28 de jan de 2015

EURO MACIEL: Uniforme completo

O ano provavelmente seja 1983, quando muito, 1984. O meu sobrinho, Rodrigo Barros, que devia estar com 12 anos (um pouco mais, um pouco menos...) e já era um pequeno torcedor fanático do Sport Club Internacional.  No fim dos anos 70, o Inter,  estava na crista da onda, teve até um campeonato brasileiro (1979) que terminou invicto. E estas vitórias, somado ao fato das ligações do meu sobrinho com o Rio Grande do Sul (seu falecido pai era Gaúcho e outros seus parentes ainda por lá moram), inclusive morou em Santa Maria em certa época da infância – antes de vir para Curitiba, não teria como torcer por outro time que não fosse o Inter.
A minha esposa, à época apenas namorada, trabalhava na casa Tapi, em Campo Mourão, a loja de esportes da família Tagliari, que além de comercializar produtos esportivos, oferecia também a confecção de uniformes para todos os times e campeonatos na cidade e região. Foi aí que eu e ela, resolvemos presentear o Digo, com um uniforme “completo” do inter. Camisa (salvo grande falha da minha parte – tinha seu nome bordado), calção, meias e tênis, tudo combinando, uma versão para futsal, mas ainda assim, com as cores e escudos do colorado gaúcho.
Dava gosto ver o “pia” quando ele usava sua vestimenta e ia passear na casa dos avôs. O menino estufava o peito, dando a impressão que o símbolo bordado na camisa seria maior do que de fato fosse. Para ele, a impressão marcada em minha memória era que aquele uniforme não era de um time, mas de uma paixão, daquelas que são para todo o sempre.
Hoje, e é claro, ainda torcedor colorado, ainda carrega em seus olhos o mesmo brilho daquela época, em que tudo era bem mais simples e gostoso como passear na casa dos avôs.
A gente sempre quer fazer algo de bom para alguém, nem sempre consegue, mas quando tudo dá certo, é a gente que ganha mais ainda do que o presenteado.  Como foi bom ter podido um dia ter colocado um brilho há mais nos olhos daquele menino.
Euro Maciel, corneteiro de plantão, Mourãoense de nascença, Curitibano por necessidade e apaixonado por Colombo:  http://euromaciel.wordpress.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário