25 de ago de 2016

HISTÓRIA PALMEIRAS 102 ANOS, do Palestra Itália a S.E. Palmeiras

O Palestra Itália foi fundado em 26 de agosto de 1914 por imigrantes da colônia italiana da cidade de São Paulo, sob o nome Palestra Italia. A sua fundação se deu pela presença de dois times italianos no Brasil - Pro Vercelli e Torino, que impulsionaram quatro jovens italianos a criar um time para a colônia italiana, eram eles; Luigi Cervo, Luigi Marzo, Vincenzo Ragognetti e Ezequiel Simone, funcionários das Indústrias Matarazzo (que contaram com o apoio da fábrica para fundar o clube).  A imensa maioria dos sócios fundadores eram italianos e descendentes; havia um português, inclusive eleito diretor, mas nenhum deles era filiado a qualquer outra entidade futebolística, com exceção do Luigi Cervo, que fora sócio e jogador do Internacional. 
O Palestra Itália foi forçado a mudar de nome por ocasião da segunda guerra mundial. Após manter uma posição de neutralidade ao longo dos três primeiros anos do conflito, em 28 de janeiro de 1942 o Brasil rompeu relações diplomáticas com os Países do "Eixo" - Alemanha, Itália e Japão, sinalizando a posição que formalizaria em 31 de agosto do mesmo ano, quando declarou guerra a estes Países, alinhando-se com os "Aliados" EUA, Inglaterra, França e outros países. 
A situação agravou-se com o decreto-lei de 17 de junho de 1942, exigindo que as agremiações esportivas que tivessem nomes estrangeiros mudassem suas denominações, e finalmente em 31 de agosto o governo brasileiro declarou formalmente o estado de Guerra contra os Países do "Eixo". 
Duas semanas depois, na noite do dia 14 de setembro de 1942, a diretoria do Palestra reuniu-se em sessão extraordinária para discutir a exigência dos militares, de mudança total do nome, a despeito de Palestra ser uma palavra grega. Após horas de discussão e resistência, e da sugestão de nomes como Piratininga e Paulista, decidiu-se finalmente por Sociedade Esportiva Palmeiras, em parte pela preservação da letra P nos escudos e símbolos do clube, e em parte em homenagem à Associação Atlética das Palmeiras, clube então extinto mas que sempre manteve excelente relacionamento com o Palestra Itália, tendo fornecido apoio decisivo em diversas ocasiões de litígio com dirigentes do futebol paulista. Fonte: site do Palmeiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário