20 de set de 2011

COLUNA DA PROFª MARIA JOANA: O Brasil na UTI!!!


Não é possível “fazer mágica” para melhorar a saúde, afirmou a “presidenta”. Dilma está certa. É urgente uma administração séria, competente que priorize o essencial e tire a Saúde, o Brasil da UTI. De onde virá a injeção de recursos? Não será de mágica, mas também não pode vir de mais impostos. Queriam mais uma vez cobrar do povo, ressuscitando o “imposto do cheque”, mas recuaram.
Um país recordista em tributação (já atingimos um trilhão!!!) não pode extrair, de cada cheque, um pingo de sangue para fortalecer a Saúde. Não enquanto o governo não enxugar a máquina administrativa, cortar supérfluos, moralizar as contas, tampar os infinitos ralos por onde escorrem os trilhões arrecadados...
Só na Saúde, em nove anos, pelo menos R$ 2,3 bi do setor foram para o ralo da corrupção. Dados do próprio governo federal mostram que, entre janeiro de 2002 e junho de 2011, pelo menos R$ 2,3 bilhões (um terço, 32,38%) que deveriam ser usados para curar e prevenir doenças foram desviados para o ralo da corrupção. Somando o gastos de saúde dos outros ministérios, ao todo, o governo perdeu R$ 6,89 bilhões em desvios, de acordo com a análise do Tribunal de Contas da União a partir de irregularidades investigadas pela Controladoria Geral da União. Para o Ministério Público, recuperar o dinheiro será difícil, bem como punir os culpados - muitas vezes pessoas encarregadas de prestar serviços ou controlar os recursos da Saúde, como prefei tos e donos de hospitais conveniados com o SUS.
E a imprensa ( o que seria deste país sem a imprensa livre...) continua incessantemente noticiando tantas irregularidades, denunciando tantos atos ilícitos, derrubando 5 ministros em 5 meses, o que mostra que estamos longe de ver a “casa arrumada” com uma administração séria, competente que priorize o essencial: saúde, educação...
Apesar da crise econômica mundial estar afetando a vida de todos, não nos preparamos para o tempo das “vacas magras”. O número dos funcionários públicos continua aumentando ( triplicou no governo Lula), os altos funcionários dos três poderes continuarem reivindicando altos aumentos ( 14,75% para o STF...) , algumas câmaras de vereadores insistem no aumento do número de cadeiras, os deputados continuarem absolvendo seus colegas denunciados por corrupção, ONGS fantasmas cobtinuarem recebendo milhões sem terem que prestar contas, o Tribunal de Contas continua embargando obras públicas por fraudes...
E as obras da Copa, a menos de três anos da abertura, não tem uma previsão realista de qual será o custo final... afinal serão tantos adendos nos orçamentos já superfaturados e aprovados sem licitação devido a urgência... O atual descontrole de custos parece indicar que a Copa seguirá a mesma trilha escandalosa dos Jogos Pan-Americanos de 2007, quando a conta quase decuplicou - de R$ 410 milhões em 2002 para um valor final de R$ 3,7 bilhões.
E no Legislativo nada de economia. Só o Congresso gasta, segundo a organização Transparência Brasil, R$ 11.545 por minuto. O site Congresso em Foco diz que cada um de nossos 513 deputados federais custa R$ 99 mil por mês. Cada um dos 81 senadores custa R$ 120 mil por mês. São tantos extras, auxíliares, acessores.... (motorista da esposa, governanta...). E o Tiririca ainda não descobriu o que um deputado federal faz. < /span>
Em pertinho de nós, contrariando as pesquisas que mostram o desejo do povo, seus representantes, os vereadores mourãoenses decidiram votar o projeto que decidiria o número de cadeiras no Legislativo Mourãoense a partir das eleições do ano que vem e decidiram pelo aumento dos atuais 10 para 13 vereadores. E queriam 17... Seis vereadores votaram a favor (Eraldo Teodoro, Edoel Rocha, Nelita Piacentini, Ademir "Pezão", Sidnei Jardim e Helton Borges) e quatro contra (José Pochapski, Beto Voidello, Saul Sachetti e Isidoro Morais). E na sessão de terça feira, os manifestantes foram impedidos de entrar na “casa do povo”... Mais que mágica, precisamos de milagre para tirar o Brasil da UTI!
Maria Joana Titton Calderari – membro da Academia Mourãoense de Letras, graduada Letras UFPR, especialização Filosofia-FECILCAM e Ensino Religioso-PUC-majocalderari@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário