31 de ago de 2015

EVANGELHO DO DIA segunda-feira, 31 de agosto 2015

Evangelho (Lc 4,16-30) O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós.  Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo +  segundo Lucas.— Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 16veio Jesus à cidade de Nazaré, onde se tinha criado. Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado, e levantou-se para fazer a leitura. 17Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, Jesus achou a passagem em que está escrito: 18“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção para anunciar a Boa Nova aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os oprimidos 19e para proclamar um ano da graça do Senhor”.20Depois fechou o livro, entregou-o ao ajudante e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. 21Então começou a dizer-lhes: “Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir”. 22Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca. E diziam: “Não é este o filho de José?” 23Jesus, porém, disse: “Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Faze também aqui, em tua terra, tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum”. 24E acrescentou: “Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria. 25De fato, eu vos digo: no tempo do profeta Elias, quando não choveu durante três anos e seis meses e houve grande fome em toda a região, havia muitas viúvas em Israel. 26No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia. 27E no tempo do profeta Eliseu, havia muitos leprosos em Israel. Contudo, nenhum deles foi curado, mas sim Naamã, o Sírio”. 28Quando ouviram estas palavras de Jesus, todos na sinagoga ficaram furiosos. 29Levantaram-se e o expulsaram da cidade. Levaram-no até o alto do monte sobre o qual a cidade estava construída, com a intenção de lançá-lo no precipício. 30Jesus, porém, passando pelo meio deles, continuou o seu caminho. — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

30 de ago de 2015

JONATHAN CAMPOS e sua obra no MT


LIGA DE SUCESSO com organização e competência

Encerrado o terceiro Campeonato Amador promovida pela Liga Mourãoense de Futebol presidida pelo jornalista Roberto Soares, é momento de congratulações e os dirigentes devem refletir sobre suas atitudes. 
Quando da primeira reunião da nova Liga de Futebol há três anos com os dirigentes, na época, na sede do Sport Club CM, como membro da diretoria da Liga, disse aos dirigentes: quem faz um campeonato bom ou ruim são vocês dirigentes. 
Com o final da temporada 2015, Roberto Soares, com larga experiência dentro e fora de campo, montou novamente uma boa equipe técnica e arbitragem, buscou apoio e parceria, e soube com maestria conduzir um Amadorzão 2015, de primeira. Recursos foram impetrados e julgados na letra da lei, no terceiro melhor ano da Liga Mourãoense de Futebol dos últimos dez anos. 
Mas os dirigentes precisam aprender a ler regulamento, entender e interpretá-los, e após concordar, devem colocar em prática e honrar o que assinaram. 
Infelizmente não foi isso que aconteceu com o forte Arena e até mesmo com o campeão Luiziana - Este, teve que deixar de fora do time o atacante e experiente Marcelo Peabiru, que jogou algumas partidas de forma irregular, mas quando percebeu Carlos Cézar e Cia o tiraram do time tricolor no segundo jogo contra o Peabiru. Antes tarde do que nunca. Mas bom mesmo é tirar o time de campo após o fim do Amadorzão com o dever cumprido Roberto Soares, com a certeza de que ninguém ganhou no "tapetão", e os jogos finais foram legítimos e emocionantes.
Como disse na mesma reunião há três anos o então diretor do Iretama, Carlos Garcia, a nova Liga nascia para ser uma Liga de sucesso. E Assim foi de novo em 2015, como já aconteceu em 2014 e 2014. Viva a Liga Mourãoense de Futebol, a Liga de sucesso. Parabéns Roberto Soares e equipe.

O VICE-CAMPEÃO América


A PRIMEIRA DERROTA do América nos últimos três anos

O futebol irregular do América na derrota para o Luiziana por 2x1 e a perda do título - seria um inédito tricampeonato amador-  deixou triste jogadores e o técnico Carlos Gabriel Zanatta. Foi a primeira derrota do América nos últimos três anos dentro de casa. Antes foram 22 vitórias e apenas 6 empates do técnico Carlos Gabriel. E a queda da invencibilidade também provocou a perda do título em 2015.  "Fizemos um primeiro tempo muito ruim, fomos apáticos em campo e no segundo tempo lutamos mas não fizemos um bom jogo. O Luiziana mereceu vencer hoje e em vencendo foi campeão", disse o comandante do Vermelhinho da Asa Leste. "Gostaria de agradecer a cada um que fez parte da nossa equipe. Cada um aqui tem o seu devido valor e sabemos que nos dedicamos em todos os jogos, e  todos estão de parabéns pelo vice-campeonato. A vida não é feita só de vitórias e glórias, infelizmente hoje perdemos, mas a vida segue. Vamos levantar a cabeça para seguir em frente! Parabéns ao Luiziana  que sagrou-se campeão", considera Gabriel.

LUIZIANA É MELHOR na decisão e impede tri do América

O Luiziana sagrou-se campeão do Amadorzão 2015 da Liga Mourãoense de Futebol mostrando muita vontade, raça e determinação. Foi melhor nos últimos quatro jogos, cresceu no momento mais importante da competição e merecidamente levantou o título na Liga de Campo Mourão após vários anos. A imagem é de Diego Reis.

LUIZIANA vence America por 2 x 1 e é Campeão Amador 2015 na Liga de Futebol CM

É HOJE! Luiziana, campeão ou o América tri?

Quem será o campeão do Amadorzão 2015? O Luiziana voltando a ganhar após muitos anos pela Liga de Campo Mourão? Ou o América conseguirá um inédito tricampeonato em sua história? É hoje no RB, a partir das 15h30. 

EVANGELHO DO DIA domingo, 30 de agosto 2015

Evangelho (Mc 7,1-8.14-15.21-23)  O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós.  PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. — Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 1os fariseus e alguns mestres da Lei vieram de Jerusalém e se reuniram em torno de Jesus.2Eles viam que alguns dos seus discípulos comiam o pão com as mãos impuras, isto é, sem as terem lavado.3Com efeito, os fariseus e todos os judeus só comem depois de lavar bem as mãos, seguindo a tradição recebida dos antigos. 4Ao voltar da praça, eles não comem sem tomar banho. E seguem muitos outros costumes que receberam por tradição: a maneira certa de lavar copos, jarras e vasilhas de cobre.5Os fariseus e os mestres da Lei perguntaram então a Jesus: “Por que os teus discípulos não seguem a tradição dos antigos, mas comem o pão sem lavar as mãos?” 6Jesus respondeu: “Bem profetizou Isaías a vosso respeito, hipócritas, como está escrito: ‘Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está longe de mim. 7De nada adianta o culto que me prestam, pois as doutrinas que ensinam são preceitos humanos’. 8Vós abandonais o mandamento de Deus para seguir a tradição dos homens”. 14Em seguida, Jesus chamou a multidão para perto de si e disse: “Escutai, todos, e compreendei: 15o que torna impuro o homem não é o que entra nele vindo de fora, mas o que sai do seu interior. 21Pois é de dentro do coração humano que saem as más intenções, imoralidades, roubos, assassínios, 22adultérios, ambições desmedidas, maldades, fraudes, devassidão, inveja, calúnia, orgulho, falta de juízo. 23Todas estas coisas más saem de dentro, e são elas que tornam impuro o homem”. — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

29 de ago de 2015

EXTRA! Belin Carolo será reinaugurado dia 9 de outubro em CM

Um presente para Campo Mourão. Na noite do próximo 9 de outubro, sexta-feira, véspera do feriado municipal de 10 de outubro, a comunidade mourãoense ganha a reinauguração do ginásio Belin Carolo, que marcou época nas décadas de 70 e 80. 
O diretor da UTFPR, Heron Lima está coordenando uma equipe formada por profissionais da instituição, professores, jornalistas, entre outros, para formatar a programação do evento. "O Berlin Carolo estará de volta a comunidade, com apoio de todos que possibilitaram a restauração e melhorias das obras neste importante local que fez a história e alegria de muita gente, entre atletas, dirigentes, imprensa e comunidade. Queremos fazer um evento simples e bonito para celebrar esta grande conquista", disse ao Blog do Ilivaldo Duarte.
Viva. Teremos de volta o Berlin Carolo remodelado, mais bonito, sem perder sua originalidade projetada na gestão do prefeito Renato Fernandes Silva. 

VIVA O RÁDIO! É hoje o Tocando de Primeira


BAIXE O APLICATIVO e ouça a Colméia no celular


AS ATRAÇÕES DO TOCANDO de Primeira 1.132 na Colméia

É hoje no programa campeão Tocando de Primeira de número 1.132 na Rádio Colméia. No primeiro tempo vou entrevistar o mourãoense Diego Reis sobre a exposição Retratos do Campo, a secretária da Cultura Sonia Maria do e Castro Singer e o artista José Adriano dos Santos, do espaço do circo de Londrina, sobre o Festival de Circo que termina hoje em Campo Mourão. Na imagem, Diego com o apoiador da amostra Eloy Bonkoski. No segundo tempo, presenças do técnico Carlos Gabriel Zanatta e do golerio Douglas Rupenntjal, o "Pastor", do E C América, o Vermelhinho da asa leste, que buscam amanhã o tricampeonato do Amadorzão da Liga de Campo Mourão. Na imagem, Gabriel com o atacante Thiaguinho, autor do gol do América domingo em Luiziana. Viva o rádio.  Viva o rádio. Eu, você e o Tocando de Primeira: um golaço no rádio brasileiro.

DIEGO REIS: Retratos do Campo VI

O homem do campo tem sua fé, sua crença. Acredita muito em Deus, pede, ora, busca a cada dia a sua proteção e a sua armadura contra as forças do mal. Ele vai à igreja, leva a sua família, busca nas forças divinas o ânimo para recomeçar a cada dia. O alimento espiritual buscado, por meio da oração, a cada manhã, a cada momento de meditação, na hora do descanso, é fundamental para que o corpo possa suportar todas as forças necessárias e para que a mente possa estar repleta dos bons pensamentos, sempre que necessários. A Exposição de Fotos “Retratos do Campo”, de Diego Reis Pereira, está no Hall de Entrada da Biblioteca Municipal Professor Egydio Martello (Estação da Luz), até o dia 4 de setembro.

EVANGELHO DO DIA sábado, 29 de agosto 2015

Evangelho (Mc 6,17-29)  O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós.  Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. — Glória a vós, Senhor! Naquele tempo, 17Herodes tinha mandado prender João, e colocá-lo acorrentado na prisão. Fez isso por causa de Herodíades, mulher de seu irmão Filipe, com quem se tinha casado. 18João dizia a Herodes: “Não te é permitido ficar com a mulher do teu irmão”. 19Por isso Herodíades o odiava e queria matá-lo, mas não podia. 20Com efeito, Herodes tinha medo de João, pois sabia que ele era justo e santo, e por isso o protegia. Gostava de ouvi-lo, embora ficasse embaraçado quando o escutava. 21Finalmente, chegou o dia oportuno. Era o aniversário de Herodes, e ele fez um grande banquete para os grandes da corte, os oficiais e os cidadãos importantes da Galileia. 22A filha de Herodíades entrou e dançou, agradando a Herodes e seus convidados. Então o rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu to darei”. 23E lhe jurou dizendo: “Eu te darei qualquer coisa que me pedires, ainda que seja a metade do meu reino”. 24Ela saiu e perguntou à mãe: “O que vou pedir?” A mãe respondeu: “A cabeça de João Batista”. 25E, voltando depressa para junto do rei, pediu: “Quero que me dês agora, num prato, a cabeça de João Batista”. 26O rei ficou muito triste, mas não pôde recusar. Ele tinha feito o juramento diante dos convidados. 27Imediatamente, o rei mandou que um soldado fosse buscar a cabeça de João. O soldado saiu, degolou-o na prisão, 28trouxe a cabeça num prato e a deu à moça. Ela a entregou à sua mãe. 29Ao saberem disso, os discípulos de João foram lá, levaram o cadáver e o sepultaram. — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

28 de ago de 2015

ENGENHARIA ELETRÔNICA vence basquete nos Universitários

Foi encerrado na noite desta sexta a modalidade de basquete nos Jogos Universitários em CM. O campeão foi Engenharia Eletrônica da UTFPR com Gestão Comercial da Unicampo em segundo e Engenharia Civil da UTFPR em terceiro. 

FANTÁSTICA imagem do excelente Sérgio Ranalli


ARAUCÁRIA, de Mangueirinha é destaque na edição de agosto da Revista Coamo


COMEÇAM AMANHÃ AS Olimpíadas da Arcam 2015

Com 300 equipes formadas por oito gerências disputando 16 modalidades nos naipes masculino e feminino, começam neste sábado (29) as tradicionais Olimpíadas da Arcam 2015. O presidente da Arcam, Ailton de Almeida Queiróz, acredita em mais um grande evento que reunirá centenas de associados na prática de vários esportes a partir deste sábado. Com 11 jogos, o futebol suíço movimentará mais de 200 atletas nos campos da Arcam neste sábado. A supervisão do evento é do diretor de Esportes Jader Lupércio dos Santos e a coordenação e operacionalização de Luis Carlos Santana.

PEABIRU SEDIA sessão da Academia Mourãoense de Letras

Peabiru vai sediar neste sábado (29) sessão solene com posse de dois novos membros da Academia Mourãoense de Letrasprofessor Igor Fábio Stainmacher e jornalista Giselta. Será um afato novo na história da AML, motivada pela alteração do seu estatuto que desde 2013, permite a participação de escritores que residam nos municípios limítrofes de Campo Mourão - Peabiru, Araruna, Farol, Luiziana, Mamborê, Barbosa Ferraz e Corumbataí do Sul. O primeiro acadêmico eleito pela região foi o professor Fábio Sexugi (foto), de Peabiru, atual secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer no município. 

NOVOS MEMBROS da Academia Mourãoense de Letras vão tomar posse neste sábado em sessão solene itinerante da AML em Peabiru

A Academia Mourãoense de Letras (AML) vai promover amanhã sessão solene, às 19h30, na Casa da Cultura de Peabiru para empossar dois membros da AML. O professor Igor Fábio Stainmacher e a jornalista Giselta Veiga vão tomar posse, respectivamente, nas cadeiras 6 e 24 - em substituição a Luiz Mazzuchetti e Elza Paulino de Moraes, que renunciaram suas cadeiras este neste. O evento marca também o 162º aniversário de emancipação do Paraná e os 45 anos de criação da Biblioteca Pública Municipal de Peabiru. 
Stainmacher e Veiga serão os novos imortais da AML, tendo sido eleitos em junho e agosto deste ano. Na posse, o professor José Eugênio Maciel fará a recepção em nome da AML. Seguindo o protocolo do evento, o presidente da AML, Jair Elias dos Santos Júnior, convidará o decano da entidade para a entrega dos diplomas. 

EVANGELHO DO DIA sexta-feira, 28 de agosto 2015

Evangelho (Mt 25,1-13) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós.— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus. — Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos esta parábola: 1”O Reino dos Céus é como a história das dez jovens que pegaram suas lâmpadas de óleo e saíram ao encontro do noivo2Cinco delas eram imprevidentes, e as outras cinco eram previdentes. 3As imprevidentes pegaram as suas lâmpadas, mas não levaram óleo consigo.4As previdentes, porém, levaram vasilhas com óleo junto com as lâmpadas. 5O noivo estava demorando e todas elas acabaram cochilando e dormindo. 6No meio da noite, ouviu-se um grito: ‘O noivo está chegando. Ide a seu encontro!’ 7Então as dez jovens se levantaram e prepararam as lâmpadas. 8As imprevidentes disseram às previdentes: ‘Dai-nos um pouco de óleo, porque nossas lâmpadas estão se apagando’. 9As previdentes responderam: ‘De modo nenhum, porque o óleo pode ser insuficiente para nós e para vós. É melhor irdes comprar aos vendedores’. 10Enquanto elas foram comprar óleo, o noivo chegou, e as que estavam preparadas entraram com ele para a festa de casamento. E a porta se fechou. 11Por fim, chegaram também as outras jovens e disseram: ‘Senhor! Senhor! Abre-nos a porta!’12Ele, porém, respondeu: ‘Em verdade eu vos digo: Não vos conheço!’ 13Portanto, ficai vigiando, pois não sabeis qual será o dia, nem a hora”.  Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

DIEGO REIS: Retratos do Campo V

Os animais também fazem parte desta atmosfera tão perfeita que é a natureza. As criações, sempre muito bem cuidadas pelos seus proprietários, são chamam muito a atenção pela beleza. São fundamentais para o bem estar do homem do campo, para o colorido do ambiente rural. São meios também de locomoção, de lazer no final de semana. Enfim, devem ser amados e muito bem cuidados, pois também são criaturas divinas. A Exposição de Fotos “Retratos do Campo”, de Diego Reis Pereira, está no Hall de Entrada da Biblioteca Municipal Professor Egydio Martello (Estação da Luz), até o dia 4 de setembro. 

HOJE É DIA DE SANTO AGOSTINHO

Santo Agostinho nasceu em Tagaste, norte da África, no dia 13 de novembro do ano 354. Filho de Patrício, pagão e voltado para o materialismo da época, e de Mônica, profundamente cristã, que depois se tornaria santa. A influência dos pais foi muito grande, primeiro a de Patrício, depois a de Santa Mônica. 
Agostinho realiza os primeiros estudos em Tagaste, indo depois a Madaura.  Aos 17 anos vai a Cartago, onde Romaniano, amigo do pai, o ajuda e se torna seu protetor; durante três anos se dedica ao estudo e à leitura de livros, entre os quais destaca-se o "Hortênsio" de Cícero, que o impressiona profundamente. 
Aos 20 anos volta a Tagaste como professor, com uma mulher e um filho, Adeodato, retornando pouco depois para Cartago também como professor. Depois torna-se professor em Roma e, a seguir, vai para Milão, onde ganha a cátedra de retórica da casa imperial e desenvolver também a atividade de professor de retórica. 
Agostinho sentia, apesar de tudo, seu coração vazio, inquieto. Não era feliz. Procurou a felicidade em muitos lugares, mas não a encontrava. Seu coração inquieto não achava a verdade e a paz que desejava. Sua mãe encontra-o em Milão e anima-o a freqüentar as pregações de Santo Ambrósio. 
Foi uma longa caminhada e luta para transformar seu coração, mas no mês de agosto de 386, meditando no jardim, ouve uma voz de criança que diz "Tolle et lege" (Toma e lê) e tomando as Cartas de São Paulo lê: "Não é nos prazeres da vida, mas em seguir a Cristo que se encontra a felicidade". 
As dúvidas se dissipam e é neste momento que culmina todo o processo de sua conversão. Encontrando Deus no seu coração achou a felicidade, a paz e a verdade que procurava. 
No ano seguinte, na Vigília da Páscoa é batizado. Agostinho decide voltar a Tagaste, para morar com seus amigos, e entregar-se inteiramente ao serviço de Deus por meio da oração e o estudo. Mas no ano 391, de visita na cidade de Hipona, é proclamado sacerdote pelo povo e ordenado padre pelo bispo Valério. Quatro anos depois é consagrado Bispo da cidade, daí o nome de Agostinho de Hipona. 
Ele vive em comunidade, tentando seguir o ideal das primeiras comunidades cristãs, na pobreza e na partilha. A comunidade eclesial de Hipona estava formada em sua grande maioria por pobres. Agostinho se fazia a voz destes pobres, falando por eles na Igreja, indo até as autoridades para interceder por eles e ajudando-os naquilo que podia. Entre as funções que o bispo tinha estava a de administrar os bens da Igreja e repartir o seu benefício entre os pobres, também a de acolher os peregrinos, ser protetor dos órfãos e viúvas... Agostinho realiza todas elas como um serviço aos pobres e à Igreja. Também tinha o bispo que exercer a função de juiz, tarefa que desagradava em extremo a Agostinho, mas que também exerceu com objetividade, justiça e caridade.