17 de mai de 2016

A GRAÇA DE DEUS VEM EM socorro de nossas misérias

"Amados irmãos e irmãs, precisamos nos aproximar do coração de Deus para  nos conhecermos do jeito que somos. E como precisamos conhecer o que está dentro de nós!
Passamos, muitas vezes, por tribulações, dificuldades, muitas inquietações interiores, e não sabemos por que passamos por tudo isso. Por isso, a Palavra de Deus nos provoca: “De onde vêm as guerras? De onde vêm os combates? De onde vêm as insatisfações? De onde onde vêm os conflitos que travamos dentro do nosso coração” (Tg 4,1-2).
Primeiramente, é fruto de nossa própria cobiça. Cobiçamos e não conseguimos aquilo que tanto queríamos. Deixamos, muitas vezes, a inveja, o ciúmes e tantos outros sentimentos crescerem em nosso coração. Às vezes, dizemos: “Poxa, mas eu pedi tanto a Deus! Por que não consegui?”. Porque Deus não alimenta nossas paixões nem nossas ambições. Às vezes, podemos conseguir uma coisa e dizer: “Olha, graças a Deus!”. Há pessoas que fazem coisas erradas e dá certo, então dizem: “Foi Deus quem me ajudou!”.
Deus não ajuda, não abençoa, não está atrás nem por trás, à frente nem por cima das coisas erradas que fazemos! Nem mesmo daquele maldito lema, de que os fins justificam os meios ilícitos e errados, para conseguirmos isso e aquilo. Se a nossa capacidade humana de arquitetar acostumou-se a fazer coisas erradas e por ela conseguimos até mesmo coisas boas, desculpe-me, mas isso não foi conseguido com a graça de Deus. A graça d’Ele não vem em socorro às paixões e à cobiça do coração humano.
A graça de Deus vem em socorro ao coração do homem, às aflições de nossa alma; vem purificar nossas intenções mais profundas. Não pense que, pelo fato de estar bem ou de ver que o outro está bem, porque ele tem muito dinheiro, porque é bem sucedido nisso e naquilo está com Deus; e aquele que está mal não está com Ele. Muitas vezes, é o contrário: aquele pobrezinho, de alma aflita e abatida vive na pureza do seu coração, na honestidade da sua vida, e Deus está com Ele.
Obedeça a Deus e resista ao mal e ao diabo. Humilhe-se na presença do Senhor e, sobretudo, purifique suas mãos e seu coração. Purifique-se das más intenções, dos desejos tenebrosos, daquilo que vem de dentro de você, puxando-o para fazer aquilo que não é certo.
Não nos deixemos guiar pelas nossas paixões e tenhamos a certeza de que a graça de Deus irá nos conduzir!
Deus abençoe você! Padre Roger Araújo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário