4 de set de 2015

RÁDIO: CORONEL BASTIÃO, o "Coronel da música sertaneja"

O rádio mourãoense está de luto pelo falecimento do Coronel Bastião, Benedito Ferreira de Freitas. Um dos radialistas mais antigos de Campo Mourão, que se consagrou no rádio o programa "O Rancho do Coronel Bastião." 
Milhares de ouvintes se acostumaram o “Rancho do Coronel Bastião” que fez história no rádio de Campo Mourão. Benedito Ferreira de Freitas, conhecido como ‘Coronel Bastião’, o locutor sertanejo apresentou durante 48 anos o seu programa na Rádio Colméia AM. 
Em entrevista recente ao jornal Tribuna do Interior, Coronel Bastião contou que sua participação no rádio foi iniciada em dezembro de 1966, após a saída do radialista "Zé Mané" - in memorian. “O Zé Mané teve um desentendimento com o diretor da rádio na época e eu era balconista da Casa dos Retalhos. Também era propagandista da empresa e fazia leilões, animava as festas de casamento, entre outros serviços”, conta Coronel Bastião.
COMO COMEÇOU - A história registra que como a rádio Colméia ficou sem o locutor sertanejo, Coronel Bastião tomou a iniciativa e propôs fazer um programa com o patrocínio exclusivo da Casa dos Retalhos. O programa seria todos os dias em duas edições - manhã e tarde- e levaria o nome de "O Rancho do Bastião".  “Já no meio da primeira semana o programa era um sucesso em toda a região, pois só tinha a rádio Colméia naquele tempo. Pouco tempo depois acabei saindo definitivamente da Casa dos Retalhos e assumi os dois horários na rádio”, lembra.
O FESTIVAL QUE MUDOU O NOME  DO PROGRAMA - Em 1968, Coronel Bastião promoveu um festival de música sertaneja no estádio com 40 violeiros inscritos de Campo Mourão e da região. O evento foi um sucesso e marcou a vida das pessoas que foram assistir, conforme define o locutor. 
O TÍTULO DE CORONEL DA MÚSICA SERTANEJA - “Depois do evento os compositores foram até a rádio e me deram um titulo irrecusável. Eles usaram o microfone e anunciaram ao vivo, que a partir do dia seguinte o nome do programa não seria mais o Rancho do Bastião, mas sim o Rancho do Coronel Bastião, porque eles estavam me dando um titulo de Coronel da música sertaneja e que eu não iria poder recusar”, orgulha-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário