6 de fev de 2010

JUIZ PARANAENSE que vai para Copa da Africa daqui a pouco no TOCANDO DE PRIMEIRA


Natural de Marechal Cândido Rondon, 42 anos, o paranaense Roberto Braatz será auxiliar na Copa do Mundo de 2010 na Africa do Sul e o entrevistarei hoje no programa Tocando de Primeira, entre 11 e 12 horas na Colmeia.
A Fifa anunciou ontem os 30 trios de arbitragem que irão trabalhar na Copa do Mundo da África do Sul, de 11 de junho a 11 de julho. Como já era esperado, o Brasil será representado pelo árbitro gaúcho Carlos Eugênio Simon, além dos auxiliares Altemir Hausmann e Roberto Braatz que vai para a sua primeira Copa do Mundo.
Simon será o mais velho entre os 90 profissionais, entre árbitros e assistentes, que irão trabalhar na África do Sul: atingirá a idade limite de 45 anos em setembro.
O trio brasileiro é um dos seis que representarão a Conmebol nesta edição do Mundial. A Uefa é quem terá o maior número de árbitros na Copa da África do Sul, com um total de 10. Enquanto isso, serão quatro da Ásia, quatro da África, quatro da Concacaf e apenas dois da Oceania.
A lista de 30 trios, fechada na sexta-feira, após reunião da Comissão de Arbitragem da Fifa em Zurique, na Suíça, vem sendo elaborada desde 2007, quando 54 árbitros foram pré-selecionados. Agora, os 90 escolhidos farão um período especial de treinamentos no próximo mês.
Em maio, a Fifa promete realizar uma avaliação final dos 30 trios de arbitragem selecionados, para poder, então, definir quais serão os titulares e os reservas durante a disputa da Copa. No mesmo período, também serão escolhidos os que irão apitar na primeira rodada do Mundial.
Boa sorte ao trio brasileiro, esperando que eles estejam ausentes na partida final da Copa 2010, para o Brasil decidir o campeonato mundial. Boa sorte ao Braatz, mais um paranaense em destaque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário