26 de jul de 2012

EDUCAÇÃO AMBIENTAL – Lançado em Campo Mourão concurso cultural do projeto Atlas Ambiental

"Em que Campo Mourão eu quero viver!" Este é o tema do concurso cultural lançado esta semana no encontro com dezenas de professores da rede pública municipal e estadual de Campo Mourão. O concurso faz parte da última etapa do projeto Atlas Ambiental Campo Mourão com patrocínio da Coamo Agroindustrial Cooperativa e Basf, iniciativa do Programa Mata Viva e da Fundação Espaço Eco e apoio do Município e Núcleo Regional de Ensino de Campo Mourão. O projeto Atlas Ambiental Campo Mourão está movimentando mais de 50 professores e mais de 5 mil alunos nas categorias de 5 e 6ª séries, e de 8ª e 9ª séries em dezessete escolas municipais e estaduais no Município de Campo Mourão. Concurso - Nos próximos dois meses os professores mourãoenses estarão trabalhando conteúdos com os alunos visando prepará-los para inscrição de trabalhos de desenho nas respectivas categorias do concurso. “As inscrições dos alunos serão feita nas próprias escolas até o próximo dia 28 de setembro. Após esta data, na primeira semana de outubro, cada escola fará a escolha do melhor trabalho em cada categoria mediante participação de uma comissão julgadora e os encaminhará para o Núcleo Regional de Ensino (NRE), que receberá todos os trabalhos das escolas municipais e estaduais”, explica Ilivaldo Duarte, assessor de imprensa e cooperativismo da Coamo e membro da coordenação do projeto Atlas Ambiental Campo Mourão.Segundo a organização do concurso, a escolha do melhor trabalho entre os alunos da 5ª e 6ª série e da 8ª e 9ª série acontecerá entre os dias 8 e 9 de outubro na sede do Núcleo Regional de Ensino (NRE) com o julgamento dos trabalhos por uma comissão formada por representantes da comunidade, da classe docente e dos patrocinadores. Premiação - A entrega da premiação aos vencedores – aluno, professor e escola - em cada categoria está programada para a segunda quinzena de outubro na administração central da Coamo por ocasião do último módulo de capacitação com os professores das disciplinas de história, geografia e ciências. “Temos certeza que bons trabalhos serão produzidos pelos nossos alunos, é um privilégio para nós de Campo Mourão recebermos este projeto da Coamo e da Basf que é um grande presente e uma importante ferramenta pedagógica de educação sócioambiental em benefícios dos nossos estudantes de 9 a 14 anos de idade”, ressalta o professor José Bardini Neto, chefe do Núcleo Regional de Ensino, com sede em Campo Mourão.
Qualidade - A professora de Geografia, Leila Sambati vem trabalhando com o Atlas Ambiental Campo Mourão em sala de aula desde o início do projeto e que antes do seu lançamento tinha dificuldades em encontrar material sobre o município de Campo Mourão que chamasse a atenção dos alunos. “Foi muito bom receber este material que é de grande qualidade, a partir de agora os alunos ficarão mais interessados e motivados em fazer belos desenhos concorrendo a prêmios e mostrar qual a cidade em que eles querem viver”, afirma a professora.
Conscientização - Para o presidente da Coamo, José Aroldo Gallassini, o projeto Atlas Ambiental Campo Mourão está oportunizando aos alunos e professores uma melhor conscientização e o desenvolvimento de ações em prol do meio ambiente sustentável. “Este projeto da Coamo e da Basf que vem recebendo grande apoio do Município e do Núcleo de Ensino, demonstra o compromisso da Coamo com a prática de uma agricultura sustentável, por isso, ficamos felizes por contribuir com a comunidade e obter melhores resultados.”

Nas imagens acima, o engenheiro agrônomo da Coamo Aquiles Dias, os coordendadores do projeto pela Coamo, Núcleo Regional de Ensino e Secretaria Municipal de Educação e o gerente regional da Basf, Jorge Fontana.

2 comentários:

  1. Fico honrado em participar deste Projeto!

    Prof. Agnaldo

    ResponderExcluir
  2. Vilson Paes da Silva28 de julho de 2012 14:55

    Estou muito contente em participar deste Projeto e sinto honrado desta conceituda COAMO que é orgulho para nós mouroenses.Parabens COAMO E BASF.


    Vilson Paes da Silva.Prof.de geografia e especialista em Planejamneto Geo-Ambiental.

    ResponderExcluir