15 de jun de 2012

COLUNA DE SILVÂNIA CARVALHO: Últimatum

Devolvam-me o que é meu!
Um coração puro, crente, dócil...
Quero de volta tudo.
A poesia que me roubaram,
A poesia dos meus dias de infância,
Adolescência convulsiva,Juventude audaz...
Às vezes não suporto tanta perspicácia
Equilíbrio – contenção
Quero de volta a palavra impulsiva,
Que salta da boca sem pedir licença.
Quero de volta a alegria explosiva,
A tristeza inquieta, não a melancolia mórbida.
Porque tudo foram me tirando.
Sem que eu percebesse,
Despiram-me da minha inocência
Da minha alma...
Mas agora quero de volta,
Quero ser EU! 
Silvania Maria Costa Carvalho, é professora na rede municipal de ensino. É membro da Associação Mourãoense dos Escritores - AME desde 1999, e membro da Academia Mourãoense de Letras, fundadora da cadeira nº 30.Tem poesias publicadas nas últimas coletâneas da AME - Caminhos "In" Versos III e IV. Publicou o livro de poemas "NO MESMO COPO" em 2007, prefaciado pelo escritor e poeta Amani Spachinski de Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário