31 de ago de 2011

DO BLOG DO GERSON: CM FUTSAL Sub-09 sedia 3ª fase do Paranaense neste final de semana


Campo Mourão vai sediar um dos 3 grupos, da terceira fase da Taça Paraná de Futsal Fraldinha (Sub 09) neste final de semana. Agora serão 12 equipes divididas em 3 grupos. As disputas acontecem nos dias 02, 03 e 04 de setembro. Em Campo Mourão, será disputado o Grupo Q, no Ginasio do Lar Paraná.
O Time da Escolinha Urupês, comandado pelo técnico Gordo (foto) e o atendente Carlinhos, conta com os seguintes atletas: Dunga, Gustavo Gaibrim, Gustavo Paranha, Gustavo Rodrigues, Guilherme, Belinha, Thiago, Allan, Marquinho e Gabriel Cremonese.
GRUPO - “O”
CLUBE CURITIBANO - CURITIBA
SPORT MANIA - FOZ DO IGUAÇU
CORITIBA/CANCUN/CTS - CURITIBA
A.A.B.B./CURITIBA - CURITIBA
GRUPO - “P”
ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA TISTU FUTSAL - CURITIBA
L.M.F.S./CASCAVEL COUNTRY CLUB/DIFERRAL - CASCAVEL
A.G.F.F./BASICO FUTSAL KIDS - GUARAPUAVA
CLUBE DOS TRINTA DE MARIALVA - MARIALVA
GRUPO - “Q”
ELIANE FUTSAL/GUARDIAN/BRAMBILLA/E.URUPÊS - CAMPO MOURÃO
BEMBEM FUTSAL - LONDRINA
C. E. R. AQUARIUS - TELEMACO BORBA
ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA COMERCIAL - CASCAVEL
1ª RODADA - DIA 02 DE SETEMBRO DE 2011 - SEXTA FEIRA
19H30 – ELIANE FUTSAL/GUARDIAN/BRAMBILLA/E.URUPÊS X COMERCIAL - Cvel e 20H15 – BEMBEM FUTSAL X C.E.R.AQUARIUS
2ª RODADA - DIA 03 DE SETEMBRO DE 2011 - SABADO
16H00 - PERDEDORES DE SEXTA FEIRA e 16H45 - VENCEDORES DE SEXTA
3ª RODADA - DIA 04 DE SETEMBRO DE 2011 - DOMINGO
09H30 - VENCEDOR DO 2.º JOGO DE SEXTA X PERDEDOR DO 1.º JOGO DE SEXTA
10H15 - VENCEDOR DO 1.º JOGO DE SEXTA X PERDEDOR DO 2.º JOGO DE SEXTA .

Do Blog do Gerson Maciel
http://www.campomourao.blogspot.com/

QUASE 300 ATLETAS na 2ª etapa do 3º Circuito Xadrez do Núcleo Regional de CM


O Colégio Vicentino Santa Cruz sediou no domingo (28) a 2ª Etapa do 3º Circuito de Xadrez Escolar do Núcleo Regional de Ensino/Campo Mourão. Participaram 35 estabelecimentos representados por 287 alunos, dos municípios de Campo Mourão, Peabiru, Roncador, Iretama, Barbosa Ferraz, Campina da Lagoa e Manoel Ribas. A próxima etapa será realizada no dia 18 de setembro, no Colégio Estadual Professor Darcy José Costa em Campo Mourão.
FEMININO - A – NASCIDOS A PARTIR DE 2001
1 Giovana Isabeli Belo (CM) - Esc. Mun. Bento Mossurunga
2 Kauane Barrankievicz (Roncador), Esc. Mun. Mont Lobato
3 Yasmim Leilane Rosa (Roncador), Esc. Mun. Monteiro Lobato
4 Karoliny Benedet (Roncador), Col. Est. General Carneiro
5 Milene Cristina Campos (Manoel Ribas), Esc. Est. Nereu Ramos
MASCULINO A – NASCIDOS A PARTIR DE 2001
1 Marco Aurelio Comunello (Manoel Ribas) Esc. Santa Maria Madalena
2 David Tofolo (Manoel Ribas) Esc. Mun. Renato Siloto
3 William Cezar Rosa (Roncador) Esc. Mun. Monteiro Lobato
4 Gustavo Bezerra Ribeiro (Roncador)Esc. Mun. João Paulo I
5 Lucas Gabriel Bueno (Roncador) Esc. Est. Ulysses Guimarães
FEMININO B – NASCIDOS EM 2000
1 Isadora Caroline de Assis (Roncador) Col. Est. General Carneiro
2 Bhrenda H. Assis (Roncador), Col. Est. General Carneiro
3 Gabrielli da Silva Alves (Barbosa Ferraz), Col. Est. Luzia Garcia Villar
4 Lais da Silva Souza (Manoel Ribas) Esc. Est. Nereu Ramos
5 Sabrina Huchema (CM) Col. Est. Darcy José Costa
MASCULINO B – NASCIDOS EM 2000
1 Joel da Silva Junior (Campina ada Lagoa), Col. Est. Campina da Lagoa
2 João Vitor da Silva (Peabiru) Col. Est. Olavo Bilac
3 Renan dos Santos Soiz (CM), Col. Est. Darcy José Costa
4 Cristian Inacio (Manoel Ribas), Esc. Santa Maria Madalena Post
5 Leonardo da Silva Emilian (Peabiru), Col. Est. Olavo Bilac
FEMININO C – NASCIDOS EM 1999
1 Tamires da Silva Ribeiro (Roncador), Col. Est. General Carneiro
2 Rayane Silva de Souza (Roncador), Col. Est. General Carneiro
3 Rita Caroline Silva (Barbosa Ferraz), Col. Est. Luzia Garcia Villar
4 Danielle R. Alberton (Manoel Ribas), Esc. Est. Nereu Ramos
5 Leticia Mariana Albino (Manoel Ribas), Esc. Est. Nereu Ramos
MASCULINO C – NASCIDOS EM 1999
1 Vinicius Luiz de Carli (Manoel Ribas), Esc. Est. Nereu Ramos
2 Nicolas de Oliveira Castro (Peabiru), Col. Est. 14 de Dezembro
3 Carlos Eduardo dos Passos (Roncador), Esc. Est. Ulysses Guimarães
4 Paulo Vitor Barivieira (Manoel Ribas), Esc. Est. Nereu Ramos
5 Alex da Silva (Roncador), Esc. Est. Ulysses Guimarães
FEMININO D – NASCIDOS EM 1997/1998
1 Jaleska Fernanda Pedroso (Campina da Lagoa), Col. Est. Alberto Santos Dumon
2 Miriam de Cassia Vedovoto (Barbosa Ferraz), Col. Est. Luzia Garcia Villar
3 Andressa Vitória Tonete (Peabiru), Col. Est. Olavo Bilac
4 Maria Helena Oliveira (CM), Col. Vic. Santa Cruz
5 Camila Luiza Balabuch (CM), Col. Est. Marechal Rondon
MASCULINO D – NASCIDOS EM 1997/1998
1 Felipe Augusto Araujo (Campina da Lagoa), Col. Est. Campina da Lagoa
2 Ezequias Alves Pereira (Iretama), Col. Est. Anibal Khury
3 Matheus Lima de Morais (CM), Col. Est. Marechal Rondon
4 Daniel Fedel Cabral (Manoel Ribas), Esc. Est. Nereu Ramos
5 Jean Pinto Poposki (CM), Col. Est. Unidade Polo
FEMININO E – NASCIDOS EM 1994/1995/1996
1 Keila Suemi Kawakami (CM), Col. Vic. Santa Cruz
2 Natalia Schimitz Ribeiro (Manoel Ribas), Col. Est. Reni Correia Gamper
3 Janine Michele da Silva (CM), Col. Est. Marechal Rondon
4 Daiane Chitko (Roncador), Col. Est. General Carneiro
5 Erica Cristina Marconi (Barbosa Ferraz), Col. Est. Machado de Assis
MASCULINO E – NASCIDOS EM 1994/1995/1996
1 Matheus Henrique Teixeira (Campina da Lagoa), Col. Est. Alberto Santos Dumon
2 Cristiano Alves Pereira (Iretama), Col. Est. Anibal Khury
3 Dante Henrique Inkot (Campina da Lagoa), Col. Est. Alberto Santos Dumon
4 Eric Kaneda (CM), Col. Vic. Santa Cruz
5 Marcelo William da Rocha (Roncador)
LIVRE – NASCIDOS ATÉ 1993
1 Guilherme Paulino Branco (CM), Col. Est. Marechal Rondon
2 Jobert de Almeida (Manoel Ribas), Esc. Est. Nereu Ramos
3 Cintia Rocha Leão (CM), Col. Est. Marechal Rondon
4 Lucas Penteado (Roncador), Col. Est. General Carneiro
5 Edson Akio Ogata (Peabiru) Col. Est. Olavo Bilac
Para ter acesso ao regulamento e resultados (completo) no site www.xadreznrecm.blogspot.com

CIÊNCIA: Estressado? Melhor não parar dizem cientistas


Exatamente o que ele faz durante essa pausa vai determinar o quanto ela ajuda, de acordo com um crescente corpo de pesquisas. Uma caminhada no parque pode fazer maravilhas, por exemplo, enquanto beber um café atrás do outro pode deixar o estudante tão estressado e exausto quanto antes da pausa. E, às vezes, obrigar-se a simplesmente ficar aceso em meio à fadiga mental pode ser mais eficiente do que uma pausa.
Como um músculo, nosso cérebro parece ficar fatigado depois de trabalhar por períodos seguidos de tempo, particularmente se tivermos de nos concentrar intensamente ou lidar com uma tarefa repetitiva, diz Michael Posner, um professor emérito da Universidade do Oregon que estuda a atenção.
Os pesquisadores estão se concentrando em algumas das circunstâncias que produzem uma recuperação mental ótima.
Absorver as imagens e sons da natureza parece ser especialmente benéfico para nossas mentes, dizem pesquisadores.
Marc Berman, um pesquisador de pós-doutorado do Instituto de Pesquisa Rotman de Toronto, e seus colegas estão estudando se a interação com a natureza pode ser terapêutica para pessoas com desordens como depressão e ansiedade.
Esse trabalho segue uma pesquisa de Berman e seus parceiros na Universidade de Michigan que mostra que o desempenho em testes de memória e atenção melhora em 20% depois que as pessoas pesquisadas no estudo pausam para uma caminhada num arvoredo. Quando essas pessoas foram liberadas para caminhar numa rua movimentada da cidade, não se detectou nenhuma melhora cognitiva.
Num estudo de continuação, os pesquisadores fizeram participantes tirar uma folga de dez minutos num quarto silencioso com imagens de uma cena da natureza ou de uma rua urbana. Novamente, descobriram que o desempenho cognitivo melhorou depois do intervalo com a natureza, ainda que tenha sido somente no papel. Embora a melhora não tenha sido tão boa como a que os participantes tiveram quando de fato caminharam entre as árvores, ela foi mais efetiva do que a da caminhada urbana, diz Berman.
O resultado não se deveu aos participantes estarem com um humor melhor depois das cenas da natureza, de acordo com a pesquisa, que foi publicada na revista acadêmica Psychological Science em 2008. Aliás, algumas pessoas tiveram de caminhar num arvoredo durante o rigoroso inverno de Michigan.
Em vez disso, dizem os cientistas, as imagens da natureza engajam nossa assim chamada atenção involuntária, que entra em ação quando nossas mentes são distraidamente atraídas por algo interessante que não requer um foco intenso, como uma imagem ou detalhe de um cenário agradável. Ainda podemos pensar e conversar enquanto notamos esse elemento.
Já quando precisam se concentrar em trabalho ou ameaças potenciais, como o tráfego de automóveis num cruzamento, as pessoas contam com a atenção dirigida. É esse tipo de atenção que pode esmorecer quando usada por períodos longos.
Usar a atenção involuntária pode permitir que a atenção dirigida ganhe tempo para se recuperar, sugere a pesquisa, enquanto o foco exigido por uma rua movimentada não dá ao cérebro muita chance de descansar sua capacidade de atenção dirigida.
O momento de tirar uma folga também conta. As pessoas não ganham o benefício cognitivo quando se sentem sob uma pressão do tempo. Nessas horas, pode ser melhor simplesmente continuar trabalhando, dizem os psicólogos.
SHIRLEY S. WANG escreve no The Wall Street Journal

EVANGELHO DO DIA 31 de Agosto de 2011


Evangelho (Lucas 4,38-44)
Quarta-Feira, 31 de Agosto de 2011
22ª Semana Comum
Naquele tempo, 38Jesus saiu da sinagoga e entrou na casa de Simão
. A sogra de Simão estava sofrendo com febre alta, e pediram a Jesus em favor dela. 39Inclinando-se sobre ela, Jesus ameaçou a febre, e a febre a deixou. Imediatamente, ela se levantou e começou a servi-los. 40Ao pôr-do-sol, todos os que tinham doentes atingidos por diversos males, os levaram a Jesus. Jesus punha as mãos em cada um deles e os curava.
41De muitas pessoas também saíam demônios, gritando: “Tu és o Filho de Deus”. Jesus os ameaçava, e não os deixava falar, porque sabiam que ele era o Messias. 42Ao raiar do dia, Jesus saiu e foi para um lugar deserto. As multidões o procuravam e, indo até ele, tentavam impedi-lo de as deixar. 43Mas Jesus disse:
“Eu devo anunciar a Boa nova do Reino de Deus também a outras cidades, porque para isso é que eu fui enviado”. 44E pregava nas sinagogas da Judeia.
- Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor.

30 de ago de 2011

OS BONS AMISTOSOS no basquete entre Campo Mourão e Toledo no sub-13 e sub 18 no ginasinho JK


As categorias sub-13 e sub-18 do basquete mourãoense tiveram dois amistosos interessantes no domingo no ginasinho JK diante da equipe Abatol de Toledo. Foram duas partidas amistosas e movimentadas que agradaram a comissão técnica do selecionado de Campo Mourão.
No sub-13 (foto), os jovens talentos com idade até 13 anos, entraram com muita vontade em conseguir a vitória. As equipes irão se enfrentar pelo Campeonato Paranaense no próximo mês, de 21 a 25 de Setembro, no município de Palmas, no Sul do Paraná. O resultado final terminou em 44 a 44, levando para a partida para prorrogação, que terminou com vitória de Toledo por 48 a 46.
Na partida da equipe que disputará os jogos da Juventude, com atletas até 18 anos, a Fecam/Campo Mourão conquistou a vitória com uma diferença considerável, de 79 a 43, impondo uma defesa agressiva do início ao fim e neutralizando as melhores opções da equipe de Toledo.

DO BLOG DO BIBIANO: Que fase!


Parece não querer passar a má fase do Campo Mourão/Fecam nesta temporada. Impressionante como a equipe oscila não apenas na competição, mas principalmente durante as partidas. Viramos um time de um tempo só. Geralmente fazemos uma primeira parte do jogo quase perfeita, mas quando vem a segunda é um Deus nos acuda. O time cai demais de rendimento, desfoca do jogo completamente e acaba sendo derrotado de forma até melancólica. Que fase! Agora, de quem é a culpa? Essa é uma pergunta que todos devem estar fazendo.
Na minha opinião, de todos, inclusive do torcedor. Não adianta ficar transferindo responsabilidades para este ou para aquele. Não adianta se esconder atrás de desculpas esfarrapadas. Todos temos culpa sim. Desde os jogadores, até comissão técnica, diretoria, e digo o trocedor porque tem abandonado o time justamente na hora que mais precisamos. Torcer para time acima da média, que faz resultados fáceis é moleza. Quero ver se manter firme e fiel em momentos de crise, como a que vivemos e que todas as equipes viveram ou viverão um dia.
Enfim, o fato é que necessitamos de urgentes mudanças ou vamos amargar um inédito rebaixamento para a Chave Prata. A hora é agora, precisamos dar a volta por cima. Sábado temos outra 'pedreira' em Foz do Iguaçu e não dá para fugir da raia. Classificação já é utopia, mas a honra tem de ser matida. Avante Campo Mourão, é hora de mais do nunca darmos as mãos e seguir em frente.
futsaltatico.blogspot.com

COLUNA DO PROFº JOSÉ EUGÊNIO MACIEL: A dívida de 14 milhões



“Mulheres e homens somos os únicos seres que, social e historicamente, nos tornamos capazes de 'aprender' uma aventura criadora, algo por isso mesmo, muito mais rico do que meramente
repetir a 'lição dada'. Aprender para nós é 'construir', reconstruir, 'constatar' para mudar', o que não se faz sem abertura ao risco e à aventura do espírito”
Paulo Freire
Deveria causar pânico. O desespero bem poderia levar o país inteiro a se unir e dar um basta! Somos todos inadimplentes de uma maneira ou de outra. Era para nos entristecer, envergonhar, causar a mais elevada indignação. Todo o Brasil precisaria urgente e impostergavelmente colocar o tema no centro de um debate nacional, patriótico, principal, capaz de mobilizar a todos por intermédio de compromissos e responsabilidades mútuas visando eliminar tamanha catástrofe ante a qual é inconcebível a indiferença, o pouco caso de ações meramente burocráticas na verdade sucumbidas pela criminosa omissão e incompetência.
Segundo os dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, coletados do Censo do ano passado, o País tem 14 milhões de analfabetos. Por si só uma verdadeira tragédia ao longo da História atual, antiga e recente brasileira. O analfabetismo é um cancro evidente, individual e coletivo plasmados e que limitam ou não permitem a existência da dignidade das pessoas que não sabem ler, escrever, interpretar ou produzir um texto. O analfabetismo simboliza perversamente o Brasil é ainda subdesenvolvido, notoriamente injusto na distribuição de renda e da ausência crônica de oportunidades iguais e para todos.
Os 14 milhões de analfabetos representam 9.6% do total da população de 190 milhões, 732 mil habitantes. Comparando com o Censo de 2000 ocorreu uma pequena queda de quatro pontos, antes era 13%.
A alfabetização deveria sempre contemplar uma política de Estado, e não de uma ou outra gestão governamental. Lamentavelmente as últimas gestões pouco fizeram efetivamente para combater o analfabetismo, exige um processo educacional que transcende o “ensinar” algumas palavras mecanicamente decoradas.
Seremos sempre um país de terceiro Mundo enquanto o analfabetismo estiver presente e for encarado como fatalidade, embora os próprios governos priorizem dar um jeito para viabilizar majestosos estádios para a Copa do Mundo de 2014, para ficarmos somente em exemplo atual, acrescido ainda do dito fabuloso aumento ou o acesso a produtos outrora impensáveis como iogurte, computador, internet.
Certa ocasião, ao falar como convidado palestrante de um encontro sobre educação e após tratar sobre o tema, aberto o debate um dos participantes manifestou o posicionamento dele, contrário ao voto do analfabeto e que os candidatos a qualquer cargo deveriam possuir no mínimo o ensino médio, e arrematou, “até para lixeiro é exigido pelo menos o primário completo”. Ele foi muito aplaudido e rapidamente também se criou muita expectativa com a sensação nos presentes que eu não teria argumento para responder.
Devolvida a palavra para mim, passei a dizer que ele não estava errado, porém era preciso outros elementos de análise “espero que um dia, e mais do que esperar, lutar, que o texto da nossa Constituição que garante o direito do analfabeto de voltar, tal lei caia em desuso. Que não mais existam eleitores analfabetos”. Concluí, “a vergonha maior não é o analfabeto votar, é os eleitos que prometem lutar pela educação nada ou pouco fazerem por ela e pela erradicação do analfabetismo. Existem doutores e muitos com variados diplomas que barganham o voto ou não se interessam por política. A referida lei nos envergonha e afirmar que ela é indigna é pouco. Mas essa mesma lei serve para apontar advertência a nos condenar todos como culpados por ainda termos analfabetos que, se não sabem votar, são vitimas das escolhas de todos ”.
Fui também aplaudido. O público deu razão para quem me fez a pergunta e a mim pela resposta que dei. O problema é que muitos de nós voltamos para as nossas casas e nada mais. Ficaram as palavras ditas para aqueles que não sabem das palavras escritas, fora do mundo das letras, presos ao mundo dos iletrados.
Fases de Fazer Frases
O acento faz muito diferença, além do significado e sentido. Exemplo: Irã; irá e ira.
Irã é um país do Médio Oriente, de maioria islâmica. A palavra irá, do verbo ir. E a palavra ira é sinônimo de cólera; desejo de vingança.
No Irã irá causar ira quem desconhecer as leis rígidas iranianas.
Olhos, Vistos do Cotidiano (I)
Conforme o IBGE, o Paraná tem 6,3% de analfabetos, a sexta melhor posição no Brasil. Se nacionalmente se pode considerar uma boa posição, na região Sul o nosso Estado é o último, o Rio Grande do Sul (4.5%) aparece em segundo e Santa Catarina lidera (4.1%). Os catarinenses estão na segunda melhor posição entre os demais estados brasileiros, e o Distrito Federal é o que menos tem analfabetos (3.5%).
Olhos, Vistos do Cotidiano (II)
O Nordeste apareceu com os maiores índices de analfabetos: Alagoas (24.3%), Piauí (22.9%), Paraíba (21.9), Maranhão (20.9%), Ceará (18.8%), Rio Grande do Norte (18.6%), Sergipe (18.4) e Pernambuco (18%)
Olhos, Vistos do Cotidiano (III)
Os 9.6% do Brasil são altos, mas não por si só. Ao comparar com os países vizinhos, a vergonha deveria ser abismal. A Argentina tem 2.3%, o Uruguai 1.7% e o Chile 1.4%.
Reminiscências em Preto e Branco
Sobre as taxas de analfabetismo não será surpresa se houver indiferença. Porém, quando o Brasil foi recentemente eliminado da Copa América jogando na Argentina contra o Paraguai na cobrança de pênaltis sem acertar um ao menos, a tristeza e a repercussão foram enormes, foi o assunto daquele momento.
Na educação o Brasil sequer irá bater pênaltis nos próximos anos, décadas, por não se classificar sequer. O placar irá mostrar a ignorância ou o pouco conhecimento. Quem irá ler ou se importar?

EVANGELHO DO DIA 30 de Agosto de 2011


Evangelho (Lucas 4,31-37)
Terça-Feira, 30 de Agosto de 2011
22ª Semana Comum
Naquele tempo, 31Jesus desceu a Cafarnaum, cidade da Galileia
, e aí ensinava-os aos sábados
. 32As pessoas ficavam admiradas com o seu ensinamento, porque Jesus falava com autoridade. 33Na sinagoga, havia um homem possuído pelo espírito de um demônio impuro, que gritou em alta voz: 34“Que queres de nós, Jesus Nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és: tu és o Santo de Deus!” 35Jesus o ameaçou, dizendo: “Cala-te, e sai dele!” Então o demônio lançou o homem no chão, saiu dele, e não lhe fez mal nenhum. 36O espanto se apossou de todos e eles comentavam entre si: “Que palavra é essa? Ele manda nos espíritos impuros, com autoridade e poder, e eles saem”. 37E a fama de Jesus se espalhava em todos os lugares da redondeza.
- Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor.

29 de ago de 2011

PAPA BENTO XVI diz que "Seguir o Senhor é aceitar com amor a cruz"


O papa meditou no discurso que antecede a oração mariana do Ângelus, ontem, 28, sobre o trecho de Evangelho de São Mateus, no qual Jesus explica aos discípulos que deverá padecer em Jerusalém, morrer e ressuscitar ao terceiro dia. (Mt 16,21)
Diante daquilo que foi dito por Jesus, os discipulos o contestam dizendo que não é possivel que o Filho de Deus padeça sobre a cruz.
"Parece evidente a divergência entre o desígnio de amor do pai, que chega ao ponto de doar seu Filho Unigênito à cruz para salvar a humanidade, e as expectativas, os projetos e os desejos dos discípulos", disse o Papa.
Trazendo o Evangelho para os dias atuais, o Santo Padre afirmou que este constraste, que se funda na falta de aceitação do desígnio de Deus, também se repete hoje.
"Quando a realização da própria vida se orienta somente ao sucesso social, ao bem estar físico e econômico, não se raciocina mais segundo Deus", afirmou o Pontífice.
Bento XVI explicou ainda sobre este renunciar a si mesmo, que é a condição necessária para o seguimento de Jesus. De acordo com ele, o cristão segue verdadeiramente o Senhor, quando aceita com amor a própria cruz.
Ao final da colocação, o Papa pediu a intecessão da Virgem Maria e de Santo Agostinho, do qual se faz memória hoje, para que cada cristão saiba seguir o Senhor no caminho da cruz.
"Que cada um de nós saiba seguir o Senhor no caminho da cruz e se deixe transformar pela graça divina, renovando o modo de pensar para poder discernir a vontade de Deus, aquilo que é bom, agradável e perfeito, ressaltou Bento XVI.
Site Vaticano e Canção Nova

COLUNA DA PROFª MARIA JOANA: “Caí no mundo e não sei como voltar"


Com este texto do escritor uruguaio Eduardo Galeano, entendi muito as minhas angústias. Como ele também não consigo andar pelo mundo pegando coisas e trocando-as pelo modelo seguinte só por que alguém adicionou uma nova função ou a diminuiu um pouco… “À nossa geração sempre foi difícil jogar fora. Nem os defeituosos conseguíamos descartar! E, assim, andamos pelas ruas, guardando o muco no lenço de tecido, de bolso. Também não consigo trocar os instrumentos musicais uma vez por ano, o celular a cada três meses ou o monitor do computador por todas as novidades. Guardo os copos descartáveis! Lavo as luvas de látex que eram para usar uma só vez. Venho de um tempo em que as coisas eram compradas para toda a vida! Se compravam para a vida dos que vinham depois! A gente herdava relógios de parede, jogos de copas, vasilhas e até bacias de louça. E acontece que em nosso matrimônio, tivemos mais cozinhas do que as que havia em todo o bairro em minha infância, e trocamos de refrigerador várias vezes. Tudo se lasca, se gasta, se oxida, se quebra ou se consome em pouco tempo para que possamos trocar. Nada se arruma. O obsoleto é de fábrica “Tudo se joga fora, tudo se descarta e, entretanto, produzimos mais e mais e mais lixo. Se produziu mais lixo nos últimos 40 anos que em toda a história da humanidade”.
Quem tem menos de 30 anos não vai acreditar: como ele, quando eu era pequeno, pela minha casa não passava o caminhão que recolhe o lixo! Todos os descartáveis eram orgânicos e iam parar no galinheiro. Não existia o plástico, nem o nylon. A borracha só víamos nas rodas dos autos e, as que não estavam rodando, as queimávamos na Festa de São João, viravam balança para as crianças... Os poucos descartáveis que não eram comidos pelos animais, serviam de adubo ou se queimava. Desse tempo venho eu. E não que tenha sido melhor... É que não é fácil para uma pobre pessoa, que educaram com "guarde e guarde que alguma vez pode servir para alguma coisa", mudar para o "compre e jogue fora que já vem um novo modelo".
Troca-se de carro a cada três anos, no máximo, por que, caso contrário, és um pobretão. Ainda que o carro que tenhas esteja em bom estado... E precisamos viver endividados, eternamente, para pagar o novo!!! Mas... por amor de Deus!
“Minha cabeça não resiste tanto. Agora, meus parentes e os filhos de meus amigos não só trocam de celular uma vez por semana, como, além disto, trocam o número, o endereço eletrônico e, até, o endereço real. Como querem que entenda a essa gente que se descarta de seu celular a poucos meses de o comprar? Será que quando as coisas são conseguidas tão facilmente, não se valorizam e se tornam descartáveis com a mesma facilidade com que foram conseguidas? E a mim que me prepararam para viver com o mesmo número, o mesmo marido e o mesmo nome. Me educaram para guardar tudo. Tuuuudo! O que servia e o que não servia. Por que, algum dia, as coisas poderiam voltar a servir. Acreditávamos em tudo. Sim, já sei, tivemos um grande problema: nunca nos explicaram que coisas poderiam servir e que coisas não. E no afã de guardar (por que éramos de acreditar), guardávamos até o umbigo de nosso primeiro filho, o dente do segundo, os cadernos do jardim de infância...” “Eu sei o que nos acontecia: nos custava muito declarar a morte de nossos objetos.”
“Morro por dizer que hoje não só os eletrodomésticos são descartáveis; também o matrimônio e até a amizade são descartáveis. Mas não cometerei a imprudência de comparar objetos com pessoas. Me mordo para não falar da identidade que se vai perdendo, da memória coletiva que se vai descartando, do passado efêmero. Não vou fazer. Não vou misturar os temas, não vou dizer que ao eterno tornaram caduco e ao caduco fizeram eterno. Não vou dizer que aos velhos se declara a morte apenas começam a falhar em suas funções, que aos cônjuges se trocam por modelos mais novos, que as pessoas a que lhes falta alguma função se discrimina o que se valoriza aos mais bonitos, com brilhos, com brilhantina no cabelo e glamour”.
“Nããão! Eu não digo que isto era melhor. O que digo é que, em algum momento, me distraí, caí do mundo e, agora, não sei por onde se volta”.
Maria Joana Titton Calderari – membro da Academia Mourãoense de Letras, graduada Letras UFPR, especialização Filosofia-FECILCAM e Ensino Religioso-PUC-majocalderari@yahoo.com.br

EVANGELHO DO DIA 29 de Agosto de 2011


Evangelho (Marcos 6,17-29)
Segunda-Feira, 29 de Agosto de 2011
Martírio de São João Batista
Naquele tempo, 17Herodes tinha mandado prender João, e colocá-lo acorrentado na prisão. Fez isso por causa de Herodíades, mulher de seu irmão Filipe, com quem se tinha casado. 18João dizia a Herodes: “Não te é permitido ficar com a mulher do teu irmão”. 19Por isso Herodíades o odiava e queria matá-lo, mas não podia. 20Com efeito, Herodes tinha medo de João, pois sabia que ele era justo e santo, e por isso o protegia. Gostava de ouvi-lo, embora ficasse embaraçado quando o escutava.
21Finalmente, chegou o dia oportuno. Era o aniversário de Herodes, e ele fez um grande banquete para os grandes da corte, os oficiais e os cidadãos importantes da Galileia . 22A filha de Herodíades entrou e dançou, agradando a Herodes e seus convidados. Então o rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu to darei”. 23E lhe jurou dizendo: “Eu te darei qualquer coisa que me pedires, ainda que seja a metade do meu reino”.
24Ela saiu e perguntou à mãe: “O que vou pedir?” A mãe respondeu: “A cabeça de João Batista”. 25E, voltando depressa para junto do rei, pediu: “Quero que me dês agora, num prato, a cabeça de João Batista”. 26O rei ficou muito triste, mas não pôde recusar. Ele tinha feito o juramento diante dos convidados. 27Imediatamente, o rei mandou que um soldado fosse buscar a cabeça de João.
O soldado saiu, degolou-o na prisão, 28trouxe a cabeça num prato e a deu à moça. Ela a entregou à sua mãe. 29Ao saberem disso, os discípulos de João foram lá, levaram o cadáver e o sepultaram.
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.


28 de ago de 2011

PLANTÃO DO BLOG 3: Atacante Fernandão estreia e faz gol da vitória do Palmeiras no clássico em Prudente


Uma vitória no aumentativo, com a assinatura de um jogador até então desconhecido. O triunfo do Palmeiras por 2 a 1, de virada, sobre o Corinthians teve o estreante Fernandão como protagonista. Foi dele o gol da vitória alviverde, depois de Emerson abrir o marcador para o Corinthians e Luan empatar ainda antes do intervalo em Presidente Prudente. De qualquer maneira, o Timão terminou o primeiro turno do Brasileiro na liderança, com 37 pontos. O Verdão, com o triunfo, foi a 32, mas segue na sexta colocação, beirando o G-4.
Diante de 36.299 pagantes, com uma renda de R$ 962.666,00, o Palmeiras manteve seu bom retrospecto na cidade do interior paulista. Em sete jogos contra o Corinthians na quente Presidente Prudente, o Alviverde venceu quatro e empatou três. O Timão, então, segue sem vencer o rival no local.
No duelo deste domingo, em que Felipão, suspenso pelo STJD, ficou fora do banco de reservas, a pressão caiu sobre Tite, constantemente questionado. E Kleber, que durante a semana teve sua ficha de inscrição na Gaviões da Fiel, principal torcida organizada corintiana, divulgada na internet. Ele, aliás, jogou com uma camisa da Mancha Alviverde, uniformizada palmeirense, que mostraria numa eventual comemoração de gol, que não ocorreu.
Globo Esporte.com

PLANTÃO DO BLOG 2: Mancheste aplica goleada histórica sobre o Arsenal: 8 a 2 no Old Trafford


Definitivamente não haverá espaço nos jornais esportivos ingleses na segunda-feira. Depois de o Manchester City surpreender e atropelar o Tottenham, no White Hart Lane, por 5 a 1, foi a vez de o rival United humilhar outro grande londrino, o Arsenal, em clássico disputado no Old Trafford, neste domingo, pela terceira rodada do Campeonato Inglês 2011/2012. Com grandes atuações do atacante Wayne Rooney, autor de três gols, e do goleiro De Gea, que pegou um pênalti de Van Persie quando o jogo ainda estava aberto, os Diabos Vermelhos sobraram e humilharam: 8 a 2. Fora o baile.
A maior goleada da história do confronto ainda colocou o Manchester United na liderança da competição pelos critérios de desempate. Com 100% de aproveitamento até o momento, a equipe do técnico Alex Ferguson chegou aos nove pontos e dez gols de saldo, um à frente do rival Manchester City (13 pró e 3 contra). O duelo entre ambos está marcado para a nona rodada, no dia 23 de outubro, também no Old Trafford. O próximo compromisso dos Diabos será no dia 10 de setembro, diante do Bolton, fora de casa, pela quarta rodada.
Globoesporte.com

PLANTÃO DO BLOG : Londrina vence Toledo por 1 a 0 e é Campeão da "Segundona" Paranaense


Com um gol de Warlley, aos 12 minutos do primeiro tempo, o Londrina Esporte Clube (LEC) venceu o Toledo e levou o título da Segunda Divisão do Campeonato Paranaense na tarde deste domingo (28), no Estádio do Café, em Londrina. Em um jogo complicado, o Tubarão perdeu a chance de aumentar o placar ao perder um pênalti, defendido pelo goleiro Oliveira. Aos 48 minutos, a torcida finalmente pode comemorar a vitória, marcada por uma trajetória emocionante.
Ao todo, 8.030 pessoas, entre pagantes e não pagantes, compareceream ao Estádio do Café nesta tarde.
Site Jornal de Londrina

ENTREVISTA DE DOMINGO: Marcélio Aluísio Szydlowski

Na semana dos 97 anos da Sociedade Esportiva Palmeiras, o homenageado da ENTREVISTA DE DOMINGO é o mourãoense, palmeirense, esportista, goleiro do futsal e do futebol, Marcélio Aluísio Szydlowski, o "Marreco". Filho do seo Konstanty e da dona Leda, esposo da Clementina e pai da Andressa e Mateus.
"Começo a lembrar de minha infância já morando na Rua Nelson B. Prado no Lar Paraná (Rua das Palmeiras) que na época tinha mesmo muitas “palmeiras” em ambos os lados. Depois de Algum tempo, mudamos para a Rua Akibono, 380 bem em frente a Praça Alvorada (Lar Paraná). Neste local passei a maior parte da minha infância e adolescência", conta Marcélio, que nesta homenagem relata suas conquistas e suas opiniões sobre o esporte mourãoense. Um jovem que tem história jogando por várias equipes do nosso salonismo e futebol, principalmente, defendendo as cores da Arcam - Associação Recreativa dos Funcionários da Coamo.

QUEM É MARCÉLIO ALUÍSIO SZYDLOWSKI?Sou nascido em Campo Mourão, no dia 17/02/1966 filho de Konstanty Szydlowski (in memorian) e Leda Piacentini Szydlowski, que tiveram 03 filhos, sendo eu, minha irmã Silvana e meu irmão Adriano. Sou casado com Clementina e pai da Andressa e do Mateus.
ONDE E COMO FOI SUA INFÂNCIA? Começo a lembrar de minha infância já morando na Rua Nelson B. Prado no Lar Paraná (Rua das Palmeiras) que na época tinha mesmo muitas “palmeiras” em ambos os lados. Depois de Algum tempo, mudamos para a Rua Akibono, 380 bem em frente a Praça Alvorada (Lar Paraná), sendo neste local onde passei a maior parte da minha infância e adolescência. Muitas saudades das brincadeiras de rua (Corridas de pneus, brincávamos de “saúva” na praça ainda sem calçada na parte interna.Construímos muitos carrinhos de rolimãs, fazíamos nos mesmo nossos carrinhos com tocos de madeira que eram vendidos para usarmos nos fogões a lenha, os tempos do Grupo de Jovens (Jucris) ... vou parar por aqui se não começo a chorar ! POR QUÊ O APELIDO MARRECO? QUEM FOI O CULPADO? O “culpado” foi meu grande e querido amigo Isaias Gênero que também é meu padrinho de crisma. Ele tinha uma chácara que ficava próxima a Santa Casa e tinha uma pequena criação de aves e entre elas vários “Marrecos”. Eu e meu irmão íamos praticamente todos os dias nesta chácara, e sempre que eu podia, pegava uma espigas de milho e alimentava principalmente os Marrecos, e como eu era e sou branquinho, acabaram me apelidando de Marreco, porque falavam que eu parecido com eles.
DESDE QUANDO EM CAMPO MOURÃO? Sou nascido e criado em Campo Mourão, fiquei apenas 01 ano fora (1985) quando servi o Exercito Brasileiro em Brasília no Batalhão da Guarda Presidencial (BGP) – Cia. Cerimonial, da qual fiz muitos amigos e varias estados brasileiros e dos quais sinto muita saudade, pois infelizmente perdi o contato. Na imagem aba,
ONDE O SENHOR ESTUDOU, QUE CURSOS FEZ OU FAZ? Iniciei meus estudos na Colégio Dom Bosco (Lar Paraná, onde fiz o primário), depois iniciei a 5ª Série no colégio estadual Prof. João de Oliveira Gomes, e retornei ao colégio Dom Bosco para terminar o Primeiro Grau e depois retornei ao colégio Estadual para fazer o segundo Grau, onde me formei em Técnico em Contabilidade. Fiz vestibular na Fecilcam, onde cursei Geografia e Economia e hoje sou formado em Comércio Exterior.
COMO O SENHOR SE DEFINE ? É difícil alguém se definir como pessoa, pois as pessoas nos vêem de diferentes formas. Acredito que tenho facilidades em fazer amigos mas sou uma pessoa muito fechada, mas que se diverte com a família e com os amigos.
COMO É O SEU DIA A DIA ? No parte profissional é muito agitado, pois a área em que trabalho na Coamo (Transportes) é muita agitada, praticamente sem
momentos de tranqüilidade, pois nossa área é muito grande com um grande numero de funcionários e diversas atividades relacionadas ao transportes, e como fazemos (eu e equipe) muitas tarefas com a relação ao recursos humanos, não temos muitos momentos de tranqüilidade.
Na parte social, acho que preciso retornar as ativadas e comparecer em mais eventos.
COMO FOI SUA CARREIRA NO ESPORTE? MODALIDADES, EQUIPES E TÍTULOS ? Por incrível que pareça, as minhas primeiras medalhas foram relacionadas ao atletismo, por volta de 1977/78 quando participei de um evento da Guarda Mirim e fui o segundo colocado no Salto em Distancia e terceiro nos 100 metros rasos.
Depois disto, comecei com o futebol que me trouxe várias alegrias e alguns títulos, dentre alguns que foram marcantes, foi a chegada por duas vezes ao quadrangular final do campeonato Paranaense do interior na época representando a Arcam/Coamo, quando num deles jogamos contra o time da Inpacel de Arapoti, que na época (1993-1994) era a base da seleção Paranaense de Futsal.
Tenho como fato marcante, em 1989 no Citadino de Futsal quando joguei para a Equipe da Paraná Diesel, onde fomos campões, que fui escolhido como o Melhor Goleiro e também fui premiado como o Atleta destaque daquele campeonato.
Em Campo Mourão, tive muitos títulos relacionados ao Citadino de Futsal, Suíço, Popular de Futsal, Jogos Comerciários, Interclubes, Jogos Abertos, Interbairros entre outros, também joguei em toda região (Goioere, Quarto Centenário, Araruna, Janiópolis,Mamborê, Eng. Beltrão, Peabiru, Juranda, Moreira Sales, etc.), Com a equipe Paraná Diesel campeã do Citadino de Futsal nos bons tempos das competições no JK na década de 80
Mas o que fica marcado, com certeza foi a amizade que tenho com todos meus companheiros de equipe, adversários, árbitros e jornalistas, radialistas que convivi todos estes anos.
Marcélio, nos Jogos Interclubes de Campo Mourão nas imagens acima e abaixo, com os colegas do time Senior campeão da Arcam. Nos últimos quatro anos, Marcélio foi campeão três vezes e um vez vice-campeão.
COMO COMEÇOU COMO GOLEIRO? E QUAIS SÃO OS MELHORES GOLEIROS DO NOSSO FUTEBOL DE TODOS OS TEMPOS? Acho que o “culpado”, foi eu mesmo; comecei por vontade própra em um campo de terra que ficava próximo a minha casa, nas proximidades da Praça Alvorada no Lar Paraná, num gol com 02 galhos de árvore e infiados no meio de umas pedras e com um pouco de pó de serra esparramado, depois no colégio Estadual nas aulas de Educação Física, quando o Professor Josué nos deixava jogar um futebol em uma quadra de asfalto puro.
Meu primeiro citadino de Futsal, foi jogando pela equipe da Sanepar, convidado pelo Lauri (Banco do Brasil) e Nilton Santos (Sanepar) era reserva do Neco (Caixa Econômica Federal), depois fui convidado pelo “Baiano” a jogar para a Algolim , depois para a equipe do Banestado, onde jogava o Vininho (muito habilidoso), e assim sucessivamente até a chegar nas disputas dos Campeonatos Paranaense para a (Arcam, Joper, Mecânica Marcos, e outros).
Com relação ao melhores goleiros, eu acompanhei o “Maizena" (Gerson Bittencourt, na foto no time da Associação Esportiva Recreativa Mourãoense, time profissional de Campo Mourão nas décadas de 60 e 70) e o o “Segundo” (Segundo Gariboti) infelizmente, jogando apenas no final de carreira, mas gostava muito de vê-los nos campeonatos amadores de Campo Mourão, que na época eram muito disputados.
No momento mais recente, acompanhei o Xaxo e o Robson. E como futuro, tem um menino que sempre que posso assisto jogando pela Escolinha do Ronaldo, que é o "Macarrão" - batizado João Luis, que é goleiro de futuro, gosto muito dele.
COMO SURGIU SUA PAIXÃO PELO PALMEIRAS? Na verdade não tive incentivo de ninguém da família, pois meu pai não era muito de assistir futebol, acho que foi por instinto, pois minha mãe é descendente de italianos
Marcélio com seu filho Mateus e o goleiro Oberdan Catani, em agosto de 2005 - um dos "monstros" na meta palmeirense de todos os tempos. COMO ANALISA O ESPORTE MOURÃOENSE ATUALMENTE ? No geral, vejo com bons olhos, pois hoje temos exemplos claros no atletismo, basquete, xadrez e natação. Penso que no futebol, deveríamos trabalhar mais as categorias de base, principalmente no futsal que é uma modalidade que temos tradição.
Fiquei impressionado quando fiquei sabendo que até na base, Campo Mourão está buscando atletas de outras cidades. Será que Campo Mourão precisa disso? Pois como comentei, o futsal de Campo Mourão tem uma base forte, o que precisa é de mais incentivo e mais campeonatos.
SE FOSSE SECRETÁRIO DE ESPORTES, QUAIS SERIAM SUAS PRIORIDADES? Primeiramente, trabalharia mais na divulgação de eventos em Campo Mourão. Acho que o esporte deve ter uma prioridade na divulgação, pois as empresas que patrocinam, almejam um retorno e querem ver a sua marca.
Também tentaria trazer o maior numero de eventos possíveis para a nossa cidade (em várias modalidades), pois é assim que os jovens se interessariam em praticar diversas modalidades, é vendo atletas consagrados (ao vivo) que os jovens se motivam.
Também trabalharia na modernização dos nossos ginásios de esportes, principalmente na parte de vestiários e sanitários e acomodações para a imprensa, pois a situação de hoje é de dar vergonha.
O QUE O SENHOR JÁ FEZ, QUE SE PUDESSE, JAMAIS TERIA FEITO OU FARIA DE NOVO? Deixar de ajudar a quem precisa. Sempre que você tiver a oportunidade de ajudar alguém, faça, não deixa para outro. Isto me deixa envergonhado, pois por várias vezes achei que outra pessoa faria, e por fim, ninguém fez. Na imagem, Marcélio produzindo fraldas na ação social dos palmeirenses na Casa das Fraldas em Campo Mourão, no dia 23 de agosto de 2011.
O QUE O SENHOR AINDA NÃO FEZ, QUE SONHA, ALMEJA UM DIA FAZER?
Ganhar na Mega Sena (rs rs rs),
QUAL O SEU ESPORTE PREFERIDO E TIME DO CORAÇÃO? Gosto muito de futebol, hoje, gosto mais de jogar do que assistir pela TV, também estou participando de corridas de rua que é muito bom e traz muitos amigos. Time? Ah, claro, sou Palmeirense, com muito orgulho. No Palestra Itália, em agosto de 2005, com os Amigos Palmeirenses da Arcam, na vitória de 3 a 2 sobre o Internacional.
CITE TRÊS PERSONALIDADES ESPORTIVAS DE CAMPO MOURÃO ?
Tenho muito respeito pelas pessoas que organizam equipes para participar de Campeonatos em Campo Mourão e mesmo sem condições financeiras lideram e ainda acham um jeito de ajudar financeiramente alguns atletas que por muitas vezes não são merecedores.
Também admiro muito o professor Paulo Gilmar Fuzetto (foto) pelo atleta que foi e suas atuação como Secretário de Esportes do Município.E por tudo aquilo que representa para Campo Mourão, pois junto com a sua equipe, nos deixam emocionados pela organização de diversos eventos na Arcam algumas vezes voltados a comunidade mourãoense.
Também o professor Itamar Tagliari por tudo que fez e faz pelo futsal de Campo Mourão.

CITE TRÊS PERSONALIDADES MOURÃOENSES? José Aroldo Galassini – Pela sua capacidade e honestidade na administração da Coamo. José Turozi (foto) – por seu trabalho competentes pelas APAE’s, e Tauillo Tezeli – pelo bom trabalho realizado quando administrador do Município de Campo Mourão.
VAPT-VUPT
ÉTICA EM UMA FRASE É...
Coerência e respeito
O SALONISMO MOURÃOENSE NA DÉCADA DE 80 COM JK LOTADO E GRANDES EQUIPES FOI.... um grande sucesso devido ao respeito que os organizados tinham com os atletas em fazer campeonatos consistentes, empolgantes e organizados, e não como é feito hoje, que se inicia um campeonato com a maior pressa para terminar. Com os amigos nos bons tempos da Coremol: jornadas inesquecíveis.
CAMPO MOURÃO DO PRESENTE É ... uma cidade em que os administradores estão se preocupando apenas com o fator crescimento e estão esquecendo do fator “Qualidade de Vida”.
A CAMPO MOURÃO DO FUTURO SERÁ??? desde que bem cuidada, um bom lugar para se morar.
GOVERNO NELSON TURECK... poderia ser melhor.. devido a vários fatores
GOVERNO BETO RICHA... ainda não mostrou por que foi eleito, ainda tá estudando o terreno.
GOVERNO DILMA... depois de eleita, sumiu
COMIDA... bisteca assada com um bom tempero e amigos Luizinho, Vagner, Ilivaldo e Jader
MÚSICA ... antigas (Dance)
UM FATO INESQUECÍVEL... é o nascimento dos meus filhos
UM FATO MARCANTE... o falecimento do meu pai
UMA LEMBRANÇA.... O ano em que servi o Exercito em Brasília (1985).
UM SONHO.... Que o Homem, que se diz um “animal racional”, soubesse respeitar seus semelhantes e a natureza
QUAL PERGUNTA GOSTARIA DE TER RESPONDIDO QUE NÃO FOI PERGUNTADO NESTA ENTREVISTA DE DOMINGO?
Na verdade foram feitas varias perguntas que eu nunca imaginei em responder para um publico tão grande quanto são os leitores deste blog.
Quero aproveitar e agradecer a você Ilivaldo Duarte por mais este presente que recebi, não sei se sou merecedor de uma homenagem tão gratificante.
Quero lhe parabenizar pelos projetos a qual você toma frente, tendo o respeito pelos seus ouvintes (tanto no seu programa rádio, que já se aproximando do milésimo), com seus leitores no seu Blog e também com seu trabalho sério, responsável e competente tomando frente a Assessoria de Imprensa da Coamo; não podemos esquecendo do APA, que alem de reunir vários amigos palmeirenses, presta, com muito brilhantismo, serviços diversos a comunidade mourãoense.
“Aproveito o momento para te dizer o quanto te admiro por todos este projetos que você idealizou e administra com muito brilhantismo, você Ilivaldo Duarte, merece todo o reconhecimento do povo de Campo Mourão e região, pois é um amigo, batalhador e merecedor de todas as honras.”
QUAL O SEU RECADO AOS LEITORES DESSA ENTREVISTA DE DOMINGO? Vocês já se tentaram viver com a sabedoria canina? Tente, pois você será muitas alegrias e uma vida mais amistosa.
1. Nunca deixe passar a oportunidade de sair para um passeio.
2. Experimente a sensação do ar fresco e do vento na sua face por puro prazer.
3. Quando alguém que você ama se aproxima, corra para saudá-la(o).
4. Quando houver necessidade, pratique a obediência.
5. Deixe os outros saberem quando invadiram o seu território.
6. Sempre que puder tire uma soneca e se espreguice antes de se levantar.
7. Corra, pule e brinque diariamente.
8. Coma com gosto e entusiasmo, mas pare quando estiver satisfeito.
9. Seja sempre leal.
10. Nunca pretenda ser algo que você não é.
11. Se o que você deseja está enterrado, cave até encontrar.
12. Quando alguém estiver passando por um mau dia, fique em silêncio,
sente-se próximo e, gentilmente, tente agradá-lo.
13. Quando chamar a atenção, deixe alguém tocá-lo.
14. Evite morder quando apenas um rosnado resolver.
15. Nos dias mornos, deite-se de costas sobre a grama.
16. Nos dias quentes, beba muita água e descanse embaixo de uma árvore frondosa.
17. Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
18. Não importa quantas vezes for censurado, não assuma a culpa que
não tiver e não fique amuado... corra imediatamente de volta para seus amigos.
19. Alegre-se com o simples prazer de uma caminhada
Um grande abraço e obrigado.
Marcélio, ao lado dos palmeirenses João Emílio, Itamar Tagliari, Tauilo Tezelli, Beline Fuzeto e Ilivaldo Duarte, no programa Tocando de Primeira, de número 940, no sábado 27 de agosto de 2011, na Rádio Colméia AM de Campo Mourão.

EVANGELHO DO DIA 28 de Agosto de 2011


Evangelho (Mateus 16,21-27)
Domingo, 28 de Agosto de 2011
22º Domingo do Tempo Comum
Naquele tempo, 21Jesus começou a mostrar a seus discípulos que devia ir a Jerusalém e sofrer muito da parte dos anciãos, dos sumos sacerdotes e dos mestres da Lei, e que devia ser morto e ressuscitar no terceiro dia.
22Então Pedro tomou Jesus à parte e começou a repreendê-lo, dizendo: “Deus não permita tal coisa, Senhor! Que isso nunca te aconteça!”
23Jesus, porém, voltou-se para Pedro e disse: “Vai para longe, Satanás! Tu és para mim uma pedra de tropeço, porque não pensas as coisas de Deus, mas sim as coisas dos homens!”
24Então Jesus disse aos discípulos: “Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga. 25Pois, quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la.
26De fato, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, mas perder a sua vida? O que poderá alguém dar em troca de sua vida? 27Porque o Filho do Homem virá na glória do seu Pai, com os seus anjos, e então retribuirá a cada um de acordo com sua conduta”.
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.



27 de ago de 2011

PLANTÃO DO BLOG: Campo Mourão Futsal perde de novo e de goleada, em casa, para o Marreco de Francisco Beltrão, por 5 a 2


O Campo Mourão Futsal perdeu novamente e de goleada na noite deste sábado (27/08) em casa, no ginásio Valternei de Oliveira, para o Marreco de Francisco Beltrão, pelo placar de 5 a 2, para um público de quase de 200 pessoas.
"Como é que pode o time voltar para o segundo tempo sem nenhum pivô? Tinha o Paulinho e o Joney, e o técnico colocou Grafite", disse o comentarista Ismar Kath no microfone da rádio Colméia AM.
"O trabalho e a performance do técnico Jorge Lecian ao longo dos jogos está comprometido e fortemente criticado, por sua postura, falta de comando e resultados. Pode ser que até neste momento quando você estiver lendo este post, decisões já tenham sido tomadas, para uma reabilitação do time mourãoense com personalidade e de vencedor, já no próximo jogo sábado em Foz do Iguaçu. E tudo para evitar o rebaixamento à Série Prata de 2012.

MOURÃOENSES DO Projeto Karatê Piá no Esporte têm destaque na Copa Noroeste em Mariluz


Alunos do Projeto Karatê Pia no Esporte, mantido pela lei mourãoense de incentivo ao esporte na Associação do Lar Paraná conquistaram muitas medalhas sábado (20), em Mariluz, na Copa Noroeste.
O evento teve a participação de 1300 atletas de 16 municípios, dos quais 30 de Campo Mourão, acompanhados dos coordenadores do projeto professores Sebastião Galdino e Ronise Galdino.
O destaque do selecionado de Campo Mourão foi a equipe juvenil composta por Renata Dias, Justino Nunes júnior e Odair Arcanjo dos Santos, vice-campeões na disputa de kata (luta imaginária) para jovens de 15 a 17 anos.

Também conquistaram medalhas de bronze os karatecas: Gabrielle Inácio de Andrade (10/11 anos), Glauci Nayara Santos Medeiros (14 / 15 anos), Lucas Thierry Jerônimo ( 10/11 anos ), Justino Nunes Junior (16/17 anos).
Os atletas viajaram com apoio das Secretarias de Esportes (Fecam) e da Educação de Campo Mourão. O Projeto Karatê Piá no Esporte desenvolvido na Associação de Moradores do Lar Paraná pela Associação Mourãoense de Karatê-do Tradicional, através da Lei de Incentivo ao Esporte com patrocínio do Colégio e Faculdade Integrado.

NO FUTSAL, Campo Mourão joga para vencer pela primeira vez o Marreco, de Francisco Beltrão, na Chave Ouro


Vencer pela primeira vez o Marreco de Francisco Beltrão e também se reabilitar na Chave Ouro, é o pensamento do Campo Mourão Futsal na noite de hoje, às 20h30, no ginásio Valternei de Oliveira.
Até aqui em quatro jogos entre os dois times não aconteceu nenhuma vitória mourãoense. Foram duas derrotas e dois empates.
Segundo a assessoria do time mourãoense, no último jogo, realizado em Francisco Beltrão, o placar foi de 2 a 2.
A equipe de esportes da Rádio Colméia transmite o jogo ao vivo com Gerson Maciel, Ismar Kath, Luiz Cláudio, Roberto Soares e Joãozinho Batista.

EVANGELHO DO DIA 27 de Agosto de 2011


Evangelho (Mateus 25,14-30)
Sábado, 27 de Agosto de 2011
Santa Mônica
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos esta parábola:
14”Um homem ia viajar para o estrangeiro. Chamou seus empregados e lhes entregou seus bens. 15A um deu cinco talentos, a outro deu dois e ao terceiro, um; a cada qual de acordo com a sua capacidade. Em seguida viajou. 16O empregado que havia recebido cinco talentos saiu logo, trabalhou com eles, e lucrou outros cinco. 17Do mesmo modo, o que havia recebido dois lu­crou outros dois. 18Mas aquele que havia recebido um só, saiu, cavou um buraco na terra, e escondeu o dinheiro do seu patrão. 19Depois de muito tempo, o patrão voltou e foi acertar contas com os empregados. 20O empregado que havia recebido cinco talentos entregou-lhe mais cinco, dizendo: ‘Senhor, tu me entregaste cinco talentos. Aqui estão mais cinco que lucrei’. 21O patrão lhe disse: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Como foste fiel na administração de tão pouco, eu te confiarei muito mais. Vem participar da minha alegria!’ 22Chegou também o que havia recebido dois talentos, e disse: ‘Senhor, tu me entregaste dois talentos. Aqui estão mais dois que lucrei’. 23O patrão lhe disse: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Como foste fiel na administração de tão pouco, eu te confiarei muito mais. Vem participar da minha alegria!’ 24Por fim, chegou aquele que havia recebido um talento, e disse: ‘Senhor, sei que és um homem severo, pois colhes onde não plantaste e ceifas onde não semeaste. 25Por isso fiquei com medo e escondi o teu talento no chão. Aqui tens o que te pertence’. 26O patrão lhe respondeu: ‘Servo mau e preguiçoso! Tu sabias que eu colho onde não plantei e que ceifo onde não semeei? 27Então devias ter depositado meu dinheiro no banco, para que, ao voltar, eu recebesse com juros o que me pertence’. 28Em seguida, o patrão ordenou: ‘Tirai dele o talento e dai-o àquele que tem dez! 29Porque a todo aquele que tem será dado mais, e terá em abundância, mas daquele que não tem, até o que tem lhe será tirado. 30Quanto a este servo inútil, jogai-o lá fora, na escuridão. Ali haverá choro e ranger de dentes!”
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.