11 de ago de 2016

EU E A JMJ 2016 NA CRACÓVIA, por Manoel Mamédio Jr

"Com toda certeza, volto renovado e com o espírito agradecido por ter participado desta Jornada Mundial da Juventude. Poder testemunhar milhares de jovens que ouviram o chamado do Papa e estavam buscando a mesma coisa, é algo inexplicável
No roteiro que fizemos, foi possível visitar as basílicas e conhecer a história de vários santos e santas da igreja católica, e também as relíquias do milagre eucarístico. Tudo isso tinha um significado muito grande para mim. Pude verificar o quanto sou pecador e o pouco que tenho feito por este Deus que muito tem me dado. 
Apesar da condição de pecador, este Deus tem me amado muito, e tem sido misericordioso para comigo, e pude presenciar isso nesta Jornada. 
Em vários momentos, ele permitiu algumas situações que a princípio eu não entendia, murmurava e julgava, mas que, depois de um tempo eu via a ação dele em minha vida. Ele não me deixou desamparado um minuto. Tem sido um Deus muito misericordioso, apesar de eu não merecer. Foi inesquecível. " Manoel Mamédio, Maringá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário