1 de nov de 2015

DESCANSE EM PAZ Ervin Bonkoski

O radialista, advogado e empresário da radiodifusão paranaense, o catarinense Ervin Bonkoski, nascido há 79 anos no dia 26 de novembro faleceu na tarde deste domingo em Curitiba.
Pai de Eloi Ricardo Bonkoski, diretor da Rádio Musical FM - na foto acima, os dois na Olimpíada de Pequim- , Ervin será velado na Assembléia Legislativa a partir das 23 horas de hoje e seu sepultamento será amanhã , Dia de Finados, às 17 horas no Cemitério da Água Verde, em Curitiba. Condolências à família.
Ervin Bonkoski foi um dos radialistas mais importantes na história do rádio paranaense. Foi proprietário de várias rádios, entre elas, a Colméia em Campo Mourão onde assumiu a partir de 2 de agosto de 1962 e a Rádio Curió AM, atual rádio Goioerê. E a Rádio Colombo, onde apresentou a tradicional “A Hora do Ângelus”, às 18 horas, durante quarenta anos. Inclusive, montou uma capela
de Nossa Senhora de Guadalupe em seus estúdios. Fez questão de promover durante anos, uma das maiores romarias de fieis na historia de Curitiba.
Tinha um  espírito católico e o rádio no seu tempo manifestava uma programação que não afrontava o senso comum e os ouvidos dos fiéis ouvintes da Rádio Colombo.
Ervin Bonkoski - na foto ao lado de Pedro da Veiga, Doraci Scorsato, Zé Mané e Toninho Reinnisz e Willy Bathke Júnior- foi eleito deputado estadual e federal, sendo deputado constituinte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário