26 de abr de 2011

HOJE É DIA DO GOLEIRO!



A folhinha marca hoje, 26 de abril, como o Dia do Goleiro. E o goleiro Anderson Carolo Pedroso, o glorioso "Lambari" escreve para este BLOG relatando a importância desta data e de uama profissão nem sempre valorizada, muito menos quando este profissional comete falhas e equívocos.

Na foto, o ex-goleiro Maizena, o terceiro da direita para à esquerda, ex-jogador da Mourãoense, do Municipal, do Grêmio Catanduvense, recebendo homenagem do nosso Tocando de Primeira na Rádio Colméia.

E abaixo o Post do Lambari (foto)

" Goleiro é uma posição que tem que gostar de jogar, podemos ser herói ou vilão em questão de segundos,mas mesmo assim amamos ser goleiros. Ser goleiro não é para qualquer pessoa e sim para quem realmemte é apaixonado por emoção e responssabilidade.
Podemos ficar marcados na história por vários motivos sejam bons ou ruins, pois se falhamos em uma decisão jamais seremos esquecidos, e se defendemos um penalti há apenas alguns segundos do fim do jogo também ficamos na memória das torcidas.

Cito aqui alguns exemplos: Andrada, goleiro do Vasco - ficou conhecido por sofrer o milésimo gol de Pelé.
Barbosa, tambem do Vasco é lembrado até hoje pelo gol que sofreu na final da copa de 50 no Maracanã.
Marcos, do Palmeiras, quem não se lembra do pênalti decisivo contra o Corinthians na semifinal da Libertadores, mas também todos se lembram da falha no Mundial Interclubes contra o Manchester.
Taffarel, como podemos esquecer de Taffarel nas Olimpíadas de Seul em 1988, contra a Alemanha e nas Copas de 94 e 98 nas decisões de pênaltis contra Itália onde conquistamos o tetra e a semifinal contra a Holanda.
Dida, o mas tranquilo na hora de defender pênaltis e muitos que não consigo me recordar.
Rogério Ceni, o único a fazer 101 gols até esta data, onde muitos atacantes não consegum fazer 100 gols. Um goleiro e exemplo de profissionalismo junto com Marcos do Palmeiras que realmente mostram por que são os melhores do pais na posição.
E me sinto orgulhoso e vencedor de ter jogado ao lado de Robson, Flavinho, Cristhian e Nikinha, e ter amigos como Maizena e Adio Ramos, o Adio do clube dos 30. Pessoas que conheci através do meu pai.
Parabens aos goleiros de nossa cidade e nosso pais. Esses simples mortais que com um pequeno tapa na bola se tornam em imortais. Viva os goleiros". Lambari.

Nenhum comentário:

Postar um comentário