8 de ago de 2009

PALMEIRAS: Com assédio estrangeiro, Pierre e Diego Souza celebram permanência


Garantidos no Palmeiras até o fim do Campeonato Brasileiro, o volante Pierre e o meia Diego Souza não esconderam a felicidade em permanecer na equipe. Na manhã deste sábado, na Academia de Futebol, os jogadores manifestaram a satisfação da continuidade e elogiaram a postura da diretoria em bancar a manutenção do elenco para o restante da temporada.
Diego Souza disse ainda que pretende defender o time alviverde por muitos anos. "As pessoas sabem e eu não me canso de dizer o quanto estou identificado com o clube. É claro que todo jogador tem o desejo de atuar na Europa mas, com sinceridade, estou me sentindo muito bem aqui e, se não acontecer nada, continuo no clube por muitos anos", disse.
Pierre demonstrou o mesmo sentimento. "Posso dizer que estou muito feliz no Palmeiras. Não existe alegria maior do que você vir aqui e treinar com satisfação. Aqui nós temos tudo e isso é o mais importante", afirmou.
Na última quinta-feira, o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo anunciou um pacto para manter os atletas até o término da temporada, garantindo a permanência de Pierre e Diego Souza, entre os mais cotados para deixar o país.
O armador havia sido sondado por Chelsea, Werder Bremen e Zenit-RUS. Já Pierre recebeu propostas do Espanyol, do Al Shabab, dos Emirados Árabes, e de outro clube europeu não revelado. Assim, o camisa 5 teve seus direitos econômicos comprados pelo Palmeiras junto à Traffic.
Os dois jogadores elogiaram a postura da diretoria. "Foi uma atitude inédita. É de tirar o chapéu, pois isso deixa o elenco concentrado e ainda mais focado no nosso maior objetivo, que é o título", afirmou Diego Souza.
Já o volante Pierre acredita que o fato é benéfico para todo o grupo e ajuda o time a brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. "Não foi só eu ou Diego fomos reconhecidos, mas todo o elenco. Um ajuda o outro e é assim que vamos batalhar para tentar o título. Somos um grupo aguerrido e estamos bem juntos até o final da competição". Fonte: Uol Esportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário