31 de jan de 2016

EVANGELHO DO DIA domingo, 31 de janeiro 2016

Evangelho (Lc 4,21-30)— O Senhor esteja convosco.— Ele está no meio de nós.— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.— Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, estando Jesus na sinagoga, começou a dizer: 21“Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir”.22Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca. E diziam: “Não é este o filho de José?23Jesus, porém, disse: “Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Faze também aqui, em tua terra, tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum”.24E acrescentou: “Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria.25De fato, eu vos digo: no tempo do profeta Elias, quando não choveu durante três anos e seis meses e houve grande fome em toda a região, havia muitas viúvas em Israel. 26No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia.27E no tempo do profeta Eliseu, havia muitos leprosos em Israel. Contudo, nenhum deles foi curado, mas sim Naamã, o sírio”.28Quando ouviram estas palavras de Jesus, todos na sinagoga ficaram furiosos. 29Levantaram-se e o expulsaram da cidade. Levaram-no até ao alto do monte sobre o qual a cidade estava construída, com a intenção de lançá-lo no precipício. 30Jesus, porém, passando pelo meio deles, continuou o seu caminho.— Palavra da Salvação.— Glória a vós, Senhor.

30 de jan de 2016

EVANGELHO DO DIA sábado, 30 de janeiro 2016

Evangelho (Mc 4,35-41) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós.— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo +  segundo Marcos.— Glória a vós, Senhor.35Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus discípulos: “Vamos para a outra margem!” 36Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo, assim como estava na barca. Havia ainda outras barcas com ele. 37Começou a soprar uma ventania muito forte e as ondas se lançavam dentro da barca, de modo que a barca já começava a se encher. 38Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram: “Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?” 39Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: “Silêncio! Cala-te!” O vento cessou e houve uma grande calmaria. 40Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?” 41Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros: “Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?”— Palavra da Salvação.— Glória a vós, Senhor.

29 de jan de 2016

NO RÁDIO: Cultura e arte, religiosidade e tecnologia no Tocando de Primeira

O Tocando de Primeira na Rádio Colméia é o programa campeão, Orgulho Paranaense! Amanhã, sábado (30),com o número 1.150
 Ilivaldo Duarte vai entrevistar no primeiro tempo Eder Pereira e José Carlos Guaitanele (Foto), empresários da BLZ Informática e a professora-empresária-comendadora Edilaine Maria de Castro. Na pauta, a tecnologia da informação atual e os projetos para 2016 da Espaço Sou Arte. 
No segundo tempo ao meio dia o destaque será para o evento Rota da Fé que acontece neste domingo no trajeto Campo Mourão - Goioerê - Rancho Alegre do Oeste, com participações dos organizadores Ruben Moyano e João Maria Ferrari Chagas, e irmã Adelina, do Santuário Santa Paulina em Nova Trento (SC). 
É amanhã no Tocando de Primeira, um golaço no rádio brasileiro. Ilivaldo Duarte, você e o rádio. Só não ouve quem não tem rádio ou não tem vizinho. Viva o rádio!
TOCANDO DE PRIMEIRA - Oferecimento CENTRO DIAGNÓSTICOS DR. MARCOS CORPA. CARTÓRIO DO VALDEMAR. TOPOCAMP. PARANÁ SUPERMERCADOS.COMERCIAL IVAIPORA. BLZ INFORMÁTICA. CLINISPORT. PAPELARIA ROMA E REFRIGERAÇÃO MAMBORÊ.

VEREADOR PEDRINHO esclarece sobre denúncia ao MP

NOTA DE ESCLARECIMENTO
REFERENTE À DENÚNCIA ENCAMINHADA AO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL SOBRE A FORMA DE CONTRATO DE PROFISSIONAIS DA FECAM

Considerando as matérias publicadas na imprensa local e a manifestação de repúdio de 30 (trinta) profissionais que tiveram subitamente seus contratos cancelados, tomo nota para esclarecer melhor o tema, nos seguintes passos: 
1.Quem cancelou subitamente os contratos foi a Prefeitura, no meu entendimento havia outras formas de corrigir os erros em casos específicos;
2.A Inexigibilidade de Licitação só deve ocorrer quando há prestador de serviço exclusivo. Se existirem pré-requisitos, tais como a formação acadêmica, experiência específica naquela demanda que deve ser comprovada por atestado de capacidade técnica e cursos complementares, pós-graduações, entre outros,é um recurso que a Administração pode usar, é legal e por vezes necessário.
3.Deveria ser publicado o mínimo de explicações que fundamentem a contratação de um serviço exclusivo. As publicações em órgão oficial feita pela Fecam não apontou a fundamentação, ou seja, mesmo os nomes indiscutíveis e de excelente formação, como exemplo o Paulinho do Atletismo, Márcio do Futsal, Emerson do Basquete, Jacqueline entre outros, deveriam ser especificados na publicação os motivos que os destacaram como serviços exclusivos. Se tivesse assim feito, não estaria errado e não seriam confundidos com os supostos incapazes.
4.Todas as publicações estavam incompletas, entretanto, a Fecam poderia regularizar os contratos com a documentação necessária e publicar de forma correta sem encerrar os Projetos, fazendo isso, ficaria somente os Profissionais com qualificação comprovada, não teria margem para confusão.
5.Sobre a Utilização do termo “supostos cabos eleitorais”:
a)A representação encaminhada ao MP, para que tenha efetividade,se faz necessário caracterizar a violação de princípios, citei os seguintes: Legalidade, Moralidade, Impessoalidade, Economicidade, Transparência e Probidade Administrativa. Além dos princípios realizei um estudo e observei alguns julgados jurisprudenciais que, onde a decisão da Justiça entendeu que o dano ao erário foi configurado pela pessoalidade entre o contrato e o contratante (Político) do órgão público.
b)Com informações trazidas pela população, ficou evidenciado que dentre os bons nomes contratados, tinha também “supostos profissionais” gente sem curso superior com CREF provisionado que foi contratado sem concorrência, como se fosse serviço exclusivo, pessoas que foram“cabos eleitorais” da Prefeita na eleição passada e pessoas filiadas ao (PR – Partido da Republica) partido político da Prefeita.
c)Considerando a publicação do órgão oficial, o limite que consegui chegar é dizer que existem profissionais renomados e respeitados, ao dizer isso, entendo existir respaldo para que alguns profissionais fossem contratados por Inexigibilidade. Todavia, a Fecam preferiu cancelar todas as publicações. A adequação da forma de contrato sem cancelar era possível, mas reconhecendo que alguns eram irregulares de fato, preferiu colocar todos na mesma condição.
d)Não tenho pretensão de ser o dono da verdade, eu também erro, posso exagerar, talvez pudesse usar um termo mais ameno na denúncia que motivou a atuação do MP, mas garanto que o foco principal é melhorar o serviço público, retirando políticos de funções técnicas, e assim, foi a forma que encontrei diante das evidências.
6.Desafio a Prefeita Municipal Regina Dubay, Fecam, Procuradoria do Município para uma reunião pública junto com a Imprensa, Observatório Social e Ministério Público para evidenciar qual o verdadeiro problema e trazer a solução em curto prazo.
Finalizando, estou à disposição para qualquer esclarecimento sobre esta e outras denúncias, bem como estou à disposição para acolher sugestões e desenvolver bons projetos de lei para sociedade sempre com foco no interesse público.

MANIFESTO DOS TÉCNICOS de CM sobre denúncia do vereador Pedrinho


IONE PAULO SARTOR será homengeado na ENTREVISTA DE DOMINGO

Um dos maiores jogadores do futebol de salão de Campo Mourão e do interior paranaense na década de 70. Estimado, admirado, uma lenda no esporte mourãoense. Quem o viu jogar diz que ele era excelente. Fora de quadra um cidadão de personalidade e caráter. Ele é Ione Paulo Sartor, ex-bancário que marcou época no então futebol de salão jogando por várias equipes como Associação Tagliari e Seleção Mourãoense. Foram dele os gols de pênaltis que determinou em 1975 a vitória e o título de campeão dos Jogos Abertos do Paraná (JAP´s) em Paranavaí, sobre Maringá.
Ione será homenageado neste final de semana na ENTREVISTA DE DOMINGO no Blog do Ilivaldo Duarte.
Gaúcho de Veranópolis, passou sua infância em Araruna ajudando seus pais no hotel, mas jogou bola, atirou peão, brincou com bolinha de gude, empinou papagaio, jogou betes e também estudou.  Sou um cara tranquilo, que só quer ter uma velhice em paz, com respeito e sinceridade no trato com as pessoas. Tendo sempre como prioridade a família”, conta Ione. 

ROTA DA FÉ vai homenagear domingo o professor Amani Spachisnki

Acontece neste domingo a 42ª edição da Rota da Fé - um dos destaques no turismo religioso do Paraná e do Sul do Brasil. Será neste domingo, 31 de janeiro com o percurso Campo Mourão - Goioerê e Rancho Alegre do Oeste. O evento terá um momento muito especial com homenagem póstuma ao professor Amani Spachisnki, membro das Academias Mourãoense de Letras e de Filosofia, integrante e incentivador na organização e realização das Rotas da Fé, falecido em novembro de 2015. 

O QUE É SER FELIZ?


EVANGELHO DO DIA sexta-feira, 29 de janeiro 2016

Evangelho (Mc 4,26-34) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós.— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.— Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, 26Jesus disse à multidão: “O Reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra. 27Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece.28A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. 29Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou”.30E Jesus continuou: “Com que mais poderemos comparar o Reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo? 31O Reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. 32Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra”.33Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender.34E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.— Palavra da Salvação.— Glória a vós, Senhor.

28 de jan de 2016

IMAGEM NOTURNA maravilhosa de Campo Mourão


CAMPO MOURÃO, imagem noturna maravilhosa


TRêS COISAS NECESSÁRIAS para a salvação


SÃO TOMAS DE AQUINO e a humildade


SÃO TOMAS DE AQUINO: "Quem tem fé não precisa de explicação"


FRASE DE São Tomás de Aquino


DIA DE SÃO TOMAS DE AQUINO, o Doutor da Igreja

Neste dia lembramos uma das maiores figuras da teologia católica: Santo Tomás de Aquino. Conta-se que, quando criança, com cinco anos, Tomás, ao ouvir os monges cantando louvores a Deus, cheio de admiração perguntou: “Quem é Deus?”.
A vida de santidade de Santo Tomás foi caracterizada pelo esforço em responder, inspiradamente para si, para os gentios e a todos sobre os Mistérios de Deus. Nasceu em 1225 numa nobre família, a qual lhe proporcionou ótima formação, porém, visando a honra e a riqueza do inteligente jovem, e não a Ordem Dominicana, que pobre e mendicante atraia o coração de Aquino.
Diante da oposição familiar, principalmente da mãe condessa, Tomás chegou a viajar às escondidas para Roma com dezenove anos, para um mosteiro dominicano. No entanto, ao ser enviado a Paris, foi preso pelos irmãos servidores do Império. Levado ao lar paterno, ficou, ordenado pela mãe, um tempo detido. Tudo isto com a finalidade de fazê-lo desistir da vocação, mas nada adiantou.
Livre e obediente à voz do Senhor, prosseguiu nos estudos sendo discípulo do mestre Alberto Magno. A vida de Santo Tomás de Aquino foi tomada por uma forte espiritualidade eucarística, na arte de pesquisar, elaborar, aprender e ensinar pela Filosofia e Teologia os Mistérios do Amor de Deus.
Pregador oficial, professor e consultor da Ordem, Santo Tomás escreveu, dentre tantas obras, a Suma Teológica e a Suma contra os gentios. Chamado “Doutor Angélico”, Tomás faleceu em 1274, deixando para a Igreja o testemunho e, praticamente, a síntese do pensamento católico.
Santo Tomás de Aquino, rogai por nós!

EVANGELHO DO DIA quinta-feira, 28 de janeiro 2016

Evangelho (Mc 4,21-25) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo +  segundo Marcos. — Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, Jesus disse à multidão: 21“Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de um caixote, ou debaixo da cama? Ao contrário, não a põe num candeeiro? 22Assim, tudo o que está em segredo deverá ser descoberto. 23Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça”. 24Jesus dizia ainda: “Prestai atenção no que ouvis: com a mesma medida com que medirdes, também vós sereis medidos; e vos será dado ainda mais. 25Ao que tem alguma coisa, será dado ainda mais; do que não tem, será tirado até mesmo o que ele tem”.  — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

27 de jan de 2016

ORAÇÃO DA FÉ


O CAMINHO DA SABEDORIA


TRÂNSITO: 80% dos motoristas em SP dirigem e usam celular ao mesmo tempo

Uma pesquisa feita com 4,1 mil motoristas de São Paulo revela que 80% acabaram confessando que dirigem e usam o celular ao mesmo tempo. A pesquisa é do Hospital Samaritano de São Paulo.
Teve um tempo em que as pessoas dirigiam com as duas mãos no volante, prestando atenção somente no trânsito. Mas a tecnologia muda comportamentos e o que a gente vê nas ruas é que o volante anda merecendo uma mão só porque a outra ou está mandando mensagem, navegando na web ou segurando o celular porque tudo anda tão urgente.
Uma pesquisa feita pelo Hospital Samaritano em São Paulo mostrou que 80% dos motoristas usam celular enquanto dirigem, 42% mandam mensagens de texto que é mais perigoso e 8% não mudariam de comportamento de jeito nenhum.
Uma troca de mensagens rapidinha no celular tira 23 segundos da sua atenção no trânsito. Parece pouco tempo, né? Em uma simulação é possível ver quantas coisas podem acontecer em 23 segundos.

"O grande problema da gravidade de quem está digitando enquanto está dirigindo é que você não vai ter como se preparar para o acidente. Se a pessoa está a 100 km/h e ela perde a direção não vai ter aquele período em que ela freou porque ela viu que ia sofrer um acidente", diz Diogo Garcia, coordenador do centro de trauma do hospital. Fonte: G1.

ONDE VOCÊ ESTÁ semeando suas sementes diárias?

Responda rápido, amigo leitor: onde você está semeando suas sementes: Em solo fértil ou na rocha?
O Evangelho de hoje apresenta a parábola do semeador e nos convida a esta reflexão. Pense nisso durante este dia e se não estiver semeando bem e em bom solo, reveja, tome uma atitude e mude sua vida para melhor.
Você está semeando em terreno pedregoso, mas não têm raiz em si mesmos? Entre os espinhos, e quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto? Ou em terreno bom, àqueles que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto?

O FUTEBOL integra e fortalece amizades e famílias

O futebol é uma das paixões do brasileiro, certo?Certíssimo. E em tudo a paixão deve ser menor do que o fanatismo.Com o futebol você cria, forma e fortalece amizades, e às vezes em família mesmo. É o caso do palmeirense Douglinhas e do seu cunhado corintiano Hugo Sabará. 
Fiz questão de registrar esta imagem e postar esta sugestão do capitão Jader Santos, diretor de Esportes da Arcam, para exemplificar que é possível conviver e muito bem, e até em família, mesmo com preferências diferentes. E viva o futebol!
Bem que poderia ter acontecido neste início de temporada um jogo entre os campeões brasileiros da temporada 2015 - o do Brasileiro e do da Copa do Brasil. E isso não acontece há mais de 10 anos. 
Mas de qualquer forma, sejamos apaixonados pelos nossos times e nunca fanáticos, pois o fanatismo só prejudica e muito.

INTERGERÊNCIAS DA ARCAM tem mais de 400 atletas em 26 equipes

Engenheiro Beltrão está com dois times na segunda fase do Intergerências de futebol suíço na Arcam e valoriza sobremaneira o primeiro campeonato da temporada 2016. Parabéns as equipes capitaneadas pelo dinãmico gerente Claudio Nachi.

FUTEBOL SÚÍÇO movimenta mais de 400 atletas no Integterências na Arcam

Geros e Getran, um dos dez jogos na rodada de ontem (26) no Intergerências de futebol suíço na Arcam.

EVANGELHO DO DIA quarta-feira, 27 de janeiro 2016

Evangelho (Mc 4,1-20) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. — Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, 1Jesus começou a ensinar de novo às margens do mar da Galileia. Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele, de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou, enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia. 2Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas. E, em seu ensinamento, dizia-lhes:3“Escutai! O semeador saiu a semear. 4Enquanto semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho; vieram os pássaros e a comeram. 5Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; brotou logo, porque a terra não era profunda,6mas, quando saiu o sol, ela foi queimada; e, como não tinha raiz, secou. 7Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram, a sufocaram, e ela não deu fruto. 8Outra parte caiu em terra boa e deu fruto, que foi crescendo e aumentando, chegando a render trinta, sessenta e até cem por um”. 9E Jesus dizia: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”. 10Quando ficou sozinho, os que estavam com ele, junto com os Doze, perguntaram sobre as parábolas. 11Jesus lhes disse: “A vós, foi dado o mistério do Reino de Deus; para os que estão fora, tudo acontece em parábolas, 12para que olhem mas não enxerguem, escutem mas não compreendam, para que não se convertam e não sejam perdoados”. 13E lhes disse: “Vós não compreendeis esta parábola? Então, como compreendereis todas as outras parábolas? 14O semeador semeia a Palavra. 15Os que estão na beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada. 16Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria,17mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem. 18Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra;19mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto. 20Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um”. — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

26 de jan de 2016

INTERGERÊNCIAS NA ARCAM:2ª fase começa hoje com as chaves Ouro e Prata

Começam hoje na Arcam as emoções da segunda fase do Campeonato Intergerências de futebol suíço 2016 com 12 equipes na Chave Ouro e 14 na Prata. 
CHAVE OURO - Na 2ª fase as 12 equipes jogarão entre si dentro da própria chave – quatro chaves com três equipes, classificando a 1ª e 2ª colocada de todas as chaves para 3ª fase – Eliminatória simples.GRUPOS 
A:LUIZIANA – A, GEROS / ARCAM e GETRAN MANUTENÇÃO
B:ARARUNA/NOVA BRASILIA, ENTEBE /FIGUEIRA – B e ENTEBE / FIGUEIRA – A (foto)
C:G 8 – A, ENGEPRO – B e GERIND BAYER
D:GERIND BARÇA, GETRAN DIST.ALIMENTOS A e ENCAMPO

CHAVE PRATA - Com 14 equipes, a chave Prata terá duas chaves com quatro equipes, duas chaves com três equipes que jogarão entre si dentro da própria chave. Para 2ª fase classificam-se a 1ª e 2ª de todas as chaves 
GRUPOS
A:GEFIO SEGURANÇA, G – TRIGO, G 8 – B e PEABIRU
B:GERIND MARGARINA, GEFIO PRINCIPAL, GETRAN ALIMENTOS e GERIND REFINÁRIA
C:GETRAN, GETRAN DIST.ALIMENTOS – B e ENGEPRO – A
D:LUIZIANA- B, GERIND OPERACIONAL e A.G.C.

Como novidade, haverá também a Chave Bronze com seis equipes – desclassificadas da 2ª fase da chave Prata

PROGRAMAÇÃO DE JOGOS TERÇA-FEIRA, 26 DE JANEIRO
CAMPO 01
19h15-GETRAN DIST.ALIM.A X ENCAMPO-OURO - D
20h00-ENTEBE/FIG.B x ENTEBE/FIGUEIRA A -OURO - B

CAMPO 02
19h15-GEROS/ARCAM X GETRAN MANUT.- OURO - A
20h00-ENGEPRO B X GERIND BAYER -OURO - C

CAMPO 03
19h15-GEFIO X GETRAN ALIMENTOS -PRATA - B
20h00-GERIND MARGARINA X GERIND REFIN.PRATA - B

CAMPO 04
19h15-GEFIO SEGURANÇA X G-TRIGO - PRATA - A
20h00-G 8–B X PEABIRU PRATA - A

PROGRAMAÇÃO DE JOGOS QUINTA-FEIRA, 28 DE JANEIRO
CAMPO 01
19h15-GETRAN DIST.ALIM.B X GETRAN PRATA- C
20h00-GERIND OPERAC. X AGC- PRATA- D

INTERGERÊNCIAS FUTEBOL SUÍÇO: Confira os resultados da 4ª rodada
Doze jogos foram realizados no final de semana nos campos da Arcam pela última rodada classificatória do Campeonato Intergerências de futebol suíço.  Desta rodada sairam os classificados para a sequência da competição na próxima semana, co os grupos das Chaves Ouro e Prata.

GEROS/ARCAM 2X1 GETRIGO - CHAVE C
GERIND/BARÇA 2X1 ENGEPRO A - CHAVE D
LUIZIANA A 4X4 AGC - CHAVE A

ARARUNA/NOVA BRASíLIA 6X0 GERIND/MARGARINA -B
ENTEBE/FIGUEIRA A 5X4 GEFIO PRINCIPAL - CH D
GEFIO SEGURANÇA 1X2 GETRAN DIST.ALIMENTOS - A

GERIND OPERACIONAL 1X6 ENTEBE/FIGUEIRA B-CH F
G8 B 3X6 ENCAMPO - CHAVE - E

G8 A 6X0 GERIND REFINARIA - CHAVE C
GERIND BAYER 2X0 GETRAN - CHAVE G

ENGEPRO B 7X2 GETRAN DIST.ALIMENTOS B- CH B
LUIZIANA B 2X3 GETRAN MANUTENÇÃO - CHAVE E.
Na presidência da Arcam está Ailton Queiróz, na gerência Paulo Gilmar Fuzeto, na direção de Esportes Jader Lúpércio dos Santos, na subdiretoria de futebol Edevilson Canalli e na coordenação do Intergerências Luis Carlos Santana.

CM BASQUETE:Raça Mourãoense já tem 40 membros inscritos

Os  jovens torcedores Bruno Maciel e Ricardo Galicki,da Torcida Organizada Raça Mourãoense estão entusiasmados com a adesão e o interesse dos apaixonados pelo basquete mourãoense em fazer desta nova torcida. "Estamos com boas ideias e queremos com apoio dos mourãoenses fazer uma bonita festa e apoiar o Campo Mourão Basquete na busca por uma vaga no NBB", explica Bruno Maciel.
Para Ricardo Galicki, a Torcida Organizada Raça Mourãoense já tem em poucos dias cera de 40 membros. "O pessoal está muito interessado, reservando suas camisas e animados com este momento do nosso basquete. Mas queremos aumentar esse número, os interessados podem acessar a página da nossa torcida no face e entrar em contato conosco. Vamos juntos rumo ao NBB", conclama Ricardo Galicki de Campos. 

" A COPA MOURÃO DE FUTSAL veio para ficar", afirma Robson Zambrana

Uma novidade neste início de ano no esporte mourãoense está no futsal. Está acontecendo com nove times a Copa Mourão / On Brasil de Futsal, com representantes da cidade e região. "Nesta época de férias outras cidades fazem competições, juntamente com o Zé do Joga 10 e alguns esportistas pensávamos em fazer uma Copa em Campo Mourão nas férias. Então pensamos, colocamos no papel, planejamos e saiu a Copa Mourão. Queremos que a Copa ´pegue´e fique mais forte já no ano que vem. Com antecedência, podemos aumentar o número de participantes e o nível das equipes, trazendo de outras regiões", explica um dos esportistas idealizadores, o árbitro, cronometrista e anotador de futsal, Robson Zambrana.
Robson esteve sábado no segundo tempo do programa campeão Tocando de Primeira na Rádio Colméia.
Sem dúvida, um evento que merece ser apoiado e valorizado. Faz muito tempo, muitos anos que a ciadde tinha uma competição de início de férias, décadas, salvo melhor juízo.

EVANGELHO DO DIA terça-feira, 26 de janeiro 2017

Evangelho (Lc 10,1-9) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas. — Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, 1o Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir. 2E dizia-lhes: “A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita. 3Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. 4Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! 5Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: ‘A paz esteja nesta casa!’ 6Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. 7Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa. 8Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem,9curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: ‘O Reino de Deus está próximo de vós’”. — Palavra da Salvação.— Glória a vós, Senhor.

25 de jan de 2016

CM BASQUETE II: Jogadores apoiam iniciativa da "Raça Mourãoense"

Os jogadores André Oliveira e Leandro Azevedo aprovaram e elogiaram a iniciativa dos jovens apaixonados pelo basquete mourãoense, que estão fazendo acontecer a Torcida Organizada Raça Mourãoense para apoiar o Campo Mourão Basquete. 
Juntamente com o professor Diego Santos, dos jovens torcedores Bruno Maciel e Ricardo Galicki, e do professor e árbitro de futsal Robson Zambrana, eles participaram sábado do segundo tempo do programa campeão Tocando de Primeira.
Os organizadores da "Raça Mourãoense" informam que já tem 40 membros cadastrados, estão acatando pedidos para as camisetas e prometem muita festa e apoio ao time mourãoense na Divisão de acesso do basquete brasileiro.
Interessados podem acessar no face a página "Torcida Organizada Mourãoense" e obter mais informações para saber como poderão fazer parte desta grande iniciativa.

CM BASQUETE: Andrezão e Leandrão, confiantes na temporada 2016

"Chegamos para fazer o nosso melhor e ajudar o Campo Mourão Basquete subir para o NBB." Este é o pensamento comum dos recém-contratados pivôs André Oliveira - mineiro de Montes Claros que foi campeão da Divisão de acesso em 2015 com o Caxias do Sul e do paulista de Dracena, Leandro Azevedo - que veio de São José do Rio Preto. 
Eles são experientes, já jogaram juntos por cinco anos, disputaram NBB e conhecem como ninguém o caminho para que o sonho mourãoense seja realizado em 2016. 
"Já joguei aqui pelo Caxias e sei como é difícil enfrentar o Campo Mourão e a sua torcida. Estamos confiantes em um bom trabalho e no acesso do nosso time ", comenta André Oliveira.
Eles participaram sábado do segundo tempo do programa campeão Tocando de Primeira ao lado do professor Diego Santos, dos jovens torcedores Bruno Maciel e Ricardo Galicki, e do professor e árbitro de futsal Robson Zambrana.

PROJETO EDIFICAR É uma bonita realidade em Araruna

Quase 200 crianças estão se desenvolvendo e participando de diversas atividades esportivas, sociais e culturais no Município de Araruna, 19 km de Campo Mourão. O professor Rinaldo Silva, o "Gordo", a secretária de Ação Social Leide Daiana Furlanetto, Beatriz Moggio e Renan Camargo foram entrevistadas sábado, 22, por Ilivaldo Duarte no programa campeão Tocando de Primeira na Rádio Colméia AM. 
Eles contaram um pouco do projeto que é realizado pela segunda gestão na administração do prefeito Fabiano Antoniassi e vem ganhando repercussão. "As crianças de 6 a 12 e de 13 a 18 se interessam por futsal, mas também têm aulas de violão, teclado, karatê, desenho, entre outros. É uma grande satisfação oportunizar a elas estas atividades, onde desenvolvem sensos de disciplina, cooperação e mostram seus talentos", garante Leide Daiana.
Para o professor Gordo os resultados dentro das quadras são espetaculares. "Temos várias categorias praticando o futsal e já ganhamos mais de 20 títulos em apenas três anos e meio do projeto Edificar. E isso é muito bom, pois é um coroamento de um trabalho com engajamento dos alunos, pais e comunidade", afirma.

PARANÁ É VICE-CAMPEÃO no Brasileiro Intercolonial de tênis de mesa

A seleção de tênis de mesa do Paraná conquistou no final de semana o vice-campeonato em Maringá, no 66º Campeonato Brasileiro Intercolonial 2016. O evento que teve a presença de vários atletas mourãoenses no selecionado paranaense, entre eles Carlos Fujihara, é considerado o maior evento de tênis de mesa da América Latina. Foi realizado com sucesso na Associação Cultural e Esportiva de Maringá (Acema) reuniu mais de 900 atletas de várias partes do país. 
Participaram equipes das regiões da Capital, Central, Noroeste, Sudoeste, ABC-Sul, Centroeste, Santo Amaro, Dutra Norte, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Curitiba, Norte do Paraná, Oeste do Paraná, Rio Grande do Sul, Goiânia, Brasília, Rio de Janeiro, Pernambuco e Minas Gerais entre outros Estados.

MAIS DE 900 ATLETAS no 66º Brasileiro Intercolonial de Tênis de Mesa em Maringá

Tudo começou em um torneio idealizado por Haruo Mitida (In memorian) no ano de 1951, sendo no início participação de apenas clubes nikkeis (Kaikans) das regiões do eixo São Paulo-Paraná, O evento cresceu tanto que atualmente as regiões montam a seleção de clubes, limitando-se assim o número de participantes.
E foi assim que de 22 a 24 de janeiro, Maringá sediou o 66º Campeonato Brasileiro Intercolonial 2016, considerada o maior evento de tênis de mesa da América Latina. O evento realizado na Associação Cultural e Esportiva de Maringá (Acema) reuniu mais de 900 atletas de várias partes do país. 

ENTREVISTA DE DOMINGO: Cristina Gláucia Schreiner da Mota

"Só tenho a agradecer, foram seis décadas de vida recheada de bons momentos. Pois, aprendi a valorizar o que é bom sempre", comemora a mourãoense, Cristina Gláucia Schreiner da Mota, professora, escritora e empreendedora. Ela é homenageada neste final de semana, na volta da ENTREVISTA DE DOMINGO aqui no Blog do Ilivaldo Duarte. 
Cristina é filha de Francisco Schreiner Filho e Emma Elza Wurth Schreiner, pioneiros em Campo Mourão. É  membro da Associação Mourãoense de Escritores e ocupante da Cadeira número 38 da Academia Mourãoense de Letras.
Dinâmica e com o propósito sempre de servir, Cristina tem na sua jornada atuação voluntária na Sociedade São Vicente de Paulo, da qual é membro fundadora da Conferência São Francisco de Assis, no Movimento Serra de Campo Mourão, entre outros. É diretora Administrativa da Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios de Campo Mourão e Região. Já exerceu a presidência (Gestões abril-2011 /2013 e 2013 / 2015) da Associação Mourãoense de Escritores, e na Academia Mourãoense de Letras exerce o cargo de tesoureira. "Receber esta homenagem Ilivaldo é um presente muito especial, é uma alegria muito grande. Quando você tem oportunidade de partilhar a sua história de vida que poderá servir de exemplo a ser seguido a alegria é maior ainda" comemora.
Ótima leitura e tudo de bom.





QUEM É CRISTINA GLÁUCIA SCHREINER MOTA? Nasci em
Campo Mourão, no dia 12 de janeiro de 1956, filha de Francisco Schreiner Filho e de Emma Elza Wurth Schreiner (Pioneiros em Campo Mourão). Casada com Antonio Jorge Pereira da Mota e mãe de Francisco José Schreiner da Mota, residente em Zurich (Suiça) e Franciane Schreiner da Mota, arquiteta atuando há dois anos aqui em Campo Mourão. Sou formada em Letras, pela Faculdade de Ciências e Letras e Educação de Presidente Prudente – SP, com especialização em Estrutura do Ensino da Língua Portuguesa, pela Faculdade de Ciências e Letras de Campo Mourão - Fecilcam.
Possuo capacitações específicas nas áreas: Língua Inglesa, Administração Financeira da Pequena Empresa, Vendas, Marketing Empresarial e na Área da Infância e Adolescência. 
Sou professora emérita, empresária no seguimento de materiais elétricos e escritora. Historiadora das famílias: Schreiner, Wurth, Kolbeck e Assis Mota.


Membro da Associação Mourãoense de Escritores e ocupante da Cadeira número 38 da Academia Mourãoense de Letras.

ONDE E COMO FOI A SUA INFÂNCIA? Passei a minha
infância no Lar Paraná, morávamos na “Chácara Bosque Lindo” – que ficava no final da Rua Tarumã e costeada pelo Rio 19. Ali, ajudava meus pais nos pequenos trabalhos, pois meus pais na época tinham leiteria e oficina mecânica. Estudava no grupo escolar Lar Paraná. Quando sobrava um tempinho, brincava no bosque repleto de gabirobas e pitangas. E, aos domingos participava da catequese na Paróquia Nossa Senhora do Caravággio (antiga de madeira) e no período da tarde brincava com meu irmão de rolar em tambores e carrinho de rolimã feito pelo meu pai.
COMO FOI SUA ATUAÇÃO NA JUVENTUDE E ONDE? Sempre fui muito tímida. Gastava o pouco tempo vago que tinha fazendo trabalhos manuais e escolares. Participava do grupo de jovens Jucris e mais tarde da Mocam - abaixo, foto do grupo na década de 70. Nesta época, ingressei no grupo de vicentinos jovens – Conferência São Francisco de Assis - Sociedade São Vicente de Paulo  – do qual participo até hoje.

QUE HISTÓRIAS OU FATOS LEMBRA? Vou relatar um fato recente que marcou muito minha vida. A formatura de minha sobrinha filha Suelen Letícia Tavares no curso de medicina pela UEM. Por ocasião da homenagem aos pais ela saiu do palco e entregou-me a rosa e o quadro. Confesso que faço e farei por ela tudo que sua mãe faria para que seja muito feliz em sua nova jornada.
COMO SE DEFINE? Pode até não parecer, mas, sou uma mulher realizada pessoalmente e profissionalmente.

DESDE QUANDO EM CAMPO MOURÃO, POR ONDE PASSOU E O QUE FAZ HOJE? Minha vida se passou toda em Campo
Mourão, embora tive oportunidades de mudar várias vezes para Maringá, Curitiba e Sinop (MT). Mas, repensei várias vezes e permaneci aqui em Campo Mourão. Aonde estou há 31 anos liderando a empresa Campo Lustres  – Comércio de Materiais Elétricos Ltda.
COMO FOI E ONDE SUA TRAJETÓRIA PROFISSIONAL? Minha vida profissional se divide em cinco etapas:
Primeira: Trabalhava na agricultura e pecuária junto com os pais e estudava à noite depois de uma jornada pesada. Era plantando grama, roçando pasto, fazendo cerca para o gado, capinando arroz, até os 20 anos.
Segundo: Trabalhei como auxiliar laboratorista no Laboratório Professor Ephigênio José Carneiro durante 10 anos. (Foto abaixo: Pedro Veiga, Egidio Martello, Ephigênio José Carneiro e Jair Elias dos Santos Júnior).

Terceira: Deixei o Laboratório devido a alergia dos produtos com os quais manuseava. E fui lecionar pela Fucam. No colégio do Barreiro das Frutas, nas Barras e na escola Maria do Carmo Pereira (no Jardim Tropical, hoje estadual).
Quarta: Passei no concurso público, casei e lecionei em vários colégios do Estado até a aposentadoria, sempre no período noturno.
Quinta: Paralelo ao trabalho pela Seed (Secretaria Estadual de Educação) conciliava os cuidados com a casa, filhos e a Empresa Campo Lustres – Comércio de Materiais Elétricos Ltda.

O QUE FEZ NO SEU TRABALHO QUE NÃO FARIA DE NOVO?Eu queria ter guardado uma cópia das listas de presenças de todos meus alunos.
E A SUA ATUAÇÃO NA COMUNIDADE? Preocupada com o
próximo, faço trabalhos voluntários: Sociedade São Vicente de Paulo (membro fundadora da Conferência São Francisco de Assis), Movimento Serra de Campo Mourão, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e Comitê Gestor do Leite das Crianças – Governo do Paraná (por vários anos).
Diretora Administrativa da Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios de Campo Mourão e Região.

Já exerci a presidência (Gestões abril-2011 /2013 e 2013 / 2015) da Associação Mourãoense de Escritores.

Sou ocupante da Cadeira número 38 da Academia Mourãoense de Letras. Na qual, exerço o cargo de tesoureira.

COMO ENTROU A CULTURA E EDUCAÇÃO EM SUA VIDA? Da quinta série em diante tive o professor Egydio Martello – que lecionava a disciplina de português. E, em todas as sextas feiras tinha que declamar poesia. Isto era sagrado. Sendo assim, copiava a poesia ou biografia de escritor e decorava durante as pequenas paradas dos trabalhos braçais na lavoura para as aulas do Martelinho. Daí que surgiu o gosto pelos registros de famílias. Também adorava escrever cartas e mais cartas para os primos, parentes e amigos que
fazia nos encontros de jovens através da Mocam e Vicentinos.
COMO ENTROU A ACADEMIA DE LETRAS EM SUA VIDA? Foi na manhã do dia 17 de janeiro de 2013, recebi a visita surpresa do presidente Jair Elias dos Santos Junior, para comunicar que fui eleita para ocupar a cadeira de número 38, da Academia Mourãoense de Letras. Confesso que foi uma grande alegria que não tem palavras para descrever.

QUAL A IMPORTÂNCIA DELA EM SUA VIDA E PARA A SOCIEDADE? Da mesma maneira que é uma satisfação muito grande fazer parte de um grupo seleto é uma honra. E, também um compromisso muito sério. Faço sempre o possível para cumprir com os objetivos da academia que é o cultivo, a preservação do vernáculo e sua divulgação nos aspectos científicos, históricos, literários e artísticos.

QUAIS, ENTRE TANTAS, SÃO EXPERIÊNCIAS QUE NÃO SAEM DA MEMORIA? Durante minha trajetória profissional tive que buscar muitas informações para dar conta do recado. Como por exemplo: De trabalho braçal para auxiliar técnica de laboratório de análises clínicas. Depois, para lecionar. E, paralelo com o Magistério a gestão da Empresa. E, aqui faço uma observação importante: na pequena empresa, o empresário faz de tudo. Tudo isso, que consegui. Foi com muita força de vontade e persistência para chegar até aqui.
QUAL O ESPORTE PREFERIDO, ÍDOLO E TIME? Não tenho costume de acompanhar. Mas penso que o esporte é muito importante na vida das pessoas.
COMO ANALISA A CULTURA ATUAL EM CM E NO BRASIL?A cultura mourãoense comparada a outras cidades do mesmo porte é excelente. Pois, aqui temos a Academia Mourãoense de Letras e a Academia Mourãoense de Filosofia. Temos a Associação Mourãoense de Escritores. E, sem contar que já realizamos duas edições da Bienal do Livro e Leituras. E, muito mais.

QUAL MANCHETE FICOU NA HISTÓRIA DE SUA VIDA?Academia Mourãoense de Letras elege patronesse e fundadora da cadeira 38” (17.01.2013).

QUAL MOMENTO FICOU NA HISTÓRIA DE SUA VIDA? 
tenho a agradecer, foram seis décadas de vida recheada de bons momentos. Pois, aprendi a valorizar o que é bom sempre. Mas, tive um momento triste, a perda de meu pai. O qual tem uma história de vida significativa para Campo Mourão. Devido seu legado, a Rua pioneiro Francisco Schreiner Filho no  Jardim América.
QUAL JOGADA QUE, SE PUDESSE VOLTAR NO TEMPO, JAMAIS TERIA FEITO?Penso que não tenho. Procuro sempre aprender com meus erros.

ÉTICA É... - um conjunto de valores vivenciados pela pessoa... que torna-a uma pessoa de boa conduta.

O MOMENTO ATUAL DA SUA VIDA É... tempo de agradecer. Celebrar a vida.
O QUE AINDA NÃO FEZ QUE, SE TIVESSE CONDIÇÕES, AINDA GOSTARIA DE FAZER? Devido a inúmeras atividades, falta tempo. Mas, quero conhecer a República Tcheca. Quero terminar o livro “Mota Assis” no qual relatando a trajetória de vida dos parentes do lado meu esposo.
CITE TRÊS PERSONALIDADES ESPORTIVAS EM CAMPO MOURÃO? Professor Idevalcir Maia, Ilivaldo Duarte e Professor Villa (Sidemar Roberto Villa - foto).

CITE TRÊS PERSONALIDADES (FORA DO ESPORTE) EM CAMPO MOURÃO Citarei três, sem medo de errar: José Aroldo Gallassini, Edilaine Maria de Castro e Newton Leal. São pessoas que admiro muito pelo seu exemplo de vida que cada um tem.

                                  JOGO RÁPIDO
MÚSICA? Romântica.
UM LIVRO? Olhai os Lírios do Campo.
UM AUTOR Peter Drucker e Mário Quintana.

UM PROFESSOR?  Professor Egydio Martello(foto).
SONHO? Visitar as pequenas cidades de onde saíram meu bisavós: HAMMER – República Tcheca e Baden-Baden na Alemanha.
SAUDADE? DO QUÊ E DE QUEM? Da infância. Tenho saudade de meu pai Francisco Schreiner Filho.
MOMENTO INESQUECÍVEL? Nascimento dos filhos.

HOBBY? Registrar as histórias de famílias – Genealogia.
MANIA?  Perfeição.
60 ANOS DE IDADE É... tempo de comemorar a vida e  as conquistas. São muitas emoções.
FRUSTRAÇÃO? Não ter aprendido alemão com meus avós.
FAMÍLIA É.... o bem mais precioso.
RELIGIÃO É... vida e esperança.

A CAMPO MOURÃO DO PRESENTE É... um ótimo lugar para viver.

A CAMPO MOURÃO DO FUTURO SERÁ....com certeza será mais bela.
QUAL O SENTIMENTO DE RECEBER ESTA HOMENAGEM E PARTILHAR UM POUCO DA SUA VIDA? Receber esta homenagem é como receber um presente muito especial.  É uma alegria muito grande. Quando você tem oportunidade de partilhar a sua história de vida que poderá servir de exemplo a ser seguido a alegria é maior ainda...
QUEM GOSTARIA DE VER HOMENAGEADO NO BLOG? Meu afilhado Padre Willian de Oliveira Lopes e José Maião, presidente da Sociedade São Vicente de Paulo.
QUAL O RECADO PARA OS LEITORES DO BLOG? Que não deixem o desanimo tomar conta... Pois, “Enquanto muitos choram... venda lenços”
QUAL PERGUNTA QUE NÃO LHE FIZ QUE GOSTARIA DE TER RESPONDIDO?Você gosta de Campo Mourão? Sim. Adoro minha cidade natal pelo clima, pela cultura e pelas pessoas acolhedoras que escolheram Campo Mourão para viver.