31 de jan de 2015

DIA DE SÃO João Bosco

Nasceu perto de Turim, na Itália, em 1815. Muito cedo conheceu o que significava a palavra sofrimento, pois perdeu o pai tendo apenas 2 anos. Sofreu incompreensões por causa de um irmão muito violento que teve. Dom Bosco quis ser sacerdote, mas sua mãe o alertava: “Se você quer ser padre para ser rico, eu não vou visitá-lo, porque nasci na pobreza e quero morrer nela”.
Logo, Dom Bosco foi crescendo diante do testemunho de sua mãe Margarida, uma mulher de oração e discernimento. Ele teve que sair muito cedo de casa, mas aquele seu desejo de ser padre o acompanhou. Com 26 anos de idade, ele recebeu a graça da ordenação sacerdotal. Um homem carismático, Dom Bosco sofreu. Desde cedo, ele foi visitado por sonhos proféticos que só vieram a se realizar ao longo dos anos. Um homem sensível, de caridade com os jovens, se fez tudo para todos. Dom Bosco foi ao encontro da necessidade e da realidade daqueles jovens que não tinham onde viver, necessitavam de uma nova evangelização, de acolhimento. Um sacerdote corajoso, mas muito incompreendido. Foi chamado de louco por muitos devido à sua ousadia e à sua docilidade ao Divino Espírito Santo.
Dom Bosco, criador dos oratórios; catequeses e orientações profissionais foram surgindo para os jovens. Enfim, Dom Bosco era um homem voltado para o céu e, por isso, enraizado com o sofrimento humano, especialmente, dos jovens. Grande devoto da Santíssima Virgem Auxiliadora, foi um homem de trabalho e oração. Exemplo para os jovens, foi pai e mestre, como encontramos citado na liturgia de hoje. São João Bosco foi modelo, mas também soube observar tantos outros exemplos. Fundou a Congregação dos Salesianos dedicada à proteção de São Francisco de Sales, que foi o santo da mansidão. Isso que Dom Bosco foi também para aqueles jovens e para muitos, inclusive aqueles que não o compreendiam.
Para a Canção Nova, para a Igreja e para todos nós, é um grande intercessor, porque viveu a intimidade com Nosso Senhor. Homem orante, de um trabalho santificado, em tudo viveu a inspiração de Deus. Deixou uma grande família, um grande exemplo de como viver na graça, fiel a Nosso Senhor Jesus Cristo.
Em 31 de janeiro de 1888, tendo se desgastado por amor a Deus e pela salvação das almas, ele partiu. Mas está conosco no seu testemunho e na sua intercessão.
São João Bosco, rogai por nós!

EVANGELHO DO DIA sábado, 31 de janeiro 2015

Evangelho (Mc 4,35-41)  — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos. — Glória a vós, Senhor. 35Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus discípulos: “Vamos para a outra margem!” 36Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo, assim como estava na barca. Havia ainda outras barcas com ele. 37Começou a soprar uma ventania muito forte e as ondas se lançavam dentro da barca, de modo que a barca já começava a se encher. 38Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram: “Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?” 39Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: “Silêncio! Cala-te!” O vento cessou e houve uma grande calmaria. 40Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?” 41Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros: “Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?”  — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

30 de jan de 2015

OS CONVIDADOS DESTE sábado no Tocando de Primeira 1.102

O nosso Tocando de Primeira deste sábado (31) com a edição de número 1.102 terá no primeiro tempo entrevista com o presidente da Amobasquete, Nelson Pedro Martins, o "Nelsinho". Em pauta a avaliação da temporada do ano passado e as expectativas para 2015 na Liga Ouro com a montagem do time na busca da NBB 2016. 
No estúdio da Rádio Colméia, às 12 horas, no segundo tempo, presenças das professoras Edilaine Maria de Castro (foto) e Raquel Cruz, a "Pipoca" do Espaço Sou Arte - referência de Campo Mourão para o cenário artístico do Paraná e do Brasil. Em debate as ações da Companhia, suas andanças e perspectivas para os próximos onze meses do ano. 
É neste sábado no nosso programa campeão. 

Só não ouve o Tocando de Primeira quem não tem rádio ou não tem vizinho, o nosso programa campeão. Um golaço no rádio brasileiro, com a graça de Deus e a alegria de sempre há mais de 20 anos no ar com mais de 1.101 apresentações.

ALCÂNTARA, do Sport, o maior goleador do futebol paranaense

Edson Alcântara, com a camisa grená 9 do Sport Club Campo Mourão na década de 80. O artilheiro "Alcântara", que após 22 anos retornou a Campo Mourão no ano passado na festa do livro do Raoni de Assis.  
Ele fez época e aqui no RB, com a camisa grená do Sport viveu uma de suas melhores fases como jogador profissional. Fez 30 gols em uma única temporada (1991) e se tornou o maior goleador do futebol brasileiro. 
Nasceu em Nova Esperança, jogou no Londrina, Palmeiras, Platinense, Sport e Paraná Clube.
Que saudades dos gols e que golaços de um atacante raro no futebol brasileiro, jogando pelo "Leão do Vale".
 

VAI COMEÇAR A FESTA dos Campeonatos Estaduais

Não importa se apenas por alguns meses ou se o seu time do interior tenha dificuldades para competir com os da Capital, ou ainda se o nível técnico não for como deveria. O que importa é que a torcida quer ver bola rolando e o seu time em campo nos campeonatos estaduais. E feliz é quem pode comemorar seu time na divisão de elite. Os mourãoenses têm saudades do Sport e da Adap, ah como têm. 
Neste final de semana a bola rola pelos estaduais e vai matar a "fome" dos torcedores. 
No Paraná, o Coritiba tem 37 títulos, é o "papa-títulos", seguido do Atlético com 22. Do interior, o Londrina tem 4, Grêmio Maringá 3, Cornélio Procópio, Cascavel, Paranavaí, Iraty e Monte Alegre tem 1. E viva o nosso futebol.
Ah, quando Campo Mourão estará na primeira divisão novamente? Seguramente, vai demorar para isso acontecer de novo. Saudades do Sport e da Adap.

O IRREVERENTE e conhecido Nelson de Souza

Hoje é dia de festa na humilde residência do conhecido e irreverente árbitro de futebol em Campo Mourão, Nelson de Souza. Festa pelo seu aniversário. Parabéns amigo Nelson, com muitas felicidades e bençãos. Viva! 
Ex-árbitro da FPFS, FPF e da CBF, com mais de 30 anos de arbitragem em campos da região de Campo Mourão, do Paraná e do Brasil, no futebol suíço, futsal e futebol de campo, tive o privilégio de homenagear esta folclórica figura aqui no BLOG na ENTREVISTA DE DOMINGO em 2009- veja link abaixo. 
Nascido em Apucarana, ele passou sua infância em Campo Mourão e em Pinhalão D’Oeste, hoje Farol. Oficialmente em Campo Mourão desde 
1961, Nelson fez quase tudo na vida, inclusive foi artista e chegou até realizar shows em Campo Mourão. 

"Na infância, brincava de comboy, bola de gude na antiga rodoviária e matinê nos cinemas Império e Mourão onde trocava gibis", conta o atual encanador, que iniciou sua vocação como árbitro por acaso. "Tudo começou quando assisti a uma reunião de árbitro na Liga de Campo Mourão e o presidente da liga Wille Bathke Júnior e o então diretor de Árbitros Abigail Gonçalves dos Santos, o"Tula". 
Nelson recebeu o troféu Tocando de Primeira duas vezes, uma delas foi com o título de melhor árbitro em 2000, na festa do Oscar do Tocando 2000.
Conheça um pouco da história de Nelson de Souza na ENTREVISTA DE DOMINGO. 

http://ilivaldoduarte.blogspot.com.br/2011/09/entrevista-de-domingo-nelson-de-souza.html

SEJA EXTENSÃO DO céu


A SALVAÇÃO E o justo


EVANGELHO DO DIA sexta-feira, 30 dejaneiro 2015

Evangelho (Mc 4,26-34)  — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. — Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 26Jesus disse à multidão: “O Reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra.27Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece. 28A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. 29Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou”. 30E Jesus continuou: “Com que mais poderemos comparar o Reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo? 31O Reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. 32Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra”. 33Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender. 34E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.  — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

29 de jan de 2015

CAMPO MOURÃO nos bons tempos da Copa Tibagi

A Copa Tibagi marcou época no salonismo paranaense em décadas anteriores. Ainda menino assistia pela televisão os bons do futebol de salão com times marcantes. Exemplos da Associação Tagliari e Coamo, só para citar dois mourãoenses, além de tradicionais como Transbussadori e Cacique, ambos  de Londrina, e Demafra, de Paranavaí. A propaganda da Demafra, tinha o slogan "Na Demafra nunca dá zebra!. Era um depósito de materiais em Paranavaí.

Fiquei feliz ao ver a imagem acima no Baú do Luizinho, que oportuniza reviver esta história gostosa e maravilhosa.

O nosso time era de craques com essa turma toda da foto. "Infelizmente, esse foi o único título que o futsal de Campo Mourão nunca conquistou. 'Batemos na trave' várias vezes, inclusive com esse timaço", comenta Luizinho Lima, titular do "Baú do Luizinho".

HISTÓRIAS DO ESPORTE Mourãoense: Nelsinho, Itamar e Idê


HOJE TEM NOVENA A SÃO MIGUEL ARCANJO em CM

Convite especial ao leitor do BLOG DO ILIVALDO: todo dia 29 de cada mês, exceto em fevereiro que será dia 28, o padre Ricardo Arica estará celebrando novena e missa em honra a São Miguel Arcanjo. E como hoje é dia 29, a comunidade de Campo Mourão e região está convidada para participar a partir das 19h30 da Oração do Terço e louvor e às 20h da Santa Missa que será presidida pelo pároco padre Ricardo Arica Ferreira.
A Novena acontecerá todos os meses até setembro, na Igreja São Francisco de Assis, na Vila Teixeira, perto do Country Clube e do Bosque Joaquim Teodoro de Oliveira em Campo Mourão.

EVANGELHO DO DIA quinta-feira, 29 de janeiro 2015

Evangelho (Mc 4,21-25) - — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. — Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, Jesus disse à multidão: 21“Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de um caixote, ou debaixo da cama? Ao contrário, não a põe num candeeiro? 22Assim, tudo o que está escondido deverá tornar-se manifesto, e tudo o que está em segredo deverá ser descoberto. 23Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça”. 24Jesus dizia ainda: “Prestai atenção no que ouvis: com a mesma medida com que medirdes, também vós sereis medidos; e vos será dado ainda mais. 25Ao que tem alguma coisa, será dado ainda mais; do que não tem, será tirado até mesmo o que ele tem”.  — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

28 de jan de 2015

DUAS IMAGENS em Campo Mourão


EURO MACIEL: Uniforme completo

O ano provavelmente seja 1983, quando muito, 1984. O meu sobrinho, Rodrigo Barros, que devia estar com 12 anos (um pouco mais, um pouco menos...) e já era um pequeno torcedor fanático do Sport Club Internacional.  No fim dos anos 70, o Inter,  estava na crista da onda, teve até um campeonato brasileiro (1979) que terminou invicto. E estas vitórias, somado ao fato das ligações do meu sobrinho com o Rio Grande do Sul (seu falecido pai era Gaúcho e outros seus parentes ainda por lá moram), inclusive morou em Santa Maria em certa época da infância – antes de vir para Curitiba, não teria como torcer por outro time que não fosse o Inter.
A minha esposa, à época apenas namorada, trabalhava na casa Tapi, em Campo Mourão, a loja de esportes da família Tagliari, que além de comercializar produtos esportivos, oferecia também a confecção de uniformes para todos os times e campeonatos na cidade e região. Foi aí que eu e ela, resolvemos presentear o Digo, com um uniforme “completo” do inter. Camisa (salvo grande falha da minha parte – tinha seu nome bordado), calção, meias e tênis, tudo combinando, uma versão para futsal, mas ainda assim, com as cores e escudos do colorado gaúcho.
Dava gosto ver o “pia” quando ele usava sua vestimenta e ia passear na casa dos avôs. O menino estufava o peito, dando a impressão que o símbolo bordado na camisa seria maior do que de fato fosse. Para ele, a impressão marcada em minha memória era que aquele uniforme não era de um time, mas de uma paixão, daquelas que são para todo o sempre.
Hoje, e é claro, ainda torcedor colorado, ainda carrega em seus olhos o mesmo brilho daquela época, em que tudo era bem mais simples e gostoso como passear na casa dos avôs.
A gente sempre quer fazer algo de bom para alguém, nem sempre consegue, mas quando tudo dá certo, é a gente que ganha mais ainda do que o presenteado.  Como foi bom ter podido um dia ter colocado um brilho há mais nos olhos daquele menino.
Euro Maciel, corneteiro de plantão, Mourãoense de nascença, Curitibano por necessidade e apaixonado por Colombo:  http://euromaciel.wordpress.com


FRASES DE SÃO TOMAS de Aquino


SANTO TOMÁS de Aquino: "Quem é Deus?"

Neste dia lembramos uma das maiores figuras da teologia católica: Santo Tomás de Aquino. Conta-se que, quando criança, com cinco anos, Tomás, ao ouvir os monges cantando louvores a Deus, cheio de admiração perguntou: “Quem é Deus?”.
A vida de santidade de Santo Tomás foi caracterizada pelo esforço em responder, inspiradamente para si, para os gentios e a todos sobre os Mistérios de Deus. Nasceu em 1225 numa nobre família, a qual lhe proporcionou ótima formação, porém, visando a honra e a riqueza do inteligente jovem, e não a Ordem Dominicana, que pobre e mendicante atraia o coração de Aquino.
Diante da oposição familiar, principalmente da mãe condessa, Tomás chegou a viajar às escondidas para Roma com dezenove anos, para um mosteiro dominicano. No entanto, ao ser enviado a Paris, foi preso pelos irmãos servidores do Império. Levado ao lar paterno, ficou, ordenado pela mãe, um tempo detido. Tudo isto com a finalidade de fazê-lo desistir da vocação, mas nada adiantou.
Livre e obediente à voz do Senhor, prosseguiu nos estudos sendo discípulo do mestre Alberto Magno. A vida de Santo Tomás de Aquino foi tomada por uma forte espiritualidade eucarística, na arte de pesquisar, elaborar, aprender e ensinar pela Filosofia e Teologia os Mistérios do Amor de Deus.
Pregador oficial, professor e consultor da Ordem, Santo Tomás escreveu, dentre tantas obras, a Suma Teológica e a Suma contra os gentios. Chamado “Doutor Angélico”, Tomás faleceu em 1274, deixando para a Igreja o testemunho e, praticamente, a síntese do pensamento católico.
Santo Tomás de Aquino, rogai por nós!

EVANGELHO DO DIA quarta-feira, 28 de janeiro 2015

Evangelho (Mc 4,1-20)  — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. — Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 1Jesus começou a ensinar de novo às margens do mar da Galileia. Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele, de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou, enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia. 2Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas. E, em seu ensinamento, dizia-lhes: 3“Escutai! O semeador saiu a semear. 4Enquanto semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho; vieram os pássaros e a comeram. 5Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; brotou logo, porque a terra não era profunda, 6mas, quando saiu o sol, ela foi queimada; e, como não tinha raiz, secou. 7Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram, a sufocaram, e ela não deu fruto. 8Outra parte caiu em terra boa e deu fruto, que foi crescendo e aumentando, chegando a render trinta, sessenta e até cem por um”. 9E Jesus dizia: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”. 10Quando ficou sozinho, os que estavam com ele, junto com os Doze, perguntaram sobre as parábolas. 11Jesus lhes disse: “A vós, foi dado o mistério do Reino de Deus; para os que estão fora, tudo acontece em parábolas, 12para que olhem mas não enxerguem, escutem mas não compreendam, para que não se convertam e não sejam perdoados”. 13E lhes disse: “Vós não compreendeis esta parábola? Então, como compreendereis todas as outras parábolas?14O semeador semeia a Palavra. 15Os que estão na beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada. 16Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria, 17mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem. 18Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra; 19mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto. 20Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um.”  — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

27 de jan de 2015

JOSÉ EUGÊNIO MACIEL: Todas reunidas (Final)

 “O cético não deixa dúvidas quando não acredita nele mesmo” JEM – Fases de Fazer Frases Como o título informa, é o final da publicação de todas as colocações referentes ao ano passado (2014), no espaço desta Coluna Fases de Fazer Frases. 
Antes, porém, por falta de espaço suficiente e de diagramação, uma delas não foi impressa e outra só foi a metade, na edição anterior. Assim, o início hoje é com aquelas duas e as demais que encerram toda a relação. 
 Ela ensaia tirar a saia, antes que eu saia. Insinua ficar nua. 
Não saio antes do ensaio. Que eu saia: dê-me mais que a saia. 
 Roceiro roça o rocio. Rocio que roça não é do roceiro. 
 A mesma cautela para segredos próprios ou alheios: guardá-los sem saber o que se guarda. 
 Furtivo é o tempo que acaba sem aviso, furtadas as horas. Se não quisermos respostas basta não perguntar? 
 Para quem não tem fome tanto faz um prato raso ou fundo. 
 Deve-se cuidar mais se uma palavra tem pouco significado ou se possui muitos significados? 
Vale tudo para pedir voto, até tomá-lo (?). 
 Cético não deixa dúvidas quando não acredita nele mesmo. 
A imitação perfeita é ser sósia de si mesmo. Quem não puder esconder defeitos próprios, trate-se de escancarar as virtudes próprias. 
 Ventos novos podem soprar velhos cheiros. 
 Estará só na cabine e só um voto pareça não pesar. 
A consciência do leitor irá acompanhá-lo? 
 A divisão de responsabilidades quando bem feita e executada une pessoas. 
Fases de Fazer Frases (I) Livro bom ou ruim depende se ele foi lido, ou não. 
 Fases de Fazer Frases (II) Na estante, livro bom ou ruim depende se está lá para ser lido; ou já foi lido por isso está lá. 
 Olhos, Vistos do Cotidiano (I) As férias escolares (sou professor concursado da rede pública estadual) me permitem assistir programas apenas nesta época. E quando é bom, vale registrar. É o caso do Tribuna do Povo, exibido todas as noites na TV Caiuá, comandado pelo jovem e dedicado apresentador Alessandro Gonçalves, com a participação do Sid Sauer e a sua (nossa também) Boca Santa. Estão todos de parabéns pelo conteúdo. Mandei um alô para eles e telespectadores, gentilmente registrado. 
 Olhos, Vistos do Cotidiano (II) No Boca Santa, com comentários no programa televisivo Tribuna do Povo, Sauer leu e comentou a manifestação de um leitor sobre a campanha crítica que é feita sobre a presença indevida de caminhões na área central da cidade, muitos deles irregularmente estacionados ou a trafegar pelas movimentadas vias mourãoenses. O leitor sugeriu que a Boca também publicasse carros em fila dupla, onde existem escolas, entre outras situações. Sauer informou não ter problemas em publicar colaboração dos internautas, “é só mandar”. Estamos prestes a atingir 60 mil veículos, o trânsito, por mais lento, em determinadas vias e horários, ainda assim não é tão moroso ante à falta de medidas de fiscalização e punição das infrações flagrantes e cotidianas que infelizmente constatamos, a Olhos Vistos, do Cotidiano. 
Olhos, Vistos do Cotidiano (III) Há tempos cito e comento o problema da fila dupla quando os pais levam ou buscam os filhos. Um péssimo exemplo! Se apanhados nessa situação, não faltarão os que culparão a escola que não ensina. A escola deve mesmo ensinar, embora a base educacional se origina no berço. 
 Olhos, Vistos do Cotidiano (III) Quando a provocação é inteligente é válida na concorrência publicitária. “Para nós, foi um golaço”, comemorou a Fiat no comercial ao anunciar que o Palio vendeu mais que o Gol (da Wolkswagem) no ano passado. Isso que a diferença foi apertada, apenas 385 carros vendidos a mais. 
O Gol liderou 27 anos! Reminiscências em Preto e Branco Faltam bênção ou faltam padrinhos e afilhados atualmente?
José Eugênio Maciel, colunista do jornal Tribuna do Interior.

LUZIA SANTIAGO: Nos caminhos do Senhor

O Pai, que é cheio de misericórdia, nos ama e nos acolhe, mesmo com as nossas quedas e fragilidades, por isso não desistamos jamais. Lutemos e nos levantemos sem perder a esperança em Jesus, que é o nosso Bom Pastor e não se cansa de nos chamar pelo nome e de nos conduzir para o Seu caminho.
Hoje tomemos a decisão de seguir a Jesus e de doar a nossa vida pelo Reino de Deus, fazendo escolhas definitivas e vivendo a santidade e o amor a Deus e ao nosso próximo.
Peçamos ao Espírito Santo que nos ensine a andar nos caminhos do Senhor e clamemos incessante e fervorosamente ao longo do dia: Vem, Espírito Santo!
Jesus, eu confio em Vós! Luzia Santiago (Canção Nova)

EVANGELHO DO DIA terça-feira, 27 de janeiro 2015

Evangelho (Mc 3,31-35) - — O Senhor esteja convosco.— Ele está no meio de nós.— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.— Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, 31chegaram a mãe de Jesus e seus irmãos. Eles ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo.32Havia uma multidão sentada ao redor dele. Então lhe disseram: “Tua mãe e teus irmãos estão lá fora à tua procura”.33Ele respondeu: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” 34E olhando para os que estavam sentados ao seu redor, disse: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.— Palavra da Salvação.— Glória a vós, Senhor.

26 de jan de 2015

QUE BELEZA de imagem sérgio Ranalli!

A imagem é do premiado fotógrafo londrinense Sérgio Ranalli, que flagrou três raios no domingo em Londrina. Um show de imagem mostrando a ação da natureza. Viva o talento que Deus concedeu!

NOVOS CONTRATADOS animados com o CM Basquete

Os novos contratados do Campo Mourão Basquete Luizinho, Romário, Schneider e o remanescente da temporada anterior Michel, estão entusiasmados e confiante na boa performance do time para este ano e a busca da vaga a NBB. Juntamente com o técnico Emerson Luis de Souza, eles participaram sábado do segundo tempo do nosso programa Tocando de Primeira na Rádio Colméia. "Vim para fazer um bom trabalho e levar Campo Mourão a NBB 2016", disse o armador Luisinho, ex-Rio Claro, um dos destaques da Liga Ouro em 2014.

EM TUDO QUE FIZER dai graças a Deus


EVANGELHO DO DIA segunda-feira, 26 de janeiro 2015

Evangelho (Mc 3,22-30) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós.— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 22os mestres da Lei, que tinham vindo de Jerusalém, diziam que ele estava possuído por Beelzebul, e que pelo príncipe dos demônios ele expulsava os demônios. 23Então Jesus os chamou e falou-lhes em parábolas: “Como é que Satanás pode expulsar a Satanás? 24Se um reino se divide contra si mesmo ele não poderá manter-se. 25Se uma família se divide contra si mesma, ela não poderá manter-se. 26Assim, se Satanás se levanta contra si mesmo e se divide, não poderá sobreviver, mas será destruído. 27Ninguém pode entrar na casa de um homem forte para roubar seus bens, sem antes o amarrar. Só depois poderá saquear sua casa. 28Em verdade vos digo: tudo será perdoado aos homens, tanto nos pecados, como qualquer blasfêmia que tiverem dito. 29Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo, nunca será perdoado, mas será culpado de um pecado eterno”. 30Jesus falou isso, porque diziam: “Ele está possuído por um espírito mau”. — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

25 de jan de 2015

IONE PAULO SARTOR, uma lenda no salonismo mourãoense

Quem tem menos de 40 anos certamente não viu jogar em quadras mourãoenses um dos maiores pivôs da história do futebol de salão. Ione Paulo Sartor, o aniversariante deste domingo 25 de janeiro 2015. Felicidades e muitas bençãos amigo Ione, repleto de graças e bençãos de Deus. 
De família católica, como nasceu no dia em que se comemora o Santo Paulo, com certeza tenha sido este o fato de ter "Paulo" em seu nome. 
Ao lado de Carlão e Luizinho, considero Ione entre os três melhores pivôs do nosso salonismo. Chute forte, decisivo, líder, bom caráter, ele está no time campeão mourãoense pela primeira vez no futsal dos Jogos Abertos do Paraná, em 1975, na cidade de Paranavaí.
Ione jogou pelos times do Banco do Brasil (AABB), Associação Tagliari e Seleção de Campo Mourão. É aposentado do Banco do Brasil e mora atualmente em Curitiba
Em 2000, no mês de dezembro, tive a oporunidade junto com muitos amigos de homenagear Ione e todos os campeões de 1975 no Teatro Municipal com o evento "Troféu Tocando de Primeira 2000  para os melhores do esporte mourãoense"
Já se vão 40 anos desta conquista: 40 anos em 2015 - penso que esta data não pode passar em branco, merece ser comemorada por todos. Afinal é a história do nosso esporte em jogo, para ser reavivada na memória e coração dos mourãoenses.
Viva o Ione. Neste singelo post Ione, publico algumas imagens suas em momentos diferentes -  Associação Tagliari, no Tocando de Primeira de 2013 e em 2000, gincana  na Arcam e assistindo tênis nos EUA.

DIA DE SÃO PAULO. Saiba como foi sua conversão

O apóstolo dos gentios e das nações nasceu em Tarso. Da tribo de Benjamim, era judeu de nação. Tarso era mais do que uma colônia de Roma, era um município. Logo, ele recebeu também o título de cidadão romano. O seu pai pertencia à seita dos fariseus. Foi neste ambiente, em meio a tantos títulos e adversidades, que ele foi crescendo e buscando a Palavra de Deus.
Combatente dos vícios, foi um homem fiel a Deus. Paulo de Tarso foi estudar na escola de Gamaliel, em Jerusalém, para aprofundar-se no conhecimento da lei, buscando colocá-la em prática. Nessa época, conheceu o Cristianismo, que era tido como um seita na época. Tornou-se, então, um grande inimigo dessa religião e dos seguidores desta. Tanto que a Palavra de Deus testemunha que, na morte de Santo Estevão, primeiro mártir da Igreja, ele fez questão de segurar as capas daqueles que o [Santo Estevão] apedrejam, como uma atitude de aprovação. Autorizado, buscava identificar cristãos, prendê-los, enfim, acabar com o Cristianismo. O intrigante é que ele pensava estar agradando a Deus. Ele fazia seu trabalho por zelo, mas de maneira violenta, sem discernimento. Era um fariseu que buscava a verdade, mas fechado à Verdade Encarnada. Mas Nosso Senhor veio para salvar todos.
Encontramos, no capítulo 9 dos Atos dos Apóstolos, o testemunho: “Enquanto isso, Saulo só respirava ameaças e morte contra os discípulos do Senhor. Apresentou-se ao príncipe dos sacerdotes e pediu-lhes cartas para as sinagogas de Damasco, com o fim de levar presos, a Jerusalém, todos os homens e mulheres que seguissem essa doutrina. Durante a viagem, estando já em Damasco, subitamente o cercou uma luz resplandecente vinda do céu. Caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: ‘Saulo, Saulo, por que me persegues?’. Saulo então diz: ‘Quem és, Senhor?’. Respondeu Ele: ‘Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro te é recalcitrar contra o aguilhão’. Trêmulo e atônito, disse Saulo: ‘Senhor, que queres que eu faça?’ respondeu-lhe o Senhor: ‘Levanta-te, entra na cidade, aí te será dito o que deves fazer'”.
O interessante é que o batismo de Saulo é apresentado por Ananias, um cristão comum, mas dócil ao Espírito Santo.
Hoje estamos comemorando o testemunho de conversão de São Paulo. Sua primeira pregação foi feita em Damasco. Muitos não acreditaram em sua mudança, mas ele perseverou e se abriu à vontade de Deus, por isso se tornou um grande apóstolo da Igreja, modelo de todos os cristãos.

São Paulo de Tarso, rogai por nós! (Fonte Canção Nova)