29 de mai de 2013

A DEVOÇÃO À SANTA PAULINA em Luiziana (PR)

A vida da família Tasca, em Luiziana, distante 32 km de Campo Mourão, no Centro-Oeste do Paraná, mudou bastante nos últimos nove anos e para melhor. A motivação que fez a alegria do filho Nilton Tasca foi a recuperação total da saúde da sua mãe Leonor, 70, de um câncer. Ela conta que tudo começou em 2004, quando sentia dores e descobriu que tinha um tumor em cima do pâncreas. “Foram muito exames e consultas feitas pelos médicos de Campo Mourão e eles queriam me operar. Meu filho levou-me para Curitiba, no Hospital Erasto Gaertner, com muitas viagens e exames. Só Deus sabe o sofrimento que eu passei”, recorda.
Dona Leonor lembra que a família estava juntando o dinheiro para ajudar a pagar as despesas da cirurgia e das viagens. “Ai o meu filho Nilton fez o pedido à Santa Madre Paulina intercendo pela minha cura. Graças a Deus e à Santa Paulina não sinto mais nada, estou curada, foi um milagre”, comemora.
Gruta – A devoção à Santa Paulina aumentou na vida da família Tasca, a partir do momento em que Nilton intercedeu pela saúde da mãe Leonor e prometeu construir na varanda de sua casa uma gruta em honra a primeira santa brasileira.  E assim, ele fez, para orgulho da família e emoção de todos os que por lá passam. Diariamente,  muitas pessoas da cidade e de outras, de outras regiões do Paraná visitam o espaço dedicado à Santa Paulina. Mas um momento forte e emocionante acontece sempre na última segunda-feira de cada mês quando é realizada uma celebração especial à Santa Paulina.
Na segunda-feira, 27 de maio, estive lá e pude comprovar a devoção do povo de Deus. Calculei a presença de umas  80 pessoas antes da celebração que não havia começado em função de que a família aguardava uma caravana de Campo Mourão. “Começamos a rezar em família, depois com o grupo de reflexão e depois foi vindo mais e mais pessoas. Primeiro coloquei umas 10 cadeiras, depois 20, 40, 50 e agora já coloquei 80. É muita emoção, tudo é maravilhoso”, conta o filho Nilton Tasca.
Os fiéis que visitam a gruta de Santa Paulina em Luiziana fazem suas orações e depositam seus pedidos por escrito que são enviados posteriormente pelo padre diretamente ao Santuário de Madre Paulina, em Nova Trento (SC).  “Eles tomam também da água que corre no entorno da gruta. Agradecemos muito a Deus e a Santa Paulina, a quem atribuímos a cura do câncer da minha mãe” informa Tasca.

A gruta de Santa Paulina em Luiziana, está localizada na  Rua João Costin, 48, antes da primeira lombada, à direita de quem vem chega a Luiziana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário