é que vai dizer o tamanho da estrutura e do centro de treinamento, o que vai ser feito e a sua viabilidade. Não pode ser apenas um projeto físico, de obra, mas sim um projeto consistente que contemple todos estes aspectos que serão analisados pela CBAt", explicou Antonio Carlos Gomes. 
Para o superintendente da CBAT, a previsão é de que em torno de até dois anos um projeto possa ser efetivado obedecendo todas as fases de elaboração, aprovação, definição dos recursos e contrapartidas dos governos federal, estadual e municipal, e parcerias, até a conclusão e entrega do centro de treinamento. "Cabe a CBAt dar todo o suporte técnico para desenvolvimento do projeto e fornecer toda a metodologia científica e técnica para a elaboração do projeto, mas vocês sabem que um projeto desta natureza depende muito também da sua qualidade técnica e força política."

Nenhum comentário:

Postar um comentário