22 de abr de 2012

PONTE PRETA E GUARANI eliminam Corinthians e Palmeiras em jornada infelizes dos goleiros Júlio César e Deola


A grande maioria apostava que uma das semifinais do Campeonato Paulista deste ano seria entre um alvinegro (Corinthians) e um alviverde (Palmeiras). As cores permanecem na semifinal e os dois então favoritos foram eliminados por um alvinegro (Ponte Preta) e um alviverde (Guarani). O placar dos jogos do timão e do verdão foram de derrotas por 3 a 2 com os goleiros Júlio César e Deola - tomou um gol olímpico e falhou feio no terceiro gol do Guarani - foram destaques negativos  prejudicando e comprometendo seus times, agora eliminados da fase final do Paulistão.
Méritos para o bom futebol da Ponte Preta e do Guarani, times bem conduzidos pelos técnicos Gilson Kleina e Osvaldo Alvarez, o "Vadão".
Surpresa maior para a eliminação do time do Parque São Jorge que entre os melhores do Paulistão. A do Palmeiras não foi tanta em função da falta de criatividade de seus jogadores, das falhas reiteradas da sua defesa e das opções diminutas para ser um time ganhador. O técnico Felipão nas entrevistas disse que a decepção foi natural, mas não explicou como é que com atacantes altos na área seu time sequer alçou bolas na defesa bugrina.
O fato é que depois de muitas décadas, haverá um "dérbi campineiro" em uma das semifinais e a outra será sensacional entre São Paulo e Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário