14 de jun de 2012

COLUNA DE ESTER PIACENTINI: O que você faz melhor!


Cada estilo pessoal tem seus pontos fortes – estes são quando você usa suas características de forma adequada. Fracos – quando as usa de forma excessiva.. Dependendo de sua postura se sairá melhor desempenhando determinado tipo de tarefa. Em estudo recente pudemos deparar com um quadro que nos chamou atenção, sendo uma das razões pelas quais transcreveremos, para que você procure identificar melhor qual é o campo de trabalho mais favorável para sua atuação.
REFLEXIVO – Pontos Fortes – idealista, inovador, conceitual, original, visão global e estratégica. Pontos Fracos – auto-centrado, pouco prático, dogmático, fantasioso, desligado e arrogante. – Campo de trabalho favorável – desenvolvem idéias originais que geram mudanças no conceito global de como um trabalho deve ser feito; são capazes de focalizar o ponto central da tarefa ou as causas centrais de problemas no trabalho; assumem responsabilidades e riscos pessoais no cumprimento de funções de liderança.
RACIONAIS – Pontos fortes – objetivos, analítico, prudente, planejador, organizado, bom ouvinte e persistente. Pontos Fracos – frio no relacionamento, lento na tomada de decisões, pouco dinâmico, controlador, excessivamente sério e rígido. Campo de trabalho favorável – buscam resultados lógicos, planejam o trabalho e trabalham no planejamento, são sérios, profissionais e formais nas conversas, organizam recursos para projetos, calculam risco mínimo, estudam dados, ao questionar, são sistemáticos e profissionais.
PRAGMÁTICOS – Pontos Fortes – prático, objetivo, decidido, assertivo, realizador, executa bem suas tarefas e dedicado. Pontos Fracos – autoritário, arrogante, desorganizado, desconfiado e superficial. Campo de trabalho favorável – é responsável pelo trabalho completo, monitora o trabalho dos outros, demonstra e treina os outros para adquirir habilidades profissionais, controla custos de projetos, delega tarefas e faz acompanhamento.
Não perca tempo com seus pontos fracos, invista nos fortes, naquilo que pode fazer a diferença que você faz melhor, porque no mercado de trabalho você é um produto a ser adquirido.
Pense nisso!!!
Ester de Abreu Piacentini – Corretora de Seguros, Contadora, membro da Academia Mourãoense de letras – cadeira 29.

Nenhum comentário:

Postar um comentário